Como inovar na área financeira

inovacao-financeira

A palavra mais dita nos últimos tempos é inovação. Mas, quando a ouvimos, logo relacionamos a empresas de tecnologia, startups, jovens dominando o mundo corporativo, etc. Mas se resume apenas a isso? É possível inovar na área financeira de qualquer negócio?


Início da inovação para o seu financeiro!

Inovar, como o próprio nome diz, significa: tornar novo. Em outras palavras, melhorar resultados, agregar novas propostas e investir na criatividade e na transformação.

Vamos te passar algumas dicas para fazer sua empresa crescer de forma criativa, com ações inteligentes e focadas em resultados.


Deixe de lado burocracias desnecessárias

A burocracia é a questão mais complicada na maioria das empresas. Apesar de ser necessária em diversos processos, em muitos outros ela se torna uma barreira para a inovação.

Sendo assim, a dica é tirar as travas burocráticas que já não fazem sentido para o negócio, automatizando processos e permitindo que os colaboradores sintam-se mais livres para sugerir e planejar ações criativas.


Incentive a criatividade e o compartilhamento de ideias

Os profissionais que estão inseridos na rotina operacional e conhecem os processos tendem a oferecer uma grande variedade de ideias que podem ser implementadas e que possivelmente irão melhorar os resultados da sua empresa.

Por esse motivo, incentive a criatividade e a troca de ideias entre colaboradores. Você vai acabar notando que nas empresas consideradas mais inovadoras do mundo, essa é uma prática comum.

Experimente montar equipes mistas para resolver algumas questões específicas, ou reuniões com todos para discutirem estratégias. Você pode até mesmo criar programas de premiação para os que tiverem as suas sugestões implantadas pela empresa e trouxerem resultados mensuráveis.


Peça a opinião de terceiros

Em alguns casos o financeiro não consegue vislumbrar soluções e mudanças para o negócio, já que os seus profissionais podem se limitar ao ambiente, atuando com vícios provocados pela rotina e pelas dificuldades da área.

Sendo assim, é importante pedir a opinião de profissionais parceiros, consultores, fornecedores e até mesmo consumidores. Essa troca de conhecimento possibilita que o gestor financeiro e a sua equipe vejam o trabalho prestado com outra perspectiva e isso pode ajudar na busca por melhorias, que é a chave para a inovação.

O olhar de terceiros ajuda a tornar claro muitas situações que até então estavam tão atreladas à cultura organizacional que nem sequer eram percebidas.


Invista no planejamento estratégico

Não pense que a inovação não necessita de um planejamento estratégico. Pelo contrário! O planejamento estratégico é fundamental para a manutenção e o controle das finanças empresariais. Por isso, é necessário que a empresa conte com um bom mapeamento e definição clara de metas financeiras, para permitir que os gestores avaliem os melhores caminhos para os bons resultados.

Esse planejamento preparará a empresa para as dificuldades que surgirão nos próximos anos. E não se engane e nem se acomode: elas virão com certeza, e talvez cheguem em alguns meses.


Entenda a rentabilidade do seu negócio

Outra recomendação que precisa ser levada em conta é a necessidade do gestor financeiro saber identificar e conhecer todas as informações sobre a rentabilidade do negócio.

Contar com esse controle possibilita monitorar indicadores chaves do negócio e são eles que irão nortear a sua inovação. Alguns exemplos são: como estão os resultados de vendas, como está a parametrização do crescimento constante das mentas e se os clientes estão ficando com você.

Avaliar esses indicadores de forma recorrente possibilitará a implantação de novas estratégias para sanar erros e planejamento para que a empresa alcance bons resultados.


Tenha a receita da empresa sob controle

Outra questão muito comum, no que diz respeito ao aspecto financeiro das empresas, é a falta de controle sobre a receita e esse é um dos maiores inimigos da inovação.

Nestes casos, nossa última dica é o desenvolvimento de processos que visem manter uma administração necessária de tudo o que entra e sai da organização.

Saber a origem e o destino do dinheiro — receitas e despesas — ajuda a estudar como está a saúde financeira da empresa e a viabilidade do negócio. Também é importante para a elaboração do planejamento estratégico, das ações de vendas e do desenvolvimento do plano de metas.

Já foi mencionado que algumas ações são importantes para garantir o crescimento e desenvolvimento saudável do seu negócio. A inovação está relacionada à criatividade e à nova forma de pensar velhos processos.

Essa mudança, muitas vezes, acaba respingando na cultura da empresa e isso é ótimo, pois ajuda a enxergar processos que precisam ser revistos em razão das exigências e das transformações do próprio mercado.


Conclusão

Invista em criatividade, reduza a burocracia, procure soluções técnicas e se apoie em novas ferramentas tecnológicas. Só é possível inovar em um setor financeiro quando se está pronto para mudar e evoluir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *