Feedback positivo: entenda a sua importância para a cultura de inovação

Feedback positivo

O feedback é uma das ferramentas mais importantes para o desenvolvimento dos colaboradores e para que uma empresa atinja bons resultados. Mas engana-se quem pensa que essa técnica serve apenas para alinhamento de expectativas e correções.

Hoje falaremos mais sobre o feedback positivo, que estimula as conquistas dos funcionários de forma construtiva, promovendo benefícios para a cultura de inovação dentro de uma companhia.

Boa leitura!


O que é feedback positivo

Através do feedback positivo, líder, RH ou até mesmo os pares, podem reconhecer o potencial de um funcionário. Valorizar um trabalho que gera bons resultados é uma forma de estimular o desenvolvimento profissional e reforçar o direcionamento estratégico.

Através dessa prática, é possível criar um ciclo onde a motivação é estimulada, o reconhecimento acontece e o colaborador, mais feliz, entrega com mais qualidade. Um estudo da Universidade da Califórnia, mostra que funcionários felizes produzem 31% a mais.


A importância do feedback positivo para a cultura de inovação

Uma cultura de inovação baseia-se em valores que estimulam a criatividade de seus colaboradores, apoiam novas ideias e reconhecem o quanto isso é importante para atingir bons resultados.

O feedback positivo é uma das ferramentas mais poderosas que pode ser utilizada para estimular esse tipo de cultura dentro de uma organização.

Através dele, os colaboradores conseguem ter uma percepção mais clara de que suas ideias estão sendo valorizadas, que seu trabalho é importante e que haverá reconhecimento por seu esforço.


Como realizar o feedback positivo

Não só o positivo, mas todo e qualquer feedback precisa ter preparo e atenção para ser realizado. Por isso, separamos algumas dicas para te ajudar a aplicar a técnica em sua empresa.


1.    Não deixe para depois

Algumas vezes, um colega de trabalho fez algo que nos ajudou muito, mas deixamos para elogiar depois e isso entra no esquecimento. Portanto, não deixe o feedback para depois!

Na hora, ressalte esse comportamento, agradeça e anote, para quando houver um 1:1 ou alguma reunião de feedbacks, você possa pontuar a ação com mais detalhes e reforçar o comportamento.


2.    Dê contexto

Em algumas empresas, a cultura de feedback não é tão recorrente e quando um colaborador é chamado para conversar, acaba ficando ansioso, mesmo se a conversa for para relatar uma ação positiva. Por isso, procure dar um contexto à reunião que marcou para fornecer o feedback.

Também é importante contextualizar o feedback positivo, pontuando qual atitude do colaborador está sendo exaltada. Essa cultura de transparência é essencial para dar abertura para discussões, opiniões e retorno sobre o trabalho.


3.    Estruture o feedback

A estruturação é essencial. Anote em qual oportunidade o comportamento e o desempenho do colaborador foi positivo, quais os resultados que isso trouxe para a empresa, mostre uma evolução comparando com situações anteriores.

Quando você mostra que o bom desempenho gera resultados, você motiva ainda mais o profissional e valoriza suas competências.


4.    Estipule uma frequência

Todo feedback precisa de uma frequência, não adianta apontar algo bom ou algo a melhorar e nunca mais tocar no assunto.

É preciso determinar a periodicidade de reuniões como 1:1, quinzenais ou mensais, mas é importante criar esse hábito com os colaboradores e estimular que eles também o façam com seus pares, líderes, liderados, com a diretoria e com a área de gente e gestão.


Feedback e o processo seletivo

A cultura de transparência e inovação também deve estar presente no processo de recrutamento e seleção. Portanto, é importante levar os pontos positivos e a melhorar para os candidatos, isso mostra que a empresa tem compromisso com seus colaboradores e pré-colaboradores, além de estimular esse mindset nos futuros talentos.

Ao longo deste artigo, vimos que a cultura de feedback, principalmente, quando fomentamos atitudes positivas, ideias e colaboração entre os funcionários, traz diversos benefícios para a empresa. A cultura se fortalece, a equipe fica mais unida e mais receptiva, os resultados melhoram e tudo isso se reflete em um clima organizacional mais agradável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *