EVP Employee Value Proposition: o que é e como fazer

evp

A Employee Value Proposition, ou EVP, é a forma como uma organização se posiciona para o mercado profissional. Ela pode ser entendida como um perfil de compatibilidade, capaz de atrair colaboradores alinhados com as suas ideias e valores.

A EVP se encaixa num conceito mais amplo, o fit cultural; ou a capacidade de um profissional se adequar aos propósitos e valores do negócio e das outras pessoas na empresa. É através desse conceito que podemos direcionar uma equipe para atuar de modo harmônico, com base em ideais compartilhados por todos os seus membros.

A Employee Value Proposition esclarece estes ideais, permitindo que a organização possa se diferenciar frente aos profissionais com o perfil e o conjunto de habilidades desejados para ocupar cada uma de suas vagas.

 

O que é EVP?

Employee Value Proposition, ou Proposta de Valor para Colaborador, é a maneira como cada empresa é vista pelo mercado de trabalho. É importante compreender que ela existe mesmo quando a companhia não decidiu criá-la ativamente, portanto cada organização deve agir para controlar a sua própria imagem enquanto ambiente profissional, evitando que ela tome um rumo negativo.

Em resumo, podemos dizer que a ideia de EVP está muito ligada a ser identificado como um bom local para trabalhar – ou não. A sua construção envolve diversos elementos da relação entre a empresa e seus colaboradores, tais como:

  • Benefícios diretos, incluindo bonificações, planos de saúde, férias e afins;
  • Espaço para se desenvolver, planos de carreira, treinamentos, avaliações;
  • Clima organizacional, flexibilidade nos horários, resolução de conflitos;
  • Cultura empresarial, indicando qual é a essência do negócio para que os profissionais comparem aos seus próprios valores.

 

Por que sua empresa deve ter uma EVP bem definida

Como já dissemos, cada organização vai ser vista de uma maneira, mesmo se não estiver aplicando nenhum esforço para controlar a própria imagem. Não ter uma Employee Value Proposition bem definida, nesse sentido, é como não ter uma proposta de marketing, deixando que o público (nesse caso, o profissional) decida o que ele pensa da sua empresa.

Essa é uma questão que tende a ganhar importância, na medida em que um número maior de negócios compete por uma força de trabalho cada vez mais especializada, e os profissionais com talentos diferenciados buscam opções que estejam alinhadas à sua visão pessoal sobre o mundo.

Também podemos compreender melhor a relevância da Employee Value Proposition se olharmos pela perspectiva da força de trabalho.

Uma pessoa em busca de emprego vai criar seu currículo, listando habilidades técnicas e sociais. Se os seus pontos fortes são criatividade e talento artístico, ela não vai atrair empresas buscando alguém com um perfil voltado a processos, e vice-versa.

A EVP, nessa perspectiva, é como o currículo da organização. Na falta de uma proposição adequada,  além de não captar os profissionais esperados, a empresa ainda vai ter problemas conforme seleciona colaboradores sem as características esperadas, investindo alto para adaptá-los à cultura interna, ou realizar um novo processo de contratação.

 

Como definir uma EVP competitiva?

 

Clareza sobre a cultura e os valores da organização

A primeira parte é ganhar clareza sobre o alinhamento da cultura e valores presentes no negócio, e como eles estimulam as pessoas. A empresa quer ser reconhecida por sua inovação? Atenção aos detalhes? Diversidade? Cada organização terá uma essência única, marcada por valores desse tipo, e encontrá-los é o que permitirá atrair talentos com ideais semelhantes.

Pode ser útil discutir com alguns dos seus colaboradores para saber mais sobre a visão deles acerca do negócio, e porque eles vieram trabalhar com você. Dessa forma é fácil entender qual o EVP atual, para tomar ações que o deixem mais perto da perspectiva desejada.

Além dessas características mais amplas, também é válido analisar como os profissionais avaliam o clima organizacional, seu contato com gestores e colegas, a satisfação no trabalho e variáveis semelhantes para obter um cenário completo da relação entre o negócio e seus colaboradores.

 

Definir o que se espera dos novos colaboradores

Ao construir um Employee Value Proposition competitivo as empresas também podem deixar claro o que esperam de seus futuros profissionais, para que as pessoas analisem as vagas e se percebam capazes de atender às demandas ou não.

Tomar essa iniciativa facilita muito os processos seletivos, já que aumenta as chances de encontrar indivíduos alinhados com as características desejadas. Além do EVP geral, é interessante criar propostas adequadas para cada frente de trabalho, afinal as necessidades podem variar quando contratamos um analista de TI e um gestor de redes sociais, por exemplo.

 

Fortalecer a sua estrutura

O Employee Value Proposition deve se refletir na estrutura da empresa, pois não adianta captar novos talentos com uma promessa que será quebrada nos primeiros dias de trabalho. Pense em como sua organização pode oferecer um ambiente de trabalho melhor, indo desde o salário adequado até a ergonomia nas instalações e uma política para o manejo de conflitos.

É lógico que cada negócio terá de lidar com as próprias questões, e nem sempre haverá uma estrutura exemplar em todas as áreas, mas você pode se beneficiar de uma visão direcionada à melhoria contínua, contando inclusive com os colaboradores para implementar mudanças benéficas a eles mesmos e a seus futuros colegas!

Além de olhar para dentro, é interessante adotar uma de benchmarking para coletar dados sobre outras empresas da área, identificar suas melhores ações e avaliar como o seu negócio está posicionado em relação aos parceiros e competidores.

 

Investir em capacitação

O mercado de trabalho está cada vez mais atento à necessidade de capacitação profissional permanente, conforme novas ferramentas e práticas surgem num ritmo constante. Atender essa demanda, oferecendo um programa de treinamentos aos seus colaboradores, é uma maneira simples de atrair talentos, sem falar nos benefícios de ter uma equipe cada vez mais qualificada.

Procure atingir um equilíbrio entre as necessidades da empresa e os interesses dos profissionais, oferecendo cursos que permitam aumentar os resultados do negócio e levem os colaboradores a desenvolver habilidades com as quais se identificam.

O AEVO Boost é o nosso canal com cursos inovadores para capacitar os profissionais da sua empresa em inovação. Conheça nossos cursos!

 

Employer branding e Employee Value Proposition: qual a diferença?

Employer branding, ou marca empregadora, é um conceito amplo que define a reputação de uma empresa com relação aos colaboradores atuais e potenciais. Ele abarca o Employee Value Proposition, mas vai além – nesse sentido, podemos dizer que o EVP é o alicerce dessa marca.

A relação entre as duas ideias é indiscutível: a empresa que tem uma boa marca empregadora vai atrair talentos, mas sem o EVP não será capaz de mantê-los, enquanto um EVP sólido fará as pessoas continuarem no negócio, mas não é o bastante para chamar a atenção de novos profissionais.

O investimento de energia, tempo e recursos materiais na construção de uma EVP não pode ser perdido porque a empresa deixou de apresentá-la ao mundo, concorda?

A gestão da Employer branding afasta esse problema, conforme a empresa se conecta ao mercado profissional, realizando feiras ou treinamentos abertos, por exemplo, além de utilizar o setor de marketing para trabalhar na divulgação da sua EVP.

 

Conclusão

A construção da Employee Value Proposition é uma tarefa contínua, equilibrando uma adaptação às mudanças dentro e fora da empresa e a manutenção do que caracteriza a sua essência.

Para atingir esse ideal, pode ser muito útil criar espaços para ouvir os colaboradores e estruturar projetos que melhorem a relação deles com o negócio. Ferramentas como o AEVO Innovate podem simplificar esse processo, garantindo a elaboração de uma EVP cada vez mais forte. Solicite uma demonstração da plataforma para descobrir o que mais ela pode levar ao seu negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *