Como implantar um Banco de Ideias inovadoras na sua empresa

Os colaboradores da linha de frente de sua organização são a melhor fonte para a sua empresa conhecer, em primeira mão, quais são as necessidades e soluções dos seus clientes, pois eles recebem rotineiramente sugestões, feedbacks e até reclamações que são extremamente úteis para inovar o seu negócio.

Alan Robinson e Dean Schroeder mostram em seu livro, Organização guiada por ideias, que 80% do potencial de melhoria da empresa se encontra nessas ideias da linha de frente, e por isso é preciso um programa de inovação de alto desempenho baseado em um banco de ideias eficaz a fim de gerenciar essas contribuições de modo a extrair valor e a gerar diferenciais para a organização.

Instalar um plataforma de gestão de ideias, como o software AEVO Innovate, é apenas parte dessa operação. Veja, a seguir, as dicas que separamos para garantir uma boa implementação.

1. Antes de implantar um Banco de Ideias, analise a situação da empresa

Primeiramente, é necessária uma análise completa da situação de sua empresa. Em um cenário de alta competitividade internacional para sobrevivência no mercado, é necessário oferecer mais valor a seus clientes a fim de manter-se relevante para eles.

Para isso, é necessário economizar no custo, melhorar a qualidade do produto ou serviço e aumentar a capacidade de resposta. A forma como sua empresa está posicionada no mercado, sua cultura organizacional, seu público e seus objetivos são alguns dados importantes para que a situação da empresa possa ser analisada de forma minuciosa.

A análise da situação da empresa é essencial para que o banco de ideias seja efetivo. Os principais desafios organizacionais precisam estar claramente comunicados para que os colaboradores proponham ideias que solucionem problemas reais do negócio.

Em resumo, a criação de um programa de inovação baseado em um banco de ideias precisa estar fundamentada e alinhada com a estratégia empresarial. A partir dos principais temas a serem priorizados e dos desafios que devem ser solucionados, temos uma implantação concreta de um programa de inovação, mais apto a lidar com o fluxo de ideias e com maior potencial de se adaptar aos diferentes setores integrantes da organização.


2. Trabalhe junto ao time de gestão para adequá-lo ao programa de inovação

Sensibilizar os gestores da sua empresa talvez seja a ação mais importante para aumentar as chances de sucesso do seu programa de inovação baseado em banco de ideias. É fundamental que a liderança esteja bem alinhada e fomente a mudança para a cultura de inovação.

No livro Organização guiada por ideias, os autores exemplificam a implementação do programa de inovação e organização de um banco de ideias por meio de um case da empresa americana Hickory Chair, especializada na venda de móveis em madeira e metal.

Após a análise da situação, constatou-se que a empresa fora impactada pelo crescimento do consumo de importações, fazendo com que ela precisasse transformar toda sua equipe de liderança para inovar a partir de um modelo baseado nas ideias dos colaboradores da linha de frente.

Muitas vezes, empresas tradicionais (como era o caso da Hickory) acabam sendo mais resistentes à mudança e enfrentam dificuldades para fazer com que um banco de ideias possa ser implementado com uma administração mais autoritária e centralizadora.

No caso da Hickory, o foco na mudança de comportamento da liderança foi trabalhado de forma séria e comprometida. Alguns diretores mais obstinados, inclusive, receberam o ultimato de serem demitidos imediatamente caso continuassem atrapalhando a empresa durante a implementação dessas novas iniciativas.

Muitos não se adaptaram: 70% dos gestores ou foram demitidos ou decidiram sair por não estarem alinhados a esse novo ambiente no qual a linha de frente detinha um poder maior em relação à organização tradicional.

A adequação à cultura é essencial para que o banco de ideias de seu programa de inovação possa ser utilizado e aplicado de forma plena. É necessário que todas áreas da organização, dos funcionários da linha de frente até os gestores, estejam envolvidos e engajados no processo.

É importante também que, ao trabalhar junto ao time de líderes, o sistema de gestão de ideias conte com o input de profissionais com diferentes habilidades e visões. Orientar gestores para que alinhem os setores de forma coletiva é uma dica simples e que pode gerar resultados positivos para seu funil de inovação.

Dessa forma, as ideias podem ser trabalhadas por duas ou mais mentes criativas. Isso permite que o sistema de gestão de ideias flua e gere melhores resultados.

3. Aprenda com o processo, treine e delegue poder para a linha de frente alimentar seu banco de ideias

No começo do programa de inovação da empresa Hickory Table, houve uma diminuição na taxa de melhoria, apesar da iniciativa de transformação e valorização da linha de frente.

Ao estudar extensamente sobre o trabalho do TSSC (Toyota Supplier Support Center), estrutura implantada pela Toyota para os fornecedores norte-americanos, o então presidente Jay Heardon decidiu contratar o serviço de consultoria da Toyota para a Hickory.

Hajime Ohba, veterano da Toyota, identificou um momento relevante durante sua visita à Hickory: um alarme de interrupção da linha de montagem disparou durante a visita por problema de obstrução. Ao perguntar o porquê da obstrução, o supervisor explicou que não houve tempo para limpar a obstrução quando deveria, pois a produção precisava continuar. Hajime Ohba simplesmente respondeu: “Bem, vocês têm muito tempo agora”.

Ir diretamente para a fonte do problema é resultado direto do aprendizado com o processo. Quando uma fonte de problema é identificada por um colaborador, é fundamental que ele tenha a autonomia e segurança para propor uma ideia de solução e implementá-la caso faça sentido.

Como resultado dessa política, a Hickory Chair conseguiu cortar o estoque de seu material em mais de 90% e diminuir seus prazos de entrega de 16 semanas para uma semana e meia. Além disso, as vendas na década seguinte aumentaram massivamente, com retorno sobre os ativos aumentado para quase 50%.

Essas conquistas não foram alcançadas somente com a implantação de um programa de inovação focado na linha frente e em esperar as ideias surgirem. Foi preciso realizar ajustes significativos na organização e na gestão de funcionários.

Com uma análise da situação embasada, trabalhando o respeito e a valorização dos trabalhadores da linha de frente, e implementando ações que visam ao treinamento desses funcionários, o poder pode ser delegado à linha de frente, democratizando o banco de ideias de forma eficiente.

Utilizando contribuições dos funcionários da linha de frente para organizar um banco de ideias eficaz

Um dos grandes desafios ao implementar um programa de inovação que utiliza as ideias dos funcionários de linha de frente é que a construção de uma organização baseada e movida por ideias é trabalhoso e delegar essa confiança para a linha de frente vai contra as práticas e os modelos tradicionais de administração.

Uma abordagem dirigida pelo topo, mas movida por essa base, sendo bem executada e com todos trabalhando em prol do mesmo objetivo, pode ser muito mais eficiente.

O economista Friedrich Hayek, vencedor do Prêmio Nobel, fornece um insight interessante sobre o tema. Ele classifica o conhecimento em dois tipos, o conhecimento agregado sobre a organização – aquele que os gestores no topo tendem a ter com um alto e complexo nível de dados e indicadores de desempenho – e o conhecimento das circunstâncias particulares de tempo e lugar – que, no caso, são referentes aos detalhes que geralmente escapam da visão daqueles que estão no topo realizando sua gestão.

Dessa forma, o ideal é unir o melhor de ambos os conhecimentos para direcionar a empresa no rumo correto. Novamente, em uma frase: organizações dirigidas pelo topo (que tem o conhecimento agregado) e conduzidas pela base (que tem o conhecimento das circunstâncias particulares).

Por tudo isso, é tão importante que um programa de inovação seja implementado de forma alinhada à estratégia da organização, mas promovendo e executando ideias oriundas da linha de frente.

Se você quiser conhecer cases de sucesso de Programas de Ideias, acesse o nosso e-book com 4 Cases de empresas que inovaram por meio de gestão de ideias.

Sua empresa já implementou ou pensa em implementar um programa de inovação ou sistema de gestão de ideias? Deixe sua mensagem nos comentários!

Posts Relacionados
A cultura do empreendedorismo é benéfica não apenas para aqueles que querem começar o próprio negócio.
Você certamente já viu uma caixa de sugestões, já usou, ou já aplicou em sua
Não é muito difícil entender o que é endomarketing: trata-se de utilizar técnicas e ferramentas

Deixe uma resposta