Nine Box: entenda como funciona esse método de avaliação

Nine-box

Identificar o desempenho dos colaboradores de uma empresa para avaliar como eles podem ser melhores aproveitados dentro da equipe é uma tarefa que se mostra cada vez mais importante.

Além de permitir uma maior produtividade, ajuda a definir os profissionais que estão preparados para serem promovidos e até aqueles que são mais adequados em outro setor. Também contribui com a retenção de talentos.

Esse trabalho de gestão de pessoas pode ser executado de modo mais assertivo quando recebe o auxílio do Nine Box. Se você quer entender como funciona esse método de avaliação da sua equipe continue lendo este artigo e os tópicos a seguir.


O que é a matriz Nine Box?

A matriz Nine Box é um método que serve para avaliar o desempenho e o potencial dos colaboradores da empresa.

Trata-se de uma ferramenta muito útil para a gestão de pessoas, permitindo que se visualize como cada membro da equipe se posiciona em relação as atividades que são de sua competência.

Assim, é possível avaliar se a sua performance está acima ou abaixo do esperado, bem como o nível do seu potencial. Ao classificar o colaborador na Nine Box, o gestor enxerga de maneira mais clara como ele se relaciona com o seu cargo.

O profissional pode estar apto a ser promovido e receber mais responsabilidades, pode ser melhor permanecer onde está, ser remanejado de setor, receber menos responsabilidades ou até ser demitido.

Além de ser fácil de aplicar, esse método expõe as informações de modo visual, contribuindo com o seu entendimento. Para a tomada de decisões de forma conjunta, a Nine Box é bastante eficiente.


Como ela funciona na prática?

Nine-box-aevo

A matriz Nine Box é uma tabela, onde no eixo vertical é preciso classificar o potencial do colaborador como baixo, médio e alto e o eixo horizontal refere-se ao seu desempenho, que pode ser abaixo do esperado, esperado e acima do esperado.

De acordo com a sua posição na tabela, o profissional recebe uma classificação, que ao total são nove. São elas: insuficiente, eficaz, comprometido, questionável, mantenedor, forte desempenho, enigma, forte desempenho, alto potencial.

A palavra que define cada classificação pode variar de acordo com a matriz, mas a ideia é a mesma e a própria empresa pode fazer mudanças ou incluir informações.

De qualquer maneira, a partir da classificação, é possível analisar se alguma medida deve ser feita em relação à posição que o profissional ocupa atualmente na empresa.

Se um colaborador, por exemplo, é classificado como alto potencial é um indicativo que está pronto para crescer na organização.

Se for mantenedor, pode ser adequado permanecer em sua função. Mas se é insuficiente, pode ser preciso demiti-lo, a não ser que se tente aproveitá-lo em um cargo com menos responsabilidades.

O que deve ser feito com cada profissional de acordo com a sua classificação depende da empresa, que pode definir diretrizes para as nove situações.

Mesmo que os gestores possam fazer essa avaliação sem o uso da matriz, a Nine Box é útil para tornar as informações mais claras para o grupo e até mesmo para justificar a tomada de decisões.


Quais as vantagens da Nine Box?

Aplicar a matriz Nine Box na sua empresa oferece diferentes benefícios, inclusive, para a gestão de pessoas. Veja a seguir quais são as principais vantagens do método.


Direcionamento e aumento da produtividade

Um dos mais importantes benefícios da Nine Box é mostrar como os colaboradores podem ser melhores aproveitados.

Isso ocorre porque, de acordo com o nível de desempenho e potencial que apresenta, o método indica que um profissional tem potencial para fazer mais do que realiza atualmente.

Também ajuda a remanejar os colaboradores que mesmo com potencial estão com baixo desempenho, o que pode significar que estão no setor errado. Por consequência, consegue-se aumentar a produtividade de toda a equipe.

E até mesmo reduzir despesas e tempo gasto com demissões e novas contratações, evitando uma grande rotatividade, o que costuma prejudicar em muito o fluxo de trabalho.


Capacitação dos colaboradores

Programas de capacitação para os profissionais desenvolverem novas habilidade e as aperfeiçoarem têm se tornado mais frequentes no meio corporativo devido as suas vantagens.

Mais do que nunca, os gestores entendem como investir nos seus recursos humanos garante retorno, muito mais do que contratar novos profissionais.

E a Nine Box ajuda a identificar quais tipos de capacitação são mais adequadas para cada colaborador com o objetivo de melhorar o seu desempenho em determinados assuntos ou competências.

Quando falamos em inovação, muitas empresas ainda não tem a cultura inovadora para que um programa de inovação seja facilmente implementado na empresa, para isso, se faz necessário capacitar a empresa em inovação corporativa.

Pensando nisso, a AEVO lançou o AEVO Boost, sua mais nova plataforma de cursos inovadores. Acesse o site e faça seu cadastro:

aevo-boost-inovacao-corporativa

Retenção de talentos e motivação

Capacitar os colaboradores, dando-lhes a oportunidade de crescimento profissional é um modo de reconhecer o seu trabalho e a sua importância para a empresa.

Essa valorização incentiva os profissionais a permanecerem na organização, mesmo que sejam requisitados pela concorrência. Da mesma forma, os motivam a continuar com um alto desempenho, pois sabem que serão recompensados.

Ter o cuidado de reter talentos por meio dessa estratégia, hoje em dia, é uma atitude muito inteligente, inclusive, em alguns segmentos de mercado onde é difícil encontrar pessoal qualificado.

Leia mais: Motivação no trabalho – 9 Dicas para manter a equipe motivada


Como aplicar a matriz Nine Box?

A Nine Box pode ser criada em uma planilha de computador ou mesmo através de softwares que oferecem essa funcionalidade.

Independente do jeito escolhido, o mais importante é que todos os tomadores de decisão possam visualizá-la, já que o fato de ser um elemento gráfico é um dos seus diferenciais. A visualização torna a avaliação de cada colaborador mais eficiente.

Mesmo que haja modelos distintos, basicamente, a matriz consiste em uma tabela com três linhas e três colunas, sendo que as linhas devem ser nomeadas de cima para baixo com os níveis de potencial, que são alto, médio e baixo.

Já as colunas, da esquerda para a direita, são nomeadas com os níveis de desempenho, que são abaixo do esperado, esperado e acima do esperado. As nove classificações devem ser posicionadas como mostra a imagem a seguir (colocar imagem).

Com a matriz criada, é preciso posicionar cada um dos colaboradores em um campo, o que é feito avaliando o seu potencial e desempenho.

Para tanto, os gestores que fazem a avaliação devem definir métodos apropriados, como utilizar o registro de informações de cada profissional, avaliar se estão atingindo as metas, etc. Desse modo, é possível ter a certeza que a classificação é realista e justa.


Conclusão

A matriz Nine Box se mostra uma importante ferramenta de gestão de pessoas para a tomada de decisões em diferentes momentos e, por isso, pode ser integrada à rotina dos gestores.

Entre os seus benefícios, está o de reter talentos, o que é essencial para negócios que desejam inovar, uma vez que profissionais qualificados e experientes contribuem imensamente com o processo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *