Indicadores de gestão: como manter os resultados

indicadores-de-gestão

A sua empresa pode estar gerando lucro suficiente e você achar que tudo está sendo feito de maneira adequada. No entanto, existe uma possibilidade do seu negócio aumentar a lucratividade apenas com a análise de dados e os indicadores de gestão podem te ajudar.

Ou até de você perceber que a rentabilidade da sua empresa na verdade não está como o esperado. Se no seu negócio não existe o hábito de reunir informações e estudá-las, então, não há dados suficientes para saber como está a situação empresarial.

Para promover uma mudança assertiva, existem os indicadores de gestão, que ajudam a entender o desempenho do seu negócio com base em dados atuais e reais e não em percepções abstratas.


O que são indicadores de gestão?

Os indicadores de gestão são métricas, ou seja, informações e dados capturados por diferentes meios, que servem para serem analisados a fim de alcançar um melhor entendimento da situação da sua empresa em diferentes aspectos.

Com eles, é possível avaliar se a sua empresa está tendo lucro, se está atingindo as suas metas como o esperado e como está a satisfação dos clientes em relação a sua marca. Essas informações podem ser obtidas por meio de pesquisas de satisfação, mídias sociais e softwares internos.

Seja através de sistemas automatizados de gestão, seja com o uso de ERP e demais ferramentas que contribuem com o dia a dia corporativo. Além disso, praticamente todos os processos empresariais geram indicadores.

Eles variam de acordo com o segmento de mercado de cada negócio. A quantidade dos indicadores e o nível de detalhamento também mudam conforme o setor ao qual a empresa pertence.

A partir da obtenção desses dados, é preciso interpretá-los para que possam ser analisados de modo adequado. Quanto mais informação for reunida, melhor, por isso, a medida que o tempo passa consegue-se realizar estudos mais profundos.

Isso exige que os dados não sejam apenas analisados como também armazenadas de forma correta, para que estudos relativos a períodos maiores de tempo sejam viáveis.

Essa medida ajuda, por exemplo, a visualizar o desempenho do seu negócio ao longo dos anos. Contribui ainda em muito com a tomada de decisões, sendo que os indicadores de gestão podem ser até mesmo divulgados a todos os colaboradores.

Nesse caso, acontece a chamada gestão à vista, na qual as métricas são apresentados em painéis físicos ou virtuais, permitindo que a equipe conheça a situação da empresa na qual trabalha. Essa atitude tem potencial para aumentar o seu empenho no dia a dia.


Por que ter indicadores de gestão é importante?

Os indicadores de gestão auxiliam as empresas de diferentes maneiras. Entre elas, mostrando como está o seu desempenho no seu segmento de mercado e, por consequência, conseguindo se situar em meio à concorrência.

Assim, consegue-se descobrir se a empresa deve fazer mudanças para alcançar melhores resultados ou permanecer no caminho em que está para manter a sua posição no mercado.

As métricas também são essenciais para a tomada de decisões, sendo que a partir da sua análise é possível fazer escolhas mais assertivas e com maiores chances de obter o êxito esperado.

Embora a intuição possa ser muito útil em algumas situações, em geral, o mais apropriado é que os gestores ajam com base em dados concretos, pois eles têm a vantagem de mostrar a realidade de maneira mais objetiva e clara.

Os indicadores de gestão permitem entender ainda como está o desempenho empresarial em termos de produtividade, além de identificar os seus pontos fortes e fracos e até mesmo as oportunidades, que nem sempre são vistas sem olhar para as métricas.

Além disso, elas são importantes porque ajudam os gestores a realizarem um planejamento futuro mais condizente com as suas necessidades e possibilidades.

Assim, consegue-se planejar com mais assertividade as questões relacionadas a investimentos, mudanças nas equipes e no processo produtivo.

Da mesma forma, ajuda a entender se é necessário reduzir custos, otimizar o atendimento, buscar novos fornecedores, qualificar os profissionais, entre outras resoluções.


Principais indicadores de gestão

Como mencionado, existem muitos indicadores de gestão. Alguns exemplos são o lucro líquido, a margem de lucro líquida, a EBTDA, que se refere aos lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização, e NPS para saber a satisfação dos clientes.

Outras métricas que podem fazer parte da gestão da sua empresa é o market share, que se trata de sua participação no mercado, e a taxa de retenção de funcionários, relativa ao tempo médio dos colaboradores na organização, bem como o índice de Inadimplência.

Para o setor de serviços, há também a quantidade de horas produtivas, custos de produção, tempo de atendimento das solicitações, entre outros indicadores. Para o varejo é possível citar o giro de estoque, custo das mercadorias, margem de contribuição, etc.

Quanto à indústria, algumas métricas específicas são uso da capacidade instalada, custo total de produção e dos insumos, manutenção de equipamentos, ciclo operacional financeiro, assim como outras informações relativas ao setor.

Os gestores podem escolher os indicadores de gestão mais adequados para analisar e até definirem outras métricas que possam contribuir com uma análise completa do cenário em que a sua empresa se encontra.


Como aplicar indicadores de gestão de forma prática?

Com os indicadores de gestão em mãos, os gestores devem fazer a sua adequada análise e tomar decisões que ajudem a manter a posição da empesa no mercado. Também podem fazer escolhas para que a organização cresça e se destaque.

Ou seja, a aplicação dessas métricas precisam estar alinhadas com os objetivos da empresa. Negócios que desejam inovar, por exemplo, podem verificar o que necessitam fazer melhor ou de forma diferente.

É importante ainda que incluam na sua cultura organizacional a inovação por meio de projetos, o que pode ser feito com o auxílio do AEVO Innovate, um software de inovação que possui um módulo de gestão da inovação.

Nossa ferramenta permite que as ideias sejam colocadas em prática, além de ajudar a avaliar os resultados através de indicadores de gestão.

Com ela, a sua empresa descobre novas oportunidades no mercado, por exemplo, por meio dos conceitos de ecossistema de inovação e também do funil de inovação.

Além disso, é possível aprender a como desenvolver uma cultura da inovação e como inovar com produtos e serviços otimizados ou mesmo com o desenvolvimento de algo totalmente único, criado pela sua equipe.


Conclusão

O AEVO Innovate pode ser a solução que você procura para aplicar os indicadores de gestão no seu negócio. Além da gestão da inovação, nosso software promove o gerenciamento de um programa de ideias, que busca insights valiosos dos colaboradores.

Essa é uma estratégia eficiente na hora de tornar a sua equipe mais engajada e colaborativa. Outra funcionalidade é o programa de inovação aberta, que tem o objetivo de encontrar as melhores startups para os seus desafios.

Para inovar é essencial conhecer os indicadores de gestão da sua empresa e para crescer no seu segmento de mercado a inovação se tornou indispensável a negócios de todos os setores da economia.

Solicite uma demonstração e entenda melhor todas as suas funcionalidades e como elas podem agregar muito valor, crescimento e inovação para a sua organização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *