Avaliação de perfil comportamental: saiba como fazer

No ambiente corporativo, a avaliação de perfil comportamental é uma forma de mapear os comportamentos que os colaboradores tendem a apresentar em diferentes situações. A avaliação de perfil comportamental, dessa forma, observa como as pessoas reagem sob pressão, no trabalho em equipe ou em posições de liderança, por exemplo, detectando os pontos fortes e os pontos fracos que se destacam nesses momentos.

O comportamento dos indivíduos é formado através de influências externas e internas, identificá-lo pode ser estratégico de diversas formas. No âmbito corporativo, a avaliação de perfil comportamental, por exemplo, é uma grande aliada e saber como fazê-la de maneira assertiva é essencial.

O núcleo familiar, a sociedade, a percepção de mundo, os sentimentos e muito mais: tudo é responsável por construir o perfil comportamental humano, que será demonstrado no decorrer da vida, em todas as suas relações e atividades.

Isso não será diferente se tratando de sua relação com o trabalho, e a empresa pode se beneficiar bastante ao compreender mais profundamente como todos os seus funcionários se comportam.

Nesse sentido, a avaliação de perfil comportamental é a chave para atingir todo o potencial que as pessoas têm, e do qual a organização tanto precisa para aumentar sua performance.

O que é avaliação de perfil comportamental?

No ambiente corporativo, a avaliação de perfil comportamental é uma forma de mapear os comportamentos que os colaboradores tendem a apresentar em diferentes situações.

O objetivo dessa metodologia é decifrar e documentar que ações os indivíduos estão mais propensos a tomar de acordo com o que foi aprendido por eles ao longo de sua vida, afinal, o comportamento humano é algo que começa a ser moldado desde seu nascimento, no contato com os estímulos que cada pessoa vai receber.

A avaliação de perfil comportamental, dessa forma, observa como as pessoas reagem sob pressão, no trabalho em equipe ou em posições de liderança, por exemplo, detectando os pontos fortes e os pontos fracos que se destacam nesses momentos.

A partir de tais análises, a gestão de pessoas classifica os profissionais em grupos de perfis, e fica mais apta a selecionar candidatos adequados a uma vaga, montar equipes equilibradas, engajar os colaboradores ou promover os perfis mais adequados a cada posição de liderança.

Como analisar as características comportamentais

A avaliação de perfil comportamental feita pelo RH pode acontecer a partir de diferentes métodos. A escolha de qual é o melhor para isso depende do que a empresa precisa naquele momento.

1 – Faça testes de perfil comportamental

Mais do que fazer com que os gestores conheçam os colaboradores e candidatos a uma nova vaga, os testes de perfil comportamental ajudam os próprios indivíduos a se avaliarem, levantando questões de forma objetiva ou subjetiva sobre seu comportamento.

A aplicação desses testes pode abranger entrevistas pessoais, questionários online, dinâmicas de grupo, simulações, etc.

A avaliação de perfil comportamental feita a partir dos testes dá atenção a aspectos como as habilidades comunicativas, a relação interpessoal, a adaptação a mudanças, o funcionamento em momentos de pressão, entre outros.

2 – Metodologia STAR

A metodologia STAR tem o formato de uma entrevista que se baseia em exemplos da vida real para analisar o comportamento de colaboradores ou candidatos a uma vaga.

Nela, o entrevistado irá responder sobre situações profissionais que vivenciou no passado para identificar como ele reagiu quando precisou resolver problemas ou tomar uma decisão difícil.

A sigla vem das palavras: situação, tarefa, ação e resultado, que representam o percurso das questões feitas ao indivíduo.

  • Situação: qual é o contexto do acontecimento;
  • Tarefa: qual era o papel da pessoa na situação;
  • Ação: quais medidas ele tomou para resolver o problema;
  • Resultado: o que aconteceu a partir da sua ação, e como isso influenciou a equipe.

3 – Método DISC

No método DISC a avaliação de perfil comportamental é feita de maneira objetiva, através da aplicação de questionários com múltipla escolha.

A análise será feita a partir das respostas selecionadas dentre as opções fornecidas.

O objetivo da metodologia é definir os modelos mentais, ou comportamentais, em que os indivíduos se encaixam.

Ela divide os perfis em 4 categorias comportamentais: dominância, influência, estabilidade e conformidade.

E suas características são as seguintes:

  • O perfil de dominância trata de pessoas determinadas a conquistar resultados;
  • O perfil de influência se refere às pessoas otimistas e com poder de liderança sobre outras;
  • O perfil de estabilidade define pessoas seguras, com foco na cooperação e honestidade;
  • O perfil de conformidade caracteriza pessoas competentes que valorizam precisão e respeito às regras acima de tudo.

4 – Método Label

O Método Label é uma ferramenta para mapear traços de personalidade dos indivíduos com aplicação exclusivamente corporativa.

O nome da metodologia não é uma palavra, mas uma sigla que vem de Lista de Adjetivos Bipolares em Escala Likert.

A avaliação por meio do método Label é a mais completa que temos à disposição.

Ela atinge um nível superior de complexidade e abrange um grande número de traços (15 tipos) e isso faz com que seja um instrumento para obter resultados mais relevantes, profundos e consistentes.

É uma estratégia que ajuda a identificar skills e melhorá-las, bem como melhorar as habilidades das equipes, elevando o desempenho de forma excepcional.

Também contribui para que os indivíduos tomem decisões sobre as próprias carreiras, e os gestores tenham uma base de informação para guiar suas ações.

Benefícios da avaliação de perfil comportamental

Realizar uma avaliação de perfil comportamental traz vantagens impressionantes para a organização como um todo, com três grandes benefícios imediatos que  atingem tanto a gestão de pessoas como os próprios indivíduos.

Melhora o processo de recrutamento e seleção

O processo de recrutamento e seleção, com certeza, é uma das atividades que mais se beneficia das análises.

Ela serve para embasar as decisões dos recrutadores e aumenta consideravelmente as chances do RH fazer uma boa escolha para a vaga.

Otimiza a gestão de equipes

A avaliação de perfil comportamental ajuda na gestão dos colaboradores dentro das equipes, pois a noção ampla que as análises proporcionam sobre os colaboradores deixa os gestores afiados para decidir onde eles mais podem contribuir com a organização.

Promove autoconhecimento

Quando participam de testes comportamentais e são avaliados, os indivíduos ganham insights sobre muitas atitudes que vêm tomando nas próprias vidas, o que pode despertar a consciência tanto para qualidades como para obstáculos pessoais que antes eram ignorados.

Conclusão

Compreender, avaliar e gerir os perfis comportamentais eleva o engajamento e a inovação de qualquer empresa, conforme os profissionais passam a atuar em tarefas que despertam o seu interesse pessoal.

Para transformar esse potencial inovador em resultados concretos, você pode contar com uma plataforma como o AEVO – o maior software de gestão da inovação na América Latina – e usar ferramentas intuitivas para conduzir a sua equipe da ideia à execução.

Solicite uma demonstração gratuita e descubra como a AEVO pode contribuir para o desempenho da sua empresa!

banner central de estrategias v1

Deixar uma resposta

Assine nossa newsletter

Fique sempre atualizado com nossos conteúdos sobre o universo da Inovação.


    Eu li e concordo com a Política de Privacidade.