Empreendedorismo digital: tudo o que você precisa saber

empreendedorismo-digital

Estabelecer um modelo de negócios para se comunicar com o seu público, e até mesmo distribuir produtos sem que um ponto de vendas físico seja necessário, são atividades comuns no empreendedorismo digital, mas poucas pessoas conhecem a estrutura que sustenta a fachada de lojas e outros empreendimentos na internet.

O empreendedorismo digital é o caminho para quem deseja ter sucesso com essas iniciativas, e nesse artigo você encontra um guia com as melhores práticas para dominar esse mercado que não para de crescer.


O que é empreendedorismo digital?

Podemos afirmar, de uma forma simples, que o empreendedorismo digital é a utilização das ferramentas disponíveis na internet para alcançar os objetivos tradicionais do empreendedorismo: aumento da lucratividade, expansão do negócio, inovação, liderar pessoas, etc.

Existem vários modos de atuação, alguns muito simples; como ter uma loja de produtos em marketplaces, sites que funcionam como um shopping virtual e oferecem estrutura para múltiplos vendedores; e outros altamente complexos, envolvendo centenas de pessoas e uma série de ferramentas para lidar com múltiplos processos.

Se você já é empreendedor ou pensa em ser, pode observar o movimento de migração de todos os setores para o digital, e o seu negócio deve seguir essa onda. Mesmo que você já possua um empreendimento físico, a presença no digital se tornou mais do que uma necessidade, assim como a inovação, ela é algo primordial para manter uma empresa em um mercado tão concorrido.


Vantagens do empreendedorismo digital

No primeiro semestre de 2020, sete milhões de pessoas fizeram sua primeira compra na internet, e se juntaram aos outros 33 milhões que já estão habituados à prática. Os negócios virtuais tiveram aumento em todos os números relevantes, comparados aos primeiros seis meses de 2019:

  • 40% mais consumidores.
  • Crescimento de 47% nas vendas;
  • Subida no tíquete médio de R$ 404,00 para R$ 417,00;

Esse movimento não é uma exceção, pois os dados mostram crescimento constante há décadas, com variações apenas na intensidade. Além disso, 93% dos novos consumidores afirmam que pretendem voltar a fazer compras virtuais.

Caso um mercado a todo vapor não seja o bastante para te convencer a se lançar no empreendedorismo digital, aqui vão as principais vantagens dessa modalidade:


Baixo custo de entrada

Aluguel, eletricidade, matéria-prima, ferramentas, estoque; pode esquecer tudo isso. O empreendedorismo digital permite criar negócios por valores muito baixos, e várias ferramentas cobram uma porcentagem sobre as vendas, ou seja, você não precisa investir nada para começar.


Escolher seus horários

Um empreendimento físico é quase obrigado a estar aberto em certos horários, ou não terá como sobreviver. O empreendedorismo digital anula essa regra: você pode adicionar os produtos à sua loja pela noite e não precisa estar lá quando as pessoas chegarem pela manhã, por exemplo.


Nenhuma aprovação é necessária

Você não precisa fazer entrevistas ou conseguir um alvará da prefeitura, basta decidir seu próximo passo e escolher as ferramentas mais adequadas para te ajudar.


Negócios ágeis

Você pode contratar um freelancer para pequenos serviços, negociar parcerias com outros empreendedores em algumas horas, aumentar ou diminuir seu investimento em publicidade com alguns cliques.


Facilidade para crescer

Digamos que a sua loja pode receber 300 visitantes num dia, e você quer um espaço onde caibam 1000 pessoas simultaneamente; quanto terá de investir? Com as ferramentas do empreendedorismo digital, a diferença no custo para receber dezenas ou milhares de clientes é muito menor.


Como começar no empreendedorismo digital?

O comportamento do consumidor na internet não é idêntico à sua forma de agir no mundo offline, e ter sucesso no empreendedorismo digital é uma questão de se adequar ao modo como ele faz compras à frente de um computador ou smartphone.

Por isso, é muito importante que você estude sobre o marketing digital, para compreender de forma clara como funciona a jornada do cliente no online, e quais são as melhores estratégias para aplicar no momento em que seu público se encontra.


1. Escolha um nicho e público alvo

Negócios que atingem bilhões de pessoas, como a Amazon ou o Instagram, são uma exceção no empreendedorismo digital, e a grande maioria das iniciativas que dão certo nesta área possui um mercado bem definido.

Uma boa forma de atrair público é demonstrar autoridade em um assunto e falar com pessoas interessadas. Mesmo dentro desse tema, é importante escolher qual será o destino da sua mensagem.

Um vídeo sobre culinária pode conversar com avós, mães solteiras ou jovens universitários, por exemplo, mas dificilmente terá uma linguagem adequada aos três grupos.


2. Faça testes para descobrir o que funciona

Pequenas mudanças podem multiplicar as vendas de um negócio digital, e a única forma de saber o que funciona é testando. Um exemplo comum é a exibição de anúncios diferentes para pequenos grupos. Você descobre através dos dados qual tem a melhor performance, e pode investir para apresentá-lo a um público maior.


3. Planeje os seus investimentos

Mesmo com um custo de entrada mais baixo, o empreendedorismo digital não está livre de riscos, e você deve planejar uma estratégia de investimento capaz de minimizá-los. Estude quais serão seus custos nos primeiros meses, e avalie como pode lidar com eles.


4. Defina e automatize processos

Você deve trabalhar com funis de vendas, caminhos que guiam um visitante até o momento da compra e as interações posteriores. Softwares de gestão permitem automatizar esse processo, criando uma estrutura capaz de funcionar sem a sua presença constante.


Ideias para empreender no digital

Hoje existem milhões de empreendimentos digitais, cada um com as próprias características, mas é possível apontar alguns modelos que você pode usar para dar os primeiros passos com o seu negócio, e adaptar quando tiver mais experiência.

E-commerce: Você cria uma loja virtual e exibe produtos, num site próprio ou em plataformas como o Mercado Livre e o Magalu Marketplace.

Produtor de Conteúdo: Criar aulas e cursos sobre um assunto que você domina, e vender para quem deseja aprendê-lo.

Afiliado: Divulgar os produtos de terceiros, ganhando uma comissão por cada venda realizada. Produtores de Conteúdo e Afiliados costumam trabalhar em conjunto.

Influenciador: Construir uma audiência, usando plataformas como Youtube, Instagram e blogs para depois vender algo próprio ou anunciar produtos de outras pessoas e marcas.


5 dicas para ter sucesso no empreendedorismo digital

Se você deseja ir além do básico, estes passos vão impulsionar os resultados do seu empreendimento digital.

  1. Forme parcerias com marcas, afiliados, influenciadores e quem mais você achar importante. Esse é um dos caminhos mais rápidos para fortalecer a sua presença online.
  2. Nunca espere. As pessoas não vão cair de paraquedas na sua página de vendas, é preciso agir para chamar atenção. Estude sobre inbound marketing para ter a estratégia perfeita.
  3. Não ignore o marketing de conteúdo. Blogs, canais no Youtube e redes sociais são fontes massivas de público gratuito, mas você só irá atraí-lo se oferecer um conteúdo valioso, então foque na qualidade para se destacar em meio a tantas opções.
  4. Não se prenda a uma plataforma. Redes sociais aparecem e somem rapidamente, e o seu negócio deve estar protegido contra esse movimento. Investir em um site próprio é uma ótima opção.
  5. Não tente abraçar tudo Se você está começando e não tem uma equipe, pode ser difícil atuar em 10 locais diferentes, mantendo tudo atualizado e com a mesma qualidade. Domine duas ou três plataformas antes de partir para a próxima, e leve um público consolidado junto com você.

Conclusão

Atuar no empreendedorismo digital tem suas próprias vantagens e desafios, e o empreendedor deve antecipar caso deseje ter sucesso no longo prazo.

É fundamental ter um plano e uma estrutura de ações coerentes, para que os bons resultados de uma iniciativa não desapareçam rapidamente.

Ferramentas de gestão como o AEVO Innovate facilitam esse processo, permitindo que você possa gerenciar times, projetos e recursos como numa plataforma online, transformando a agilidade e inovação do empreendedorismo digital em pilares do seu negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *