A importância da inovação em um mercado competitivo

A importância da inovação se reflete nas mais diversas áreas de um negócio - da criação de novos produtos, passando pelos recursos humanos até o setor financeiro. Os resultados são expressivos, podendo chegar a 70% de crescimento ano após ano. Saiba mais neste artigo.

Abrir uma empresa é uma tarefa complexa que demanda estratégia e planejamento. Para não ser mais uma em meio a tantas, e manter-se à frente de mercados que sempre estão apresentando mudanças em seus produtos e conceitos, é preciso considerar a importância da inovação e fazê-la trabalhar a seu favor.

Ao ingressar na disputa pelos consumidores, um dos maiores desafios é manter a autenticidade e se diferenciar, e a inovação é a resposta para isso.

Com o passar do tempo, empresas que buscam inovar tem condições melhores de conquistar e se manter nos mercados competitivos, gerando qualidade e singularidade.

Nesse sentido, torna-se fundamental entender melhor a importância da inovação em um mercado competitivo, seus benefícios e as primeiras atitudes para que ela possa ser colocada em prática!

O que é inovação?

A inovação é uma ideia/projeto que pode ser implementada, agregando valor para a empresa, consumidores e mercado.

Também pode ser entendida como um ato que faz com que as organizações modifiquem seus produtos e processos internos para se adaptar ao comportamento do consumidor ou à competitividade das outras companhias.

Dessa forma, elas podem se tornar únicas, tendo em si características que a fazem se destacar e serem lembradas dentre tantas opções disponíveis atualmente.

Uma empresa é considerada inovadora quando introduz novos produtos no mercado, implementa um novo processo ou aprimora substancialmente o que já existia.

Nesse sentido, fica claro que a inovação não é apenas um acontecimento ou iniciativa, existem diversos tipos de inovação que podem ser explorado de acordo com as necessidades do negócio.

Para transformar essa dinâmica em um diferencial competitivo, é preciso que a inovação faça a empresa conquistar novos mercados, entregar vantagens com relação a uma concorrente ou melhorar seu funcionamento interno – reduzindo custos ou aumentando a produtividade, por exemplo.

Isso significa que a inovação em mercados competitivos não é feita com o objetivo de “apenas inovar” em si, nesse contexto sempre se atende a uma necessidade externa ou interna do negócio.

Qual a importância da inovação nas empresas?

Segundo o IBGE, apenas 33.6% das empresas brasileiras são inovadoras. O número se mantém quase estável desde que começou a ser avaliado, em 2002.

Isso ocorre, em grande parte, porque inovar é sinônimo de estruturação e processos bem definidos, e nem todas as organizações estão adaptadas para transformar os riscos em oportunidades.

Essa adaptação passa por compreender a importância da inovação: se inovar é arriscado, deixar de inovar é a garantia de que a empresa vai ter grandes problemas a longo prazo, sobretudo se você encontrar com concorrentes que se adequam às mudanças locais e globais.

A importância da inovação se reflete nas mais diversas áreas de um negócio – da criação de novos produtos, passando pelos recursos humanos até o setor financeiro.

Os resultados são expressivos, podendo chegar a 70% de crescimento ano após ano. É o caso da Ambar, empresa que utiliza tecnologia para aperfeiçoar a construção civil, e foi eleita pela Forbes como uma das 10 mais inovadoras no país em 2021.

Outro exemplo da lista é a Dasa, grupo de medicina diagnóstica que em apenas dois meses desenvolveu algoritmos capazes de identificar os efeitos da Covid-19, mesmo com 100% da equipe trabalhando de forma remota.

A organização investiu mais de R$ 3 bilhões em inovação nos últimos anos, e se tornou a maior de seu ramo na América Latina.

Como inovar em um cenário competitivo?

A crença de que boas ideias simplesmente surgem de mentes criativas é algo que impede muitos negócios de dominar seus métodos e mercados, mesmo reconhecendo a importância da inovação.

Inovar é um trabalho sistemático e precisa de organização para dar resultados consistentes.

Existem muitas formas de inovar, e dicas para aperfeiçoar esse processo, mas todos os caminhos podem ser resumidos em 3 elementos: processo, gestão e cultura.

O processo é a sequência de atividades que irão levar ao resultado final. Um processo de inovação deve considerar formas de estimular novas ideias, selecionar as melhores e implementá-las para construir as transformações.

Ter um processo permite que sejam feitas alterações e acréscimos, garantindo um sistema de inovação cada vez mais forte.

Já a gestão garante que o processo está sendo cumprido, olhando com muito cuidado para o andamento das ideias já implementadas. Sem a gestão da inovação, você pode ter uma equipe altamente criativa, e não alcançar retorno algum com as propostas trazidas por ela.

Por fim, uma cultura de inovação é a melhor forma de espalhar a inovação por todo o negócio, garantindo que os bons resultados ganhem força e tragam mais benefícios para a empresa.

Sem essa cultura, os profissionais terão pouco estímulo para compartilhar suas ideias e a inovação não terá o ritmo adequado para se tornar uma vantagem competitiva.

Benefícios de uma cultura de inovação

  • Gera oportunidades e recompensa as contribuições dos colaboradores;
  • Dá espaço para que as ideias possam circular livremente, sem medo de que alguém possa roubá-las ou até mesmo puni-las;
  • Incentiva a autonomia dos profissionais, que podem auxiliar ou conduzir a gestão de seus próprios projetos e cultivar o intraempreendedorismo;
  • Uso eficiente dos recursos, com novas propostas para fazer mais investindo menos;
  • Atração e retenção de talentos qualificados, que desejam um espaço para cultivar boas ideias.

Além de considerar esses pilares da inovação, para inovar num cenário competitivo é fundamental analisar seus recursos atuais e o que você quer alcançar. De maneira prática e realista, é possível planejar de acordo com o seu orçamento e traçar metas em áreas prioritárias.

Empresas de pequeno e médio porte, ou até mesmo corporações com grandes setores de pesquisa e desenvolvimento, podem se beneficiar muito ao envolver todos os colaboradores e departamentos num esforço de inovação.

Desse modo é possível obter pequenas melhorias em cada ação interna, resultando em grandes transformações no conjunto.

Conclusão

A importância da inovação é facilmente percebida, tanto em dados que apresentam uma análise completa sobre o mercado quanto em histórias pontuais sobre a sua utilização.

As empresas que não olharem para essas informações terão muita dificuldade para manter as suas posições em mercados competitivos – e é cada vez mais difícil encontrar um segmento que não seja.

Para planejar e gerenciar as suas iniciativas, mesclando organização e criatividade, você pode contar com uma plataforma de gestão da inovação como o AEVO Innovate. O software é uma ferramenta completa para criar e conduzir seus projetos, da ideia ao resultado.

Fale com um de nossos especialistas e descubra o que mais a AEVO pode fazer para impulsionar a inovação no seu negócio!

Deixar uma resposta

Assine nossa newsletter

Fique sempre atualizado com nossos conteúdos sobre o universo da Inovação.


    Eu li e concordo com a Política de Privacidade.