A inovação nas empresas pode ser muito desafiadora, não é mesmo? Muitas tecnologias nascentes, o mercado se movimentando rapidamente e o risco constante de dar errado. Esse processo fica bem mais fácil quando você conta com a colaboração de toda a equipe e não só de um departamento.

É preciso engajar os profissionais para que todos possam contribuir com as mudanças. Isso fortalece o negócio, além de trazer várias outras vantagens. Quer entender melhor por que a inovação no empreendimento é trabalho para todo o time? Confira nosso post e saiba mais!

Qual a importância da inovação para a empresa?

Nós estamos sempre em transformação. Ao olhar para trás, você pode ver o quanto ocorreram mudanças em pouco tempo. O meio empresarial e a economia também estão nessa lógica. Os serviços se modernizam, os clientes se tornam diferentes e novos produtos aparecem.

Assim, inovar no meio corporativo é imprescindível e envolve acompanhar a dinâmica do mercado e ir além dela, abrindo espaço para a criatividade e para a capacidade de investir naquilo que você valoriza. Promover mudanças positivas aprimora os processos, melhora os rendimentos e traz uma boa imagem para o empreendimento.

Por que envolver a equipe na gestão da inovação?

Talvez você esteja pensando em criar um setor para criar a inovação na empresa, especializado em acompanhar o mercado, definir as inovações, priorizá-las, elaborar projetos e promover as implantações. Porém, isso não é necessário. Às vezes, a mudança que um departamento específico promove não atende às necessidades dos colaboradores, pois faltam ideias, opiniões e feedbacks. 

Se a inovação é tão positiva, por que ela estaria em só um lugar? Os trabalhadores podem ter ótimas contribuições para oferecer. Abrir espaço para o time participar é uma forma de:

  • Reconhecer problemas: isso ocorre porque você tem a possibilidade de conhecer a visão do colaborador que está envolvido diretamente com a tarefa. Quem melhor do que o profissional que vivencia a questão para fazer apontamentos sobre ela?

  • Trabalhar com a diversidade de ideias: cada colaborador tem uma formação, suas experiências e formas de pensar. Com essas perspectivas diferenciadas, é possível minimizar falhas e desenvolver atividades efetivas. Isso enriquece o processo e torna as inovações mais sólidas.

  • Promover engajamento: quando a equipe participa da gestão da inovação, ela acaba percebendo o quanto é importante para o empreendimento. Cada profissional tem a possibilidade de ver que pode fazer a diferença. Suas ideias são valorizadas e reconhecidas e isso engaja o profissional e traz motivação para o trabalho.

Como praticar a inovação nas empresas?

Agora que você já sabe como é importante promover mudanças na empresa envolvendo todo o time no processo, é um bom momento para conhecer boas estratégias para fazer essas transformações. Ficou interessado? Veja a seguir!

Ouça o seu time

Os colaboradores estão na linha de frente do empreendimento. Certamente eles enfrentam muitas dificuldades e podem ter propostas interessantes para corrigir problemas ou mesmo para implementar melhorias. Além disso, muitas vezes, o trabalhador percebe questões que ninguém havia notado.

De toda forma, é importante fazer uma filtragem das ideias dadas. Nem sempre as sugestões são viáveis economicamente ou realistas. Procure anotar ou pedir ao profissional que desenvolva um esboço de projeto. Assim, você pode levar os registros para discussão com a equipe em geral e com os superiores da empresa.

Com esse exercício, você perceberá que temos muito a aprender com o time, independentemente do cargo ou formação de cada um. Valorize o potencial que cada profissional tem e perceba o quanto seu negócio será beneficiado.

Muitas empresas institucionalizam esse processo e implantam um programa de inovação corporativo, que permite aos colaboradores enviarem ideias para os principais desafios da empresa. Um sistema de gestão de ideias inovadoras, como o AEVO Innovate, pode tornar esse programa mais transparente e gerenciável com um funil de inovação em um portal online.

Busque o feedback dos clientes

O feedback do cliente é fundamental para desenvolver inovações. Quando a corporação se abre para escutar o público, ela pode implantar mudanças para oferecer um serviço que seja mais adequado aos gostos dos consumidores.

Com as críticas e elogios dos clientes, você pode desenvolver estratégias interessantes para oferecer a eles o melhor serviço possível. A medida também traz uma imagem positiva para a empresa e estimula a fidelização de clientes, pois o público vai se sentir bem atendido e valorizado. 

Envolver pessoas de fora da organização, seja clientes, parceiros ou até startups, é uma tendência atualmente e faz parte de um conceito denominado Inovação Aberta ou Open Innovation.

Faça parcerias

Fazer parcerias pode ser uma excelente estratégia para desenvolver novos projetos. A medida pode trazer mais recursos para investir em profissionais experientes e capacitados, fazendo com que o processo seja bastante eficiente.

Porém, é necessário avaliar bem a estratégia. É importante fazer parcerias com organizações que têm ideias e filosofias próximas às da sua corporação, assim como ficar atento à prestação de contas, à legislação e à uma visão de longo prazo, sem imediatismo.

Uma outra abordagem é se aproximar de startups que estejam buscando a solução para um problema relacionado ao seu negócio. Essa é uma boa fonte de parcerias e eventuais investimentos da empresa na futuro.

Desenvolva uma política de aprendizagem com o erro

Algo que pode inibir muito o ânimo para projetos e a criatividade é a censura exagerada dos erros. Se isso ocorre na empresa, o profissional fica totalmente inibido para dar ideias ou propor mudanças.

Mas se a sua corporação tiver uma cultura de aceitação e aprendizagem com as falhas, seu time vai se sentir mais livre para sugerir inovações. Mostre aos seus colaboradores que o importante é fazerem o melhor possível, mas enfatize que os erros fazem parte do processo e que sem eles, o empreendimento não consegue crescer. 

Utilize tecnologias

As tecnologias podem te ajudar na sistematizar o processo de inovação na corporação. Uma plataforma de inovação, como o AEVO Innovate, permite gerenciar todo o programa de ideias corporativas:

  • Lançamento de desafios ou campanhas de inovação;
  • Submissão de ideias pela equipe;
  • Comentários e “curtidas” nas melhores ideias;
  • Validação das ideias por gestores;
  • Aprovação pelo Comitê de Inovação;
  • Controle da implementação das inovações selecionadas;
  • Reconhecimento dos colaboradores que geraram as ideias;
  • Monitoramento do ROI da inovação.

Além disso, essas ferramentas tipicamente incluem recursos de gamificação, como rankings dos colaboradores mais inovadores e conquistas em diversos níveis para engajar a equipe. Isso tudo torna o processo mais ágil e divertido, gerando um ótimo retorno.

Estimule o bom relacionamento na equipe

Quando há um relacionamento positivo entre os profissionais, a inovação nas empresas se torna muito mais fácil. Os trabalhadores se sentem em segurança entre os colegas e com isso, conseguem sugerir novas ideias.

Além disso, implementar modificações demanda aprendizado e mudança de hábitos. Com apoio, todos cooperam uns com os outros, seja na correção de erros ou no ensino das formas de agir ou lidar com as alterações. As inovações são colocadas na prática com mais facilidade porque os colaboradores se apoiam.

Assim, o projeto não é uma questão de competir e de superar o colega. Ele se torna algo a ser feito por todos, com cada um ajudando da forma que é capaz.

Considerações finais sobre a cultura da inovação 

A inovação nas empresas é fundamental, pois temos um mercado dinâmico e ideias em transformação constante. Para o processo dar certo, é muito importante contar com a participação dos colaboradores, chamando o time para atuar no desenvolvimento e execução do projeto.

Para isso, é preciso escutar os profissionais, acabar com a cultura de punição e estimular a aprendizagem com as falhas, procurar parcerias, utilizar as ferramentas apropriadas e incentivar um bom relacionamento entre os colegas de trabalho. Dessa forma, fazer mudanças no negócio será um processo construtivo para toda a equipe e positivo para os resultados da empresa.

E então? Gostou de aprender mais sobre a importância de envolver todo o time na gestão da inovação? Aproveite e deixe o seu comentário!