Corporate Venture: o que é, conceito e exemplos

Corporate Venture

Uma das alternativas para empresas consolidadas que desejam promover a inovação em seu negócio e, com isso, ganhar mais vantagens competitivas no mercado é o Corporate Venture.

Essa alternativa pode ter como um dos elementos centrais a formação de uma parceria com startups.

Neste artigo, você vai entender melhor esse conceito e como ele é executado na prática. Além disso, também vai entender a relação com outro conceito, o de Corporate Venture Capital.


O que é Corporate Venture?

Corporate Venture, ou simplesmente CV, é uma expressão que se refere aos esforços de uma empresa para criar novas iniciativas empreendedoras. Outra definição possível é que CV corresponde à novas unidades de negócio criadas por empresas já estabelecidas.


Corporate Venture: Interno vs Externo

Existem várias classificações possíveis para Corporate Ventures; a mais comum é a distinção entre Interno e Externo.

Um CVI é aquele em que a empresa desenvolve a nova iniciativa empreendedora em sua própria divisão de inovação.

Em outras palavras, a divisão de inovação da empresa funciona como uma incubadora interna de novas unidades de negócios.

Enquanto isso, um CVE é aquele em que uma nova iniciativa empreendedora surge no mercado e atrai a atenção de uma outra empresa.

Essa empresa, então, apoia o desenvolvimento dessa iniciativa e, quando ela atinge o nível de maturidade necessário, é incorporada pela empresa e torna-se mais uma de suas unidades de negócios.

Portanto, a diferença entre CV interno e externo está na origem da nova iniciativa empreendedora. Porém, em ambos os casos, ela se encaminha para se tornar uma nova unidade de negócios da empresa que está envolvida em seu desenvolvimento.


E o que é Corporate Venture Capital?

Corporate Venture Capital é o termo usado para designar uma estratégia de investimento na qual empresas adquirem uma parte ou todo o capital de startups.

O objetivo dessa aquisição é, principalmente, trazer para a empresa a oportunidade de se beneficiar das inovações produzidas pelas startups.


Os benefícios do Corporate Venture

Um dos principais benefícios do Corporate Venture é que ele possibilita que uma empresa comece a atuar em um mercado completamente novo, explorando oportunidades que não estariam disponíveis para sua unidade de negócios principal.

Outro benefício importante é que, por ser desenvolvida com o apoio de uma empresa já estabelecida, a nova iniciativa empreendedora conta com recursos que permitem avançar com maior agilidade. 

Existe, ainda, o benefício da parceria com startups no caso do Corporate Venture externo. Nessa parceria, a startup não recebe apenas aporte financeiro, mas também mentoria da empresa e acesso a sua expertise. Enquanto isso, a empresa recebe acesso à solução desenvolvida pela startup, mas também tem a chance de aprender e incorporar sua cultura de inovação.

Dessa forma, um Corporate Venture baseado nessa parceria traz vantagens para todos os envolvidos e estará em uma posição favorável para, quando entrar em operação, se tornar uma unidade de negócios de sucesso.


Como criar seu próprio Corporate Venture?

Não existe uma fórmula para criar um Corporate Venture; em vez disso, há vários caminhos possíveis.

Um deles é organizar um evento de inovação aberta, como um hackathon, propondo um problema interno da empresa para que empreendedores e startups possam oferecer soluções. Nesse tipo de evento, além de atingir o objetivo direto, a empresa pode identificar candidatos para uma parceria em CV externo.

Outro caminho para o CV externo é buscar os hubs de inovação, espaços – físicos ou virtuais – onde várias startups se reúnem para desenvolver suas atividades e apresentar suas ideias a empresas, universidades e governo. Nos hubs, é possível identificar oportunidades para negociar a aquisição de uma participação em start-ups e, assim, incorporar seu potencial inovador.


Leia também: Hackathon: Tudo o que você precisa saber!


InovaBra Ventures da Bradesco

O InovaBra Ventures, da Bradesco, é um bom exemplo de como uma empresa pode apostar em Corporate Venture.

Trata-se de um time de Corporate Venture Capital que se dedica a encontrar oportunidades para investimento em startups com potencial de alcance global, em diferentes estágios e setores. Seu foco é nos segmentos de insurtech, healthtech, data analytics, big data, conectividade digital e cyber security.

No entanto, a InovaBra Ventures não se limita a adquirir a participação nas startups. Em vez disso, usa sua expertise interna para alavancar as empresas investidas.


Conclusão

Corporate Venture oferece às empresas uma alternativa para promover a inovação em um nível mais elevado. Em vez de apenas desenvolver ou aprimorar um produto, serviço ou processo, ele permite criar um novo negócio dentro da empresa, explorando mercados e nichos diferentes daquele em que ela tradicionalmente atua.

Com isso, a criação de um CV é um caminho para diversificar as atividades da empresa. E, quando ele é criado em parceria com uma startup, os benefícios são ainda mais significativos, já que é possível incorporar não apenas a solução que ela desenvolve, mas também sua cultura de inovação.

Encontre os parceiros ideais para o seu programa de Corporate Venture com o AEVO Innovate.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *