Estratégia empresarial: o que é, os 5 tipos e importância

A estratégia empresarial é um conjunto de decisões e ações planejadas que uma empresa adota para alcançar seus objetivos e obter vantagem competitiva em seu mercado. É uma visão de longo prazo que guia a organização apontando a direção das tarefas, a alocação de recursos e a tomada de decisões.

Definir uma estratégia empresarial faz com que as ações da organização estejam voltadas aos seus objetivos, alinhando a prática do dia a dia aos resultados de curto, médio e longo prazo.

A estratégia empresarial envolve o destino buscado pela empresa e o caminho para chegar até ele, orientando as decisões da organização e permitindo que ela se posicione de forma sólida no mercado.

Os 5 tipos de estratégia oferecem abordagens diferentes para as empresas, de acordo com o seu momento atual e os planos para o futuro. Saiba qual deles é mais adequado ao seu negócio hoje, e como tomar a decisão certa para expandir os resultados da organização.

O que é estratégia empresarial?

Objetivos organizacionais gerais e específicos

A estratégia empresarial é um conjunto de decisões e ações planejadas que uma empresa adota para alcançar seus objetivos e obter vantagem competitiva em seu mercado. É uma visão de longo prazo que guia a organização apontando a direção das tarefas, a alocação de recursos e a tomada de decisões.

Desenvolver uma estratégia começa pela análise cuidadosa do ambiente externo e interno da empresa.

Precisamos considerar o nosso mercado e o seu momento, identificando tendências, oportunidades e ameaças, além de avaliar a concorrência e o comportamento dos clientes.

Além disso, a etapa inicial compreende a avaliação dos recursos, capacidades e competências da empresa, identificando seus pontos fortes e fracos.

Com base nessa análise, a empresa define sua visão, missão e valores, estabelecendo uma direção estratégica e uma identidade.

Ao formular estratégias, a empresa desenvolve planos de ação para atingir metas e objetivos claros.

Aqui a gestão vai tomar decisões sobre segmentação de mercado, diferenciação de produtos, expansão geográfica, parcerias estratégicas e inovação tecnológica, por exemplo.

Já a implementação da estratégia envolve a execução das ações definidas, o uso adequado de recursos, a organização interna da empresa e a comunicação efetiva entre os colaboradores.

É nessa etapa que a estratégia sai do papel e se torna realidade.

É importante reconhecer que a estratégia empresarial deve ser monitorada e avaliada regularmente para verificar o progresso em relação aos objetivos estabelecidos. Isso permite que a empresa faça ajustes e tome medidas corretivas quando necessário.

Leia mais:
Gestão Estratégica: o que é, como desenvolver e os 4 tipos

Planejamento estratégico: conceito, etapas e objetivos

Importância da estratégia empresarial

A estratégia empresarial desempenha um papel fundamental no sucesso de uma empresa, independente do seu porte ou do setor em que atua. Ela contribui em aspectos como:

Orientação e direção

A estratégia empresarial estabelece a visão, missão e objetivos da organização, definindo o propósito e a identidade da empresa. É um movimento que ajuda a alinhar os esforços de todos os membros da organização em torno de um objetivo comum.

Vantagem competitiva

Ao analisar o ambiente externo e interno, a empresa pode identificar oportunidades de mercado, desenvolver ações para diferenciar seus produtos ou serviços e superar a concorrência.

Uma estratégia eficaz pode ajudar a empresa a se destacar e conquistar uma posição vantajosa no mercado.

Tomada de decisão

A estratégica é um alicerce para a tomada de decisões na organização.

Ela oferece critérios e diretrizes claras para avaliar e selecionar as melhores opções disponíveis. Isso ajuda a empresa a priorizar investimentos, alocar recursos de forma eficiente e tomar decisões coerentes com os seus objetivos.

Gestão de riscos

Ao antecipar possíveis riscos e desenvolver planos de contingência, a estratégia empresarial ajuda o negócio a se preparar e lidar com desafios futuros de modo mais eficaz.

Foco e alinhamento

Proporcionando um senso de foco e alinhamento em toda a organização, ela evita a dispersão de esforços e recursos, concentrando-se em áreas chave que impulsionam o sucesso da empresa.

Dessa forma, temos mais coesão entre os membros da equipe, permitindo que todos trabalhem em busca dos mesmos objetivos estratégicos.

Monitoramento e adaptação

Incluindo o acompanhamento regular do desempenho da empresa em relação aos objetivos estabelecidos, a estratégia permite que a organização identifique lacunas e faça ajustes quando necessário.

A capacidade de adaptar a estratégia às mudanças do mercado e do ambiente empresarial é fundamental para o sucesso contínuo da empresa.

Quais os 5 tipos de estratégia empresarial?

Existem 5 tipos de estratégia empresarial, elaboradas para atender às necessidades específicas que cada organização pode enfrentar em seus diversos momentos.

Essas opções oferecem respostas para empresas jovens em rápido crescimento, organizações sólidas buscando formas de se reinventar, ou negócios que estão enfrentando situações de crise.

1 – Estratégia de sobrevivência

A estratégia de sobrevivência é adotada em situações críticas, quando uma empresa enfrenta desafios significativos que ameaçam a sua continuidade.

Ela é uma solução pensada para responder a crises financeiras, perdas de mercado, mudanças drásticas no ambiente de negócios ou eventos imprevistos, como a pandemia.

Esse tipo de estratégia empresarial é focado na capacidade da empresa de superar esses desafios e garantir sua existência a curto prazo, com o objetivo de proteger os recursos e minimizar as perdas, permitindo que a empresa se recupere e volte a operar com mais liberdade no futuro.

2 – Estratégia competitiva

A estratégia competitiva é um conjunto de ações e planos adotados por uma empresa para ganhar vantagem competitiva em relação aos concorrentes em seu mercado. Ela envolve a análise do ambiente competitivo, a identificação de oportunidades e ameaças, e a formulação de ações para posicionar a empresa de forma superior no mercado.

Ela se baseia na avaliação dos competidores e na identificação das forças e fraquezas da empresa em relação a eles. Existem diferentes abordagens para analisar o cenário e desenvolver uma estratégia competitiva; um dos mais conhecidos é o modelo das cinco forças desenvolvido por Michael Porter, que considera:

  • Rivalidade entre concorrentes existentes;
  • Poder de negociação dos fornecedores;
  • Poder de negociação dos compradores;
  • Ameaça de novos participantes;
  • Ameaça de produtos substitutos.

3 – Estratégia de manutenção

A estratégia de manutenção, ou estratégia de estabilidade, é uma abordagem para a empresa que busca manter sua posição atual no mercado, sem considerar expansões significativas ou mudanças drásticas nesse momento. É uma estratégia de continuidade, que se concentra em preservar suas operações e os resultados existentes.

A estratégia de manutenção pode ser adotada por várias razões, como:

  • Estabilidade financeira: quando uma empresa está em uma posição financeira estável e satisfeita com seus resultados atuais, pode optar por manter a situação e evitar riscos associados a uma expansão ou mudança significativa;
  • Mercado maduro: em mercados que estão saturados e têm crescimento lento, pode ser difícil e caro para a empresa obter um crescimento substancial. Nesses casos, a estratégia de manutenção pode ser adotada para aproveitar a base de clientes existente e maximizar a rentabilidade;
  • Recursos limitados: quando a organização enfrenta limitações de recursos, como capital, mão de obra ou capacidade de produção, pode optar por uma estratégia de manutenção para otimizar seu uso e evitar pressões sobre sua capacidade atual;
  • Foco na eficiência operacional: ao invés de buscar expansão, uma empresa pode direcionar seus esforços para melhorar a eficiência e a produtividade de suas operações existentes. A estratégia de manutenção permite que ela se concentre em aprimorar os processos internos, reduzir custos e melhorar a qualidade.

4 – Estratégia de crescimento

A estratégia de crescimento é um conjunto de ações e planos adotados por uma empresa com o objetivo de aumentar suas operações, expandir a participação no mercado e alcançar um crescimento sustentável a longo prazo.

Ela envolve a identificação de oportunidades de crescimento, a alocação de recursos adequados e a implementação de planos para aproveitar essas oportunidades.

Existem diversas abordagens de crescimento, cada uma com suas vantagens e desafios, e a escolha depende das circunstâncias e do contexto da empresa.

Independente da opção, é importante que a estratégia de crescimento esteja alinhada com os objetivos e recursos da empresa, além de levar em consideração a análise do mercado, concorrência e riscos envolvidos.

5 – Estratégia de desenvolvimento

A estratégia de desenvolvimento é um conjunto de planos e ações adotados por uma empresa para promover seu crescimento, expandir suas capacidades e alcançar novos patamares de desempenho.

Essa estratégia concentra-se no desenvolvimento de recursos internos, na melhoria da competitividade e na criação de valor sustentável.

O desenvolvimento deve estar alinhado com a visão geral da empresa, a situação do mercado e seus objetivos de longo prazo. A estratégia deve ser flexível o suficiente para se adaptar às mudanças e aproveitar novas oportunidades à medida que surgem.

Conclusão

A escolha e implementação adequadas de uma estratégia empresarial permitem que uma organização se destaque no mercado e alcance vantagem competitiva para atingir seus objetivos de longo prazo.

Seja para explorar uma grande oportunidade ou enfrentar desafios complexos, é por meio dela que podemos aproveitar nossos recursos ao máximo.

É importante lembrar que uma boa estratégia parte da análise correta do ambiente externo e interno, compreendendo as relações entre o seu negócio e seus competidores, clientes e parceiros. Essa clareza vai permitir que os planos de fato sejam adequados à situação.

Além disso, é preciso que a empresa adote um sistema para transformar objetivos em resultados, equilibrando a visão de longo prazo e as tarefas executadas diariamente pelos colaboradores. Isso é possível através de ferramentas como a plataforma de gestão e OKRs AEVO, que permite a coordenação entre os movimentos estratégicos e operacionais.

Com um ambiente colaborativo e recursos que incentivam a inovação, o software AEVO contribui para alinhar as ações dos colaboradores, e garantir que a empresa esteja avançando de forma coesa em direção aos seus objetivos.

Solicite uma demonstração gratuita, e saiba como a plataforma contribui para a estratégia da sua empresa!

Livia Nonato

Livia Nonato

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), atua na área de marketing, content e SEO há quatro anos, tendo como principal foco a otimização para mecanismos de busca, gestão e crescimento dos canais de aquisição orgânico, performance e growth. Experiência e conhecimento em SEO para empresas B2B e produtos complexos. Atualmente, é analista de SEO na AEVO e aborda temáticas de inovação e tecnologia como redatora do blog AEVO.

Compartilhe o post

Facebook
LinkedIn
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Fique sempre atualizado com nossos conteúdos sobre o universo da Inovação.