Saber mensurar o retorno sobre o investimento de projetos é um importante passo para tomada de decisões bem fundamentadas. Nesse sentido, o cálculo do ROI possui uma função estratégica na empresa. 

Do inglês Return On Investment, o ROI é um indicador-chave de desempenho usado para identificar a relação entre o capital investido em um projeto e o retorno obtido com ele. Assim, é possível estimar os resultados esperados para os projetos, priorizá-los e acompanhar a sua realização.

Esse é um dos indicadores mais eficazes para qualquer negócio, podendo ser aplicado em qualquer departamento interno. Com base nos dados obtidos, é possível reduzir gastos, aumentar os lucros e definir metas relevantes para o empreendimento.

Pensando em tudo isso, desenvolvemos este post especialmente para você que quer aprender a fazer esse cálculo. Continue lendo e veja como calcular o retorno sobre o investimento de projetos em sua empresa!

Aprenda como calcular o ROI

Existem muitos indicadores que podem ser usados em uma empresa. Eles podem estar relacionados ao atendimento e fidelização dos clientes (NPS), valor da vida útil dos clientes (Lifetime Value), desempenho dos funcionários ou competitividade salarial.

Entretanto, poucos podem ser considerados tão eficazes como o ROI. Além disso, seu cálculo é relativamente simples, levando em consideração apenas dois fatores: o investimento realizado e o ganho obtido. Veja como a fórmula pode ser feita:

ROI = (Ganho – Investimento) / Investimento

Para ficar mais claro, vejamos um exemplo: a empresa ABC investiu 20 mil reais em um novo sistema de gestão de projetos, capaz de desdobrar metas e definir um bom plano de ação. Agora, também imagine que o ganho obtido por essa empresa tenha sido de 100 mil reais após a implementação do novo sistema. Então, temos a seguinte fórmula:

ROI = (100.000 – 20.000) / 20.000

ROI = 4

Nesse caso, ao implementar o novo sistema de gestão de projetos, a empresa obteve um retorno de quatro vezes o valor inicial. Para transformar isso em percentual, basta multiplicar o resultado por 100. Logo, o retorno sobre o investimento de projetos foi de 400%.

Veja que o retorno do exemplo foi positivo, entretanto, ele também poderia ter sido negativo, abaixo do esperado. De qualquer forma, o mais importante é que esse cálculo oferece uma visão objetiva do retorno estimado e realizado dos projetos.

Entenda melhor cada componente presente no cálculo do ROI:

  • Investimento: considerar os investimentos empenhados diretamente para a realização do projeto. Para um projeto de marketing, por exemplo, podemos considerar os gastos com consultoria e publicidade;

  • Ganho: considerar todas as novas receitas (ou reduções de custos) acumuladas pela empresa por conta da implementação do projeto, deduzindo-se desse valor os gastos que foram criados pelo projeto. Assim, para o projeto de marketing, podemos considerar as novas receitas obtidas, mas lembrando de deduzir os gastos com o novo pessoal contratado para atender os novos clientes, por exemplo.

Quando utilizado para estimar o retorno de projetos com duração maior do que 1 (um) ano, o cálculo do ROI deve considerar o valor do dinheiro no tempo. Para esses casos, é mais indicado utilizar metodologias como Valor Presente Líquido (VPL) ou TIR (Taxa Interna de Retorno), que atualiza os valores de anos futuros para uma base atual. Você pode usar o nosso template de Planilha de Análise de Viabilidade para usar o VPL e TIR de forma simples.

Considere as variáveis

Apesar de ser um cálculo relativamente simples, muitos gestores possuem dificuldade em mensurar o retorno obtido com o projeto para dar início a fórmula. Isso acontece porque uma empresa, geralmente, faz diversos investimentos de forma simultânea.

Então, é provável que uma firma, ao mesmo tempo em que investe no novo sistema de gestão de projetos, também invista na comunicação com o público-alvo (por meio da TV, por exemplo), treinamento dos funcionários e em um programa de fidelização.

Nesse caso, como calcular com exatidão o ganho obtido? O mais indicado é que os resultados sejam acompanhados com a colaboração de um bom software de gestão. Além disso, também é importante ter sempre um bom controle contábil e contar com a ajuda do gerente de controladoria da empresa.

Esse cálculo não deve ser feito apenas uma vez e depois deixado de lado. Sempre que possível, é importante mensurar os lucros ou prejuízos oriundos dos investimentos feitos; essa é uma forma de garantir bons resultados.

Além de tudo, sempre arquive as pesquisas que foram feitas. Com isso, é possível criar uma linha do tempo e ver como o projeto se comporta em períodos diferentes, observando sua ascensão ou declínio ao longo de determinado período.

Entenda outros benefícios do ROI

Além de avaliar como determinado investimento contribui para os ganhos da empresa, o cálculo do ROI também serve para diversos outros fatores. Entenda os demais benefícios que esse indicador pode trazer.

Contribui para priorizar os projetos da empresa

O resultado do ROI contribui para que o gestor tome as melhores decisões possíveis, pois ajuda a priorizar os projetos a serem implementados pela empresa. Aqueles com maior ROI previsto devem ser priorizados. No entanto, aqueles com ROI ruim, devem ser reajustados ou eliminados.

Ajuda na definição de metas realistas e relevantes

As metas funcionam como uma bússola, direcionando todos os trabalhadores rumo aos objetivos desejados pela organização. Entretanto, para que uma meta seja bem elaborada, não basta contar com o instinto do líder responsável.

Metas devem ser criadas com base em informações reais do empreendimento. Com o ROI, é possível elaborar objetivos realistas, que engajem os funcionários na busca pelos resultados. Caso isso não aconteça, os alvos não serão atingidos.

Identifica o prazo de retorno sobre os investimentos feitos

Saber em quanto tempo um investimento será pago é uma importante informação, especialmente quando falamos no mundo business. Assim, é possível saber se o investimento se pagará em curto, médio ou longo prazo.

Imagine que o retorno sobre investimento seja de 10% ao mês. Nesse caso, o valor total da aplicação seria pago em apenas 10 meses. Com essa informação, pode-se definir se o prazo do retorno está de acordo com o desejado.

Assiste na tomada decisões rápidas e assertivas

Em um mercado cada vez mais saturado e competitivo, saber tomar uma decisão rápida e certa é um grande diferencial competitivo. Nessa situação, o ROI contribui ao subsidiar dados relevantes para as resoluções adequadas.

O gestor pode decidir aumentar ou diminuir os investimentos, acrescentar ou reduzir os recursos alocados. Toda escolha possui um efeito sobre a empresa e sua participação no mercado; então, é importante fazer a escolha certa.

Agora que já sabe como calcular o retorno sobre o investimento de projetos, aproveite para compartilhar nosso conteúdo em suas redes sociais. Assim, você contribuirá para que seus amigos também fiquem por dentro do assunto!