Os Passos para Inovar na gestão de Recursos Humanos

O Recursos Humanos setor responsável pela gestão do capital humano é o que lida com a maior parte da subjetividade da empresa. O gerente desse setor deve estar junto do gestor. Pois a forma que ele trabalha é capaz de definir todo o perfil do projeto.

Todo responsável por algum setor é obrigado a fazer o orçamento geral dos gastos do ano atual e do ano que vem no mesmo momento. O RH, além de ser um dos orçamentos que mais requer planejamento, é responsável pela contratação e retenção de talentos. Envolvendo também o engajamento e a demissão quando necessária.

No modelo atual de mercado, o gerente de RH sofre uma necessidade quando se diz sobre inovação. O mercado é acelerado, com grande demanda, a humanização é mais necessária e mais difícil de se aplicar. Estamos num momento em que o setor de RH tornou-se protagonista.

Devido às burocracias em excesso, novos métodos precisam ser abordados pelas empresas. Novos perfis de colaborador surgem constantemente devido a quantidade de novas propostas do mercado. As pessoas devem se tornar o centro de toda preocupação dos projetos.

São as pessoas que fazem a inovação acontecer

Por muito tempo foi uma área considerada apenas do âmbito administrativo e financeiro. Hoje a área é uma das mais valorizadas. Muito das inovações, inclusive, partem deste setor. Toda burocracia envolvida nos processos do setor é o que a inovação visa combater

Se há funcionários engajados, pode ter certeza que partiu do cuidado do gerente de RH. A existência do setor já traz um ar inovador, com ela a comunicação, o reconhecimento da empresa são todos otimizados.

O gestor deve estar antenadas nas inovações do setor. Quão maior a fluidez de trabalho proporcionada para o RH, muito dos processos vão se sair melhor. É uma área que requer autonomia para expôr as tendência no dia a dia de trabalho.

As tendências no RH

A tecnologia atua muita bem junto deste setor, mesmo lidando com fatores completamente humano. Os projetos que reconhecem isso estão disparados comparados a concorrência, sendo assim, são processos onde a tecnologia é inevitável.

  • Voltar-se para os colaboradores que estão chegando agora.

Os funcionários mais jovens, estagiários, assistentes. A forma que os mesmo entendem o ambiente de trabalho é de responsabilidade total de um novo RH, com novas preocupações.

Estes possuem outra gama de informação. O mercado para eles tem outra face, e essa face é motivo de pesquisa e dúvida por parte do setor de RH.

  • Otimização dos processos de gestão de RH

É um setor que lida a todo momento com documentação, burocracias, cálculos. Por isso, requer o uso constante de tecnologias para ganhar tempo, segurança e diminuir os custos da atividade.

A disrupção em como em encarar os processos tradicionais é mais que necessária. É um setor antigo, como métodos antigos que muitas vezes comprometem a produtividade da empresa.

  • Tecnologias específicas para o setor

A tendência é abandonar as antigas plataformas e planilhas de Excel e aderir os softwares e métodos que vão direto no interesse do setor. Facilitando a gestão das pessoas, quanto salário e contratação, melhorando também os critérios avaliativos.

Tecnologia envolve qualquer tipo de ferramenta que alavanque ou acelere o processo. Não tem que ser necessariamente uma plataforma digital. Uma movimentação no meio administrativo para realizar pesquisas e campanhas para o setor já é de muita ajuda. 

  • Novas características são buscadas.

Como o nível de disposição e engajamento; se tende a se tornar um líder; suas habilidades na comunicação; como se comporta em equipe; como reage a pressão; meios que toma para atingir o objetivo, etc.

Sempre otimize os critérios, busque sempre o melhor possível. Não é só o líder que carrega o perfil da empresa. Os colaboradores dizem muito e também respondem as decisões da gestão.

  • Bem-estar profissional e pessoal.

As questões que envolvem a qualidade de vida do colaborador dentro da empresa como: Ambientação, higiene, a segurança disposta para o trabalho. São condições humanas que devem ser sempre levadas em conta. Isso interfere diretamente no nível de produtividade e na qualidade do que se produz.

Preze também por boas relações tanto dentro como fora do trabalho. O colaborador precisa, estabelecer uma espécie de vínculo de confiança com o gestor.  Para isso também, os expedientes devem condizer com a realidade do funcionário, facilitando sua organização.

  • Uso de inteligência artificial.

O uso de algoritmos que automatizam a busca por uma solução são alternativas viáveis para a demanda atual. Atuam também com meios para identificar e gerenciar com maior facilidade os colaboradores e outras diversas funções que esse tipo de tecnologia agrega.

Como implementar a inovação na minha empresa?

Diante de toda evolução recorrente, todos os setores de uma empresa precisam acompanhar. Como este setor deve se comportar?

Por tratar quem entra, quem sai, e a identificação dos talentos, é o setor mais responsável pela propagação e geração de cultura na empresa. E para dissipar essa mudança o setor precisa largar os meios tradicionais de realizar as atividades específicas.

Não basta saber os meios, ter voz é essencial. Caminhe acompanhado dos gestores, para que suas necessidades possam ser atendidas sem mais burocracias. Como gerente de RH, a sua tomada de decisão é responsável pelo engajamento dos colaboradores, deve ser o porta-voz da linha de frente.

A seguir, algumas ferramentas propostas para o setor de RH.

People Analytics

É um processo de análise e coleta de informações dos dados dos colaboradores que auxilia na tomada de decisão do gestor. Muita das estratégias tomadas em um projeto partem dessa iniciativa. Para obter os dados pode-se fazer uso de softwares que gerenciam desempenho e até mesmo as redes sociais dos colaboradores.

Retenção e Contratação de Talentos

Toda companhia possui critérios específicos de contratação. O gerente do setor vai definir junto com o gestor, o perfil que se quer na equipe. É bom manter uma certa exigência, para evitar gastos futuros.

Manter bons colaboradores é um dos maiores desafios do gerente de RH. Para isso é necessário ter uma cultura empresarial definida. O propósito é o que mantém bons colaboradores. Entendendo isso, valorize-os permitindo uma perspectiva de carreira.

Gamificação que Gera Engajamento

Dispor recompensas e meios descontraídos de se alcançar uma meta, cria automaticamente funcionários engajados. É um método de medir desempenho e de gerar o mesmo. Crie plataformas que instiguem a competitividade entre os colaboradores, e deixe exposto os resultados como espécies de rankings, para manter a disputa e ânsia de cada um.

Treinamentos, Desenvolvimento Profissional e Plano de Carreira

Não há como ter colaboradores engajados se não se sabe onde é possível chegar. Um plano de carreira bem definido pode ser a bateria necessária para aquele funcionário desmotivado.

Tenha meios de capacitação dispostos. Aqueles que buscarem serão identificados como os que possuem uma visão de futuro com o projeto. Estes buscarão o que for possível para crescer e se manter em uma constante melhora.

Flexibilidade e Transparência

O setor de RH para acompanhar o ritmo do mercado, pode propor ao funcionário horários flexíveis e uma tolerância maior quanto aos imprevistos. Isso cria no colaborador um senso maior de responsabilidade, notando que a empresa se preocupa com o que te atrapalha.

Todo funcionário merece uma constante de feedbacks, isso mostra para a equipe uma gestão preocupada com o desempenho e o desenvolvimento.

Transparência nas decisões e atitudes é uma postura de um bom gestor de RH. É uma área que requer humanização, que significa cuidado e coerência no que se passa ao colaborador.

Automação de Processos Através de Softwares

Os gestores costumam trazer a inovação tecnológica para diversos setores. E inúmeras vezes acabam se esquecendo da necessidade dos Recursos Humanos de um otimização nos processos.

A tecnologia pode atender diferentes necessidades como; os meios de comunicação; a métrica do RH; a segurança dos documentos; os processos de registo e identificação, etc. 

Se tem boas ideias, e não sabe como propor ao seu gestor, a plataforma gerenciadora de ideias da AEVO tem a solução. Nela é possível automatizar os processos de geração de ideias e dar voz a todo colaborador.

Nesse software, ideias para otimização do planejamento de RH podem ser compartilhadas e assim acompanhar a reação de cada participante. Nossa intenção é estar presente em todos os processos da empresa. Reconhecemos o valor que têm as ideias da linha de frente. A sua ideia, com a gente, tem voz.

Brainstorm: Saiba o que significa e a importância da primeira sessão

Posts Relacionados
Entendendo Open Innovation A inovação aberta ou open innovation é uma ferramenta que surge da
Ser empreendedor está a frente de possuir uma grande corporação e ter muitos bens, empreender
Metodologia como Inovação Fazer o uso de metodologias de projeto reflete a inovação na cultura

Deixe uma resposta