Competências organizacionais: como se destacar no mercado

competências-organizacionais

A concorrência é um aspecto que existe em praticamente todos os segmentos de mercado atualmente. Por isso, não adianta que uma empresa tenha um produto de qualidade e preços competitivos.

Para se destacar dos concorrentes é preciso muito mais do que isso. É essencial criar um diferencial competitivo substancioso, algo que não só vá diferenciar sua empresa dos concorrentes, como transformar seus clientes em advogados da marca e criar uma relação de fidelidade.


O que são competências organizacionais?

As competências organizacionais consistem nas habilidades que uma empresa deve ter para obter sucesso no seu segmento de mercado. Assim como os seus colaboradores, um negócio, enquanto marca, também precisa desenvolver determinadas competências.

Elas permitem que a organização se torne única e ganhe um lugar de destaque em meio à concorrência. Desse modo, podem se refletir em produtos, serviços, projetos ou processo, ou seja, em todas as instâncias da organização.

Além disso, as competências organizacionais são as responsáveis pela empresa criar uma identidade exclusiva. Para tanto, é necessário definir quais são os conhecimentos e práticas que as suas equipes devem desenvolver em conjunto.

O mais adequado é que estejam associadas ao modelo de negócios, bem como à gestão de pessoas e à estratégia como um todo do negócio.

Quando desenvolvidas com sucesso, as competências organizacionais se tornam parte da cultura organizacional, refletindo no dia a dia da organização. É aconselhado ainda que elas estejam em sintonia com a missão, visão e valores da empresa.

As competências são divididas em dois tipos, as básicas e as essenciais. Entender as diferenças que há entre elas é indispensável para colocar em prática as habilidades que a sua empresa precisa desenvolver para se firmar no mercado com sucesso.


Competências organizacionais básicas

As competências organizacionais básicas referem-se às habilidades que viabilizam o funcionamento de um negócio. Sem elas, dificilmente ele consegue se fixar no mercado, uma vez que se trata do mínimo para se manter ativo.

Esse tipo de competência não se refere aos conhecimentos exclusivos de uma empresa, pois as demais do mesmo segmento devem detê-las também. Pode-se dizer que elas são, como o nome indica, as práticas básicas para a operação da organização.

Em geral, referem-se à oferta de produtos e serviços que atendam as necessidades do público, ao preço competitivo, ao bom atendimento, etc. Ou seja, tudo aquilo que permite uma empresa obter lucro para continuar funcionando.

Embora de extrema importância, as competências organizacionais básicas não tornam uma empresa especial, diferente ou melhor em relação às concorrentes. Mesmo assim, é preciso que os seus profissionais estejam todos bem preparados para desenvolvê-las.


Competências organizacionais essenciais

As competências organizacionais essenciais são as principais responsáveis por uma organização alcançar um diferencial competitivo. São elas que possibilitam a uma empresa ser tornar única, exclusiva, totalmente diferente das concorrentes.

Em outras palavras, esse tipo que competência permite a um negócio atrair, conquistar e fidelizar um maior número de clientes. Por consequência, além de lucrativo, consegue se manter firme no mercado mesmo diante das adversidades.

Isso porque além de fazer o básico, a empresa realiza muito mais, gerando valor para o consumidor, que a prefere em relação à concorrência. Esse valor pode ser gerado de inúmeros modos, mas depende do nicho em que atua.

Além disso, para identificar quais são as competências organizacionais essenciais é indispensável conhecer profundamente o seu segmento de mercado e quem faz parte do seu público-alvo.

A partir disso, é possível desenvolver novos produtos e serviços ou mesmo processos que permitam oferecer algo totalmente novo. Ou seja, é necessário inovar, fazendo diferente de modo a ganhar a preferência do consumidor.

Por consequência, a empresa que desenvolve com assertividade as competências organizacionais essenciais consegue obter maior confiança e credibilidade no mercado.

Apesar da sua relevância, essas habilidades não são autossuficientes, uma vez que ambas competências se complementam. Uma não pode existir sem a outra.

No entanto, há uma diferença importante, o fato das habilidades essenciais não poderem ser sempre as mesmas. Isso ocorre porque, assim que uma empresa inova, as demais costumam fazer parecido.

A partir desse momento, o diferencial competitivo de uma empresa perde a sua exclusividade. Nessa hora, torna-se necessário buscar novas habilidades essenciais, se a pretensão é permanecer em uma posição de destaque.


Como desenvolver competências organizacionais?

As competências organizacionais são desenvolvidos no dia a dia das empresas, por meio das atividades que os colaboradores realizam, a forma como os gestores lideram suas equipes e pelo conhecimento que é transmitido, seja de maneira formal seja informal.

Por isso, o desenvolvimento das competências organizacionais está muito associado à cultura organizacional, já que naturalmente os profissionais desenvolvem habilidades de acordo com o que a empresa espera de cada um, bem como através do que promove.

Além disso, é possível dizer que as competências organizacionais básicas normalmente são desenvolvidas conforme a necessidade que a rotina impõe. Isso faz com que seja comum que os colaboradores já a possuam quando são contratados.

Caso contrário, são os primeiros conhecimentos passados à equipe. Enquanto isso, as competências organizacionais essenciais consistem em um esforço dos gestores em orientar os colaboradores de maneira assertiva.

Portanto, é preciso que eles promovam a capacitação das suas equipes, com o objetivo de prepará-las para ajudar a empresa a desenvolver habilidades que transformem o negócio em uma marca de destaque.

Como as competências essenciais exigem ações inovadoras, é fundamental que os profissionais sejam qualificados nesse tema. E o AEVO Boost pode contribuir em muito com o processo, pois se trata de uma plataforma de capacitação voltada à inovação.

Nosso canal oferece cursos online voltados para o universo da inovação corporativa, possibilitando que os colaboradores aprendam sobre gestão da inovação, inovação aberta, metodologias ágeis, cultura de inovação, programa de ideias e muito mais.

Os gestores também podem se capacitar em nossa plataforma, além de encontrarem as melhores práticas para gerenciar a inovação na sua empresa. Os cursos são online e permitem que os alunos os realizem conforme a sua disponibilidade.

Além de conteúdos de alta qualidade, o AEVO Boost oferece certificado ao final das aulas e pode ser acesso não só de computadores como também de dispositivos móveis, permitindo que os alunos estudem quando e onde preferirem.

aevo-boost-inovacao-corporativa

Conclusão

As competências organizacionais auxiliam as empresas não apenas a se fixarem no mercado como também a se destacarem em meio à concorrência. Os dois tipos de competências são indispensáveis, mas as essenciais exigem um esforço contínuo.

Além disso, inovação se tornou de fundamental importância para as empresas que querem desenvolver as competências organizacionais essenciais. Nesse cenário, o AEVO Innovate é um grande aliado de quem deseja inovar.

Nosso software de inovação dispõe ainda de ferramentas que permitem aos colaboradores trocarem ideias e experiência para trabalharem de forma colaborativa. Tudo isso faz parte do processo de desenvolvimento das habilidades essenciais.

Solicite uma demonstração e entenda mais sobre essas funcionalidades e como podem promover a inovação no seu negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *