Objetivos estratégicos: o que são, como definir e exemplos

Os objetivos estratégicos são direcionadores que levam uma empresa a alcançar sua visão de futuro. Os objetivos norteiam o planejamento estratégico e as tomadas de decisões, fazendo com que eles sejam mais assertivos.

Os objetivos estratégicos são direcionadores que levam uma empresa a alcançar sua visão de futuro. Os objetivos norteiam o planejamento estratégico e as tomadas de decisões, fazendo com que a execução das ações esteja sempre alinhada aos interesses da organização.

Além disso, ainda permitem implementar e mensurar os passos que levarão ao desenvolvimento e crescimento progressivo da empresa.

Os objetivos estratégicos auxiliam no plano de execução de estratégias eficiente em uma empresa, com o desdobramento em metas e implementação de KPIs de acordo com cada setor. Siga a leitura.

O que são objetivos estratégicos?

Os objetivos estratégicos são os direcionamentos a serem seguidos em uma empresa para atingir sua visão de futuro, indicando qual o caminho deve ser percorrido na estratégia corporativa em determinado tempo.

A definição dos objetivos estratégicos depende de um bom alinhamento com os pilares da organização, sobretudo com a visão, valores e a missão da empresa.

Ao estabelecê-los, a gestão traça um panorama decisivo para o futuro do negócio, pois eles apontam para onde a companhia deseja chegar para ser bem-sucedida, sem sacrificar seus princípios fundamentais.

Se quiser ter uma ideia melhor do que se tratam os objetivos estratégicos de uma empresa, pense em aspectos do negócio que devem ser trabalhados para fazer sua organização brilhar no mercado e, ao mesmo tempo, satisfazer os principais desejos corporativos.

Iremos pensar, por exemplo: “O que a empresa deve fazer para crescer?”

A resposta para isso pode se situar em aspectos como uma saúde financeira estável, visibilidade, excelência operacional, aumento da base de clientes, etc.

Independentemente da escolha do que será trabalhado, deve ser feito um planejamento estratégico, onde se definirá o prazo para o objetivo ser alcançado.

No entanto, os objetivos estratégicos só são efetivos de verdade se puderem ser medidos por meio de dados e resultados estatísticos.

E existe uma boa razão para isso: números são certeiros, indicam acertos e erros, e ajudam na tomada de decisão. Assim, a gestão é capaz de mensurá-los para saber se está seguindo na direção correta.

Em razão do alinhamento estratégico, esses objetivos também devem ser claros e específicos, afinal, as equipes precisam entender do que eles se tratam para realizar as ações e estratégias de forma precisa.

Como os objetivos são amplos e apresentam um grau de complexidade maior, torná-los claros exige um desdobramento deles em várias metas menores, nas quais se aplicam indicadores de desempenho.

As metas estratégicas podem ser coletivas ou individuais, ou seja, distribuídas aos setores, equipes e colaboradores da organização. É essencial, também, que essas metas sejam atingíveis, para manter as pessoas engajadas em torno da sua execução.

Leia mais:
Gestão Estratégica: o que é, os 4 tipos e características
Software de Gestão de Metas: saiba como pode potencializar seus resultados

Diferença entre objetivos estratégicos, táticos e operacionais

Quando falamos de objetivos corporativos, podemos nos referir a eles em três diferentes dimensões: estratégica, tática e operacional.

Ao saber da diferença entre cada uma, a gestão ganha muitos pontos na hora de definir um planejamento estratégico efetivo e gerenciar as ações que constituem a iniciativa.

Objetivos estratégicos

Esse é o primeiro nível de objetivos. Os estratégicos são amplos e englobam a organização como um todo, incluindo seus stakeholders.

Por ser voltado ao horizonte do negócio, um objetivo estratégico é de longo prazo, portanto, dependendo do tipo da empresa, significa que podem levar um ou vários anos para ser atingido.

Dentro desse período, os objetivos são convertidos em planos e ações para que a missão e a visão da empresa deixem de ser abstratas e virem uma realidade.

Os objetivos estratégicos se fragmentam nos objetivos táticos e operacionais, sendo assim, ambos representam os passos que uma equipe deve dar para completar as missões mais elevadas.

Objetivos táticos

Os objetivos táticos viabilizam a parte estratégica dos processos, e sua duração costuma ser de médio prazo. Dependendo do porte da empresa, a análise no nível tático pode acontecer em meses, trimestres ou anos.

O foco dos objetivos táticos está nos departamentos específicos do negócio. Eles representam as atividades a serem planejadas para o alinhamento estratégico, ajudando tudo a sair de acordo com os planos.

Um objetivo tático quase sempre responde à questão: o que esse time ou setor deve fazer para que a empresa alcance o resultado?

Objetivos operacionais

No nível operacional, os objetivos são de curto prazo, focados nas atividades desempenhadas no dia a dia.

A avaliação dos objetivos operacionais pode ser feita diariamente ou semanalmente e alcança um nível mais detalhado dos processos, focando em resultados específicos.

Dessa forma, são cruciais para melhorar os processos, aumentar a eficiência e reduzir erros.

São parte dos objetivos operacionais as ações que estão nas mãos das pessoas, times e da gestão, que terão como principal responsabilidade garantir que as operações estão saindo de acordo com as expectativas e alinhadas às estratégias da organização.

Os objetivos operacionais trazem o plano para o mundo real, e é importante que sejam pensados como tarefas acionáveis – algo que pode ser apresentado ao colaborador, transmitindo clareza imediata do que a empresa espera dele.

Importância dos objetivos para as perspectivas de negócio

Ao fundar uma base sólida para o planejamento, os objetivos estratégicos são como uma bússola que norteia, passo a passo, o percurso que deve ser feito para concretizar as ambições corporativas em um tempo determinado previamente.

Ou seja, com os objetivos estratégicos, a empresa consegue vislumbrar o seu estado daqui a 5 anos, por exemplo, e se planejar para tornar isso realidade.

Todas as áreas de um negócio como RH, financeiro, marketing, vendas e operacional, utilizam os objetivos estratégicos como suporte para a execução de tarefas em níveis coletivos e individuais.

Nesse processo, a evolução progressiva das metas e do desempenho geral pode ser acompanhada minuciosamente, tudo graças aos indicadores promovidos por objetivos estratégicos bem estruturados.

Veja 5 benefícios de objetivos corporativos para o seu negócio:

  • Visão estratégica de futuro: projeta o crescimento do negócio no longo prazo, inspirado na visão da empresa;
  • Tomada de decisão assertiva: com base na análise de dados, as decisões importantes são tomadas de forma mais ágil e com foco direcionado;
  • Análise do atual momento do negócio: a partir do monitoramento dos resultados das ações é possível diagnosticar pontos fortes e também os gargalos;
  • Foco em indicadores de desempenho: os indicadores fornecem informações chave para uma avaliação precisa da performance em qualquer área do negócio;
  • Estabelece a direção ideal para o negócio: define um propósito claro para a organização e estabelece metas realistas e consistentes.

Como devo escrever os objetivos estratégicos?

Para defini-los, você precisa fazer uma série de relações e análises. E, pensando em simplificar esse processo, o melhor que você pode fazer é executar o planejamento estratégico em etapas, tomando como base o mapa estratégico.

Ele é uma ferramenta ilustrativa de gestão que ajuda a visualizar a estrutura de um plano estratégico, tendo como elementos-base os pilares da empresa, proposta de missão, visão e valores corporativos e os objetivos estratégicos que ela pretende atingir.

1 – Considere os 3 pilares: missão, visão e valores

Os objetivos estratégicos refletem os pilares da sua empresa: missão, valores e visão. Você precisa compreendê-los muito bem para analisá-los, pois serão os principais aliados em sua busca pelo caminho de crescimento ideal.

Para recapitular cada um deles:

  • Missão é o propósito, ou seja, o motivo pelo qual a empresa existe;
  • Visão é a perspectiva de futuro do negócio, onde ela quer chegar;
  • Valores são os princípios que regem as ações da empresa, a sua cultura organizacional.

Antes de começar a definir os objetivos estratégicos, certifique-se de que todos esses pontos estejam consolidados na organização e para as pessoas que fazem parte dela.

2- Relacione as perspectivas de negócio com o BSC

BSC e seus 4 pilares

Segundo o método BSC (Balanced Scorecard), você pode enxergar sua empresa em 4 diferentes perspectivas: a financeira, a de mercado e clientes, a dos processos internos e a de aprendizagem e crescimento.

Quando você fizer a relação das perspectivas, vai perceber quais são os pontos mais relevantes para o resultado do negócio.

As que aparecem mais acima são as que têm mais impacto. Seguindo uma ordem de planejamento, você vai responder, definindo objetivos, as necessidades de cada uma dessas perspectivas.

No caso da perspectiva financeira, por exemplo, você perguntaria: “O que devemos fazer para ter sucesso financeiramente?” ou “O que precisamos fazer para chamar a atenção de investidores?”.

Os objetivos estratégicos que você definir para sanar essas questões vão indicar o que deve ser feito.

3 – Analisar o atual momento do mercado

Para definir seus objetivos estratégicos, você precisa saber como está o mercado no seu segmento, afinal, uma companhia está dentro de um ambiente competitivo e deve procurar meios de se destacar.

As suas ações não podem ser feitas de forma isolada, sem considerar as características do mercado naquele momento. Até mesmo as ações que seus concorrentes estão utilizando vão te ajudar a desenvolver as próprias estratégias de forma efetiva.

Portanto, para ganhar fôlego na competição corporativa, esteja a par do que acontece ao seu redor: analise o contexto em que sua empresa está inserida, investigue as tendências, faça benchmarkings, e mantenha uma boa comunicação com fornecedores e parceiros.

4 – Defina os objetivos com relação de causa e efeito

Com todas as devidas análises realizadas, considerando os pilares, as perspectivas, a situação atual do mercado e a trajetória do próprio negócio, seus objetivos já podem ser definidos.

No entanto, ao descrever as estratégias no mapa estratégico, você irá notar que os objetivos precisam estar relacionados entre si.

Essa relação de causa e efeito cria uma teia bem enredada que segura a estratégia e torna possível que ela seja colocada em prática.

Dessa forma, estabeleça a interação dos objetivos para que eles façam sentido dentro do planejamento e sua execução seja relevante.

Como definir metas para alcançar os objetivos

Para definir as metas do seu objetivo da maneira correta, você deve estar atento a alguns critérios importantes que podem ser resumidos muito bem pela metodologia SMART.

Segundo esse modelo, uma meta deve ser: Específica, Mensurável, Atingível, Realista e Temporal.

  • Específicas, porque precisa deixar claro o que a empresa quer atingir;
  • Mensuráveis, porque seus resultados precisam ser medidos corretamente;
  • Atingíveis, porque devem ser realistas e possíveis de alcançar;
  • Relevante, porque devem trazer resultados válidos para a organização;
  • Temporal, porque devem ser feitas dentro de um prazo definido.

Seguindo a metodologia SMART, a empresa tem um verdadeiro norte para validar suas metas e chegar aos seus objetivos.

Finalmente, para colocá-las em prática, você pode seguir a seguinte ordem de ações:

  • Estabeleça;
  • Planeje;
  • Crie Indicadores;
  • Execute;
  • Avalie.

Para entender como utilizar a metodologia SMART na prática, confira o vídeo explicativo feito pela Head de Novos Produtos da AEVO, Gabriela Vargas:

YouTube video

Exemplos de objetivos estratégicos

Objetivos estratégicos podem ser particulares a uma empresa, mas muitos são comuns a qualquer organização, de acordo com o setor do qual ela faz parte.

Como eles abrangem todas as áreas de um negócio, existem objetivos específicos voltados para o financeiro, para as operações, para o público interno e externo, etc.

Para ilustrar, separamos exemplos de objetivos estratégicos para alguns setores:

  • Operacional: Reduzir as falhas nas operações da organização;
  • Marketing: Aumentar a geração de leads;
  • Financeiro: Aumentar o lucro anual;
  • Venda: Alavancar as vendas à nível regional;
  • RH: Diminuir o turnover e reter talentos.

Lembre-se que, no decorrer da iniciativa, os objetivos estratégicos serão mensurados com base em indicadores obtidos pelas diferentes áreas da empresa.

Conclusão

Os objetivos estratégicos são fundamentais para sua empresa construir uma trilha clara e direta rumo ao crescimento do negócio. Eles precisam ser estabelecidos para que o planejamento estratégico seja efetivo e, assim, a organização conquiste grandes resultados e se destaque no mercado.

Planejar objetivos e metas estratégicas de forma transparente e alinhada é um grande desafio, mas a equipe pode contar com um software de gestão que tenha os recursos essenciais para executar suas iniciativas com muito mais facilidade.

A solução de Gestão Estratégia e OKRs da AEVO é uma ferramenta eficaz para estruturar e gerenciar a estratégia de uma empresa.

A plataforma conta com interface intuitiva e amigável para que a organização envolva todas as pessoas da companhia no gerenciamento de sua estratégia.

Fale com um dos nossos especialistas e saiba como a AEVO pode ajudar o seu negócio.

Livia Nonato

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), atua na área de marketing, content e SEO há quatro anos, tendo como principal foco a otimização para mecanismos de busca, gestão e crescimento dos canais de aquisição orgânico, performance e growth. Experiência e conhecimento em SEO para empresas B2B e produtos complexos. Atualmente, é analista de SEO na AEVO e aborda temáticas de inovação e tecnologia como redatora do blog AEVO.

Compartilhe o post

Facebook
LinkedIn
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sidebar versão 2 para o copy AEVO One-Stop Shop de Inovação

Assine nossa newsletter

Fique sempre atualizado com nossos conteúdos sobre o universo da Inovação.