Como criar uma empresa de alta performance: 5 dicas

Entender como criar uma empresa de alta performance é uma tarefa difícil e exige diversos esforços, mas vale a pena. Conforme os olhares de toda a equipe se voltam nessa direção, isso se torna possível.

Construir uma empresa de alto desempenho, seja partindo do zero ou aperfeiçoando um negócio já existente, requer uma visão estratégica para identificar como cada profissional, tarefa e recurso interno atende às suas demandas. Saiba como criar uma empresa de alta performance com estas 5 dicas práticas.

Além disso, é preciso fazer ajustes para que esses fatores contribuam cada vez mais com os resultados desejados.

Entenda neste artigo como criar uma empresa de alta performance, olhando para dicas aplicáveis ao dia a dia organizacional. Continue a leitura.

O que é alta performance corporativa?

Uma empresa de alta performance é capaz de satisfazer as demandas dos seus clientes com excelência, cumprindo metas e economizando recursos. Atingir esse nível de operação, no entanto, é um desafio para muitos gestores.

É preciso equilibrar diversos princípios, como a produtividade da equipe, a criação e adoção de soluções inovadores e uma estrutura de processos eficientes.

Se uma organização cumpre os prazos, mas está sempre a um passo do vermelho, ou corta gastos em várias frentes, mas deixa os clientes na mão, por exemplo, não pode ser apontada como uma empresa de alta performance, afinal ela está sacrificando o desempenho numa área para atingir os objetivos na outra.

Considerando estes aspectos, podemos dizer que a alta performance é a capacidade para entregar os resultados esperados, ganhando destaque no seu setor ao mesmo passo em que mantém a eficiência produtiva para evitar erros e desperdícios.

Como criar uma empresa de alta performance?

Listamos 5 dicas para você atingir esse objetivo, a atenção a alguns fatores será determinante para elevar a performance do seu empreendimento:

1 – Missão, visão e valores bem definidos

A alta performance tem origem no direcionamento da organização, afinal sem objetivos claros é impossível saber quão bem ela está indo.

Além da importância geral que envolve esses três elementos, é possível usar a definição dos seus valores para criar uma empresa de alta performance.

Pautar suas ações através de elementos como compromisso, qualidade e reconhecimento dos profissionais que se destacam faz com que a organização se aproxime mais rapidamente desse ideal.

Um exemplo de empresa que utiliza seus fundamentos para elevar a performance é o Banco Itaú, cuja visão é “Ser o banco líder em performance sustentável e em satisfação dos clientes” e orienta seus profissionais para que eles sejam “fanáticos por performance”.

2 – Construa uma equipe de alta performance

O cuidado com a melhoria contínua deve ser assumido por todos os membros da organização, para que ela de fato se torne uma empresa de alta performance.

Cada colaborador, das lideranças à linha de frente operacional, tem condições para otimizar os processos dos quais participa, e é na soma desses avanços que encontraremos um potencial transformador.

Uma equipe de alta performance é colaborativa, e trabalha buscando objetivos comuns, portanto cada profissional precisa atuar de forma comprometida com o ritmo esperado pelo grupo, evitando a formação de gargalos que prejudiquem o desempenho de toda a equipe.

Para ajudar o grupo nessa jornada de evolução, o papel dos gestores é transmitir metas claras, dar feedbacks valiosos para o desenvolvimento da equipe, remover obstáculos e impulsionar o engajamento dos profissionais.

Aspectos como a diversidade do time, o espaço para empreender internamente e a qualidade das relações entre os participantes também são de grande relevância, já que promovem a inovação e a responsabilidade que cada indivíduo assume com o grupo.

3 – Tenha um planejamento estratégico

Uma empresa de alta performance não surge por acaso: ela é planejada para atingir esse nível. O planejamento estratégico vai partir da missão e visão assumidas pela empresa, definindo os melhores caminhos e atitudes para chegar até elas.

Esse planejamento serve para que a empresa se torne mais assertiva, reduzindo o peso de achismos e opiniões.

Ele também é útil para engajar a equipe, oferecendo a todos uma visão bem definida acerca do futuro, e recompensando os que mais contribuírem para torná-la real.

O planejamento estratégico começa por uma análise da organização, usando uma ferramenta como a matriz SWOT para identificar riscos e possibilidades.

Ele também precisa envolver uma gestão de metas estratégicas, conforme os objetivos globais são transformados em metas para cada setor, e estas direcionam o que é esperado de cada profissional.

A partir daí, com clareza sobre a contribuição individual na construção de uma empresa de alta performance, é fácil apontar quando o colaborador está abaixo, atingindo ou superando as expectativas.

4 – Estimule a inovação na empresa

A empresa de alta performance está sempre buscando melhorias em seus produtos, serviços e processos, e isso tem tudo a ver com a inovação.

É por meio dela que os avanços podem ser conquistados, tanto em larga escala quanto em operações mínimas que contribuem para o todo.

Nesse sentido, promover o intraempreendedorismo se torna uma vantagem competitiva, pois dá a cada profissional o espaço para que ele melhore os elementos ao seu alcance.

Indivíduos que estão cuidando de operações cotidianas, atendendo clientes, operando máquinas ou cuidando das documentações, podem indicar formas de aumentarem a eficiência do próprio trabalho ao perceber detalhes que escapam do olhar mais amplo utilizado pelos gestores.

Quando a empresa captura essa dinâmica, pode obter incontáveis avanços que, apesar de pequenos em seu próprio alcance, se somam para criar um grande resultado.

5 – Solucione a dor do seu cliente

Para o consumidor, a empresa de alta performance é aquela capaz de entregar mais do que o esperado. No fim do dia é isso que levará à compra, e transformará clientes em defensores da marca atraindo mais visibilidade para ela.

Além de considerar a dor central do cliente, aquela que seu produto nasceu para resolver, é importante avaliar outras questões como tempo de entrega, simplicidade no uso da solução ou atendimento pós-venda, pois é a soma dessa experiência que faz o cliente continuar voltando, e trazendo mais pessoas com ele.

Conclusão

Entender como criar uma empresa de alta performance é uma tarefa difícil e exige diversos esforços, mas vale a pena, certo?!

Conforme os olhares de toda a equipe se voltam nessa direção, isso se torna possível. A performance deve ser impulsionado pelas lideranças, mas precisa envolver cada participante para atingir seu potencial, com vimos acima.

Gerenciar essa equipe, permitindo que ela contribua para a eficiência da organização, fica mais simples quando temos as ferramentas certas.

Uma plataforma de gestão da inovação e estratégia como o AEVO Innovate permite não apenas organizar o time, como também o deixa cada vez mais apto para enfrentar os desafios do mercado.

Confira as nossas soluções para negócios inovadores, e descubra como a AEVO pode elevar a performance da sua empresa.

aevo-innovate-blog

Deixar uma resposta

Assine nossa newsletter

Fique sempre atualizado com nossos conteúdos sobre o universo da Inovação.


    Eu li e concordo com a Política de Privacidade.