O ambiente industrial foi profundamente afetado pelos avanços da tecnologia nos últimos anos. A chamada indústria 4.0, marcada pelo Big Data industrial, tem a Internet das Coisas, a automação e os robôs como ferramentas estratégicas, que auxiliam a otimização de processos internos e a busca por mais inovação.

Esse cenário é apontado como a quarta revolução industrial. Com o auxílio das últimas tendências de TI, companhias passam a ter processos mais inteligentes e competitivos. No meio disso tudo, está a análise de dados. Ela proporciona ao gestor uma visão estratégica sobre todas as atividades da indústria.

Para tornar as rotinas de análise de dados mais eficazes, entra em cena o Big Data, a tecnologia permite o processamento de grandes conjuntos de informações, que podem ser utilizados para aumentar a produção interna, reduzir custos ou prever tendências.

Vista por 72% das indústrias como uma forma de criar rotinas de maior qualidade, o Big Data pode colocar a sua indústria em uma posição de destaque no mercado. Quer saber como? Então confira abaixo o nosso post com quatro benefícios do investimento no Big Data industrial!

Redução de custos operacionais

Toda indústria com alto nível de competitividade busca reduzir os seus custos operacionais. Esse é um objetivo que faz parte do dia a dia do gestor, especialmente em momentos de crise.

Para ter processos mais eficazes e que desperdicem menos recursos, diversas estratégias podem ser implementadas. A automação, por exemplo, elimina erros e, assim, o tempo gasto com o retrabalho. Já a análise de dados facilita o rastreamento de pontos que merecem atenção e que possam impactar de forma negativa os custos do negócio.

Com o Big Data industrial, o gestor conseguirá incluir diferentes fatores no processo de análise da eficiência da cadeia operacional. Informações coletadas por meio de sensores serão unificadas a registros advindos do histórico de vendas e orçamentos antigos para que o impacto orçamentário de cada setor seja mensurado corretamente.

Assim, a companhia consegue identificar a melhor forma de otimizar a sua rotina interna e ter rotinas com custos menores. Políticas operacionais mais eficazes serão criadas e, em longo prazo, uma quantidade maior de recursos financeiros poderá ser direcionada para investimentos estratégicos.

Processos de tomada de decisão mais eficientes e lucrativos

As rotinas de tomada de decisão possuem um papel de destaque no sucesso de uma empresa em médio e longo prazo. Por meio de mecanismos de análise e uso de indicadores, o gestor consegue identificar o retorno em potencial de um projeto ou investimento.

Nesse sentido, o Big Data industrial pode ser uma ferramenta crucial. Tendo uma visão ampla sobre o mercado e o funcionamento do negócio, o gestor consegue avaliar o impacto que as soluções disponíveis causariam em diferentes cenários. Dessa forma, é possível escolher uma ferramenta com alto custo-benefício, em vez de uma que apenas pareça ser a mais moderna e atraente.

Produtos e serviços feitos de acordo com as demandas do mercado

A criação de produtos e serviços de uma indústria deve ser feita preferencialmente de acordo com as demandas de seu público-alvo. E para definir as melhores estratégias a serem utilizadas em busca desse objetivo, diferentes abordagens são implementadas pelo negócio.

Há o caso das empresas que optam pelo investimento em pesquisas de mercado, coletando informações diretamente com parceiros comerciais e clientes em potencial. Já o Big Data industrial toma um passo à frente, unindo não só os dados de pesquisas de opinião, mas também avaliando fatores como postagens em redes sociais para mensurar as melhores formas de a companhia posicionar-se na sua área de atuação.

Assim, identificando o que o cliente quer, a indústria terá um portfólio de serviços competitivo. Consumidores serão divididos em categorias que podem variar conforme gostos, idade ou faixa de renda. Assim, todos os processos poderão ser segmentados e manter uma abordagem mais eficaz.

O envio de mensagens de propagandas e newsletters, por exemplo, entra nessa categoria. Esse importante meio de fidelizar consumidores e atrair novas oportunidades de negócio ganha mais impacto a partir do uso do Big Data: avaliando como cada cliente comporta-se ao recebimento de uma mensagem, a companhia pode melhorar o direcionamento das suas mensagens e, assim, maximizar as suas taxas de conversão.

Ao mesmo tempo, o atendimento a consumidores passará por um processo profundo de mudanças, criando um novo modelo de negócios. Os atendentes terão acesso a dados que otimizam as suas abordagens e permitem a criação de roteiros com maior grau de personalização. Como consequência, o SAC terá um papel central na fidelização de consumidores.

Previsão de tendências

Avaliar as tendências do mercado é uma rotina básica de analistas de venda, profissionais de marketing e gestores corporativos. Identificar os rumos da economia permite ao negócio um posicionamento mais preciso, que vá ao encontro das necessidades do seu público e que seja capaz de atender rapidamente às suas demandas.

Diante disso, investir no Big Data industrial pode ser um ponto chave para que a companhia consiga manter-se bem posicionada frente aos seus concorrentes. Utilizando informações coletadas em redes sociais, plataformas internas e pesquisas especializadas, a companhia terá uma visão abrangente sobre o estado atual do seu mercado e os movimentos futuros.

Com tais registros em mãos, o gestor será capaz de definir novas estratégias que coloquem o empreendimento em um lugar de destaque. Assim, não só se garante a fidelidade dos clientes e parceiros comerciais atuais, como também novas oportunidades de negócio serão fechadas em médio e longo prazo.

O Big Data industrial tem ganhado um papel-chave em diferentes setores. Nos próximos anos, a indústria deve abraçar essa tecnologia e o seu potencial de gerar lucros e serviços mais eficazes. Por meio da análise de dados, vários setores serão rapidamente otimizados, melhorando a sua performance e qualidade.

E conforme a tecnologia passa a ser inserida em um número maior de rotinas por meio da automação e do aprendizado de máquina. Junto a outras tendências, essas soluções prometem tornar mercados mais ágeis e competitivos, exigindo que empresas inovem mais.

Se você quer saber como o Big Data industrial pode auxiliar a sua empresa a se manter competitiva e ter alta lucratividade, entre em contato com um de nossos especialistas!