Resultados-chave: conceito, exemplos e casos de uso

Resultados-chave são elementos que compõem um OKR, a metodologia ágil que auxilia na gestão de metas.

Resultados-chave são elementos que compõem um OKR, a metodologia ágil que auxilia na gestão de metas.

Metas realistas e mensuráveis são capazes de escalar um negócio a níveis impressionantes.

Gigantes do mercado como Google, Twitter, Netflix e LinkedIn, por exemplo, utilizaram o método para chegarem aos seus objetivos estratégicos.

Para entender melhor o que são os resultados-chave, e a sua importância para a construção da estratégia OKR, siga a leitura.

Qual o conceito de OKRs?

OKRs (Objetivos e resultados-chave) é uma metodologia ágil de gestão estratégica que aproxima os colaboradores dos propósitos da organização.

Esse método traça metas simples, claras e realistas, que ajudam a organizar os esforços dos indivíduos, ou de times inteiros, em direção aos objetivos mais amplos e relevantes do negócio.

O OKR é utilizado por algumas das empresas de maior sucesso no mundo. Seu criador, Andrew Grove, era CEO da Intel e implementou o sistema na empresa nos anos 70, conseguindo resultados fantásticos.

Mais recentemente, nos anos 2000, a popularidade do método cresceu devido ao Google, que ainda era uma startup e aderiu ao sistema inovador para conquistar seus objetivos com mais sucesso.

Embora seja a metodologia dos grandes players, empresas de todos os tamanhos e segmentos podem adotar esse sistema baseado em resultados-chave.

Além dos ganhos evidentes na gestão de metas, uma ferramenta desse tipo facilita a comunicação e o alinhamento com os colaboradores e membros de diferentes equipes em uma organização, mantendo-os comprometidos e engajados com os objetivos corporativos.

Para isso, basta seguir a mesma fórmula adotada pela Google:

Eu vou [objetivo] medido por [resultados-chave]

A partir desse modelo, as equipes vão buscar resultados dentro de um curto período, geralmente trimestral, semestral ou anual.

Na prática, cada OKR tem um objetivo diferente.

Por exemplo, um objetivo para um OKR pode ser aumentar a receita da empresa, que pode estar relacionada a outros objetivos possíveis, como aumentar a LTV dos clientes e aumentar a receita via cross-sell e up-sell.

Objetivos

Na estrutura OKR, os Objetivos (O) consistem na parte qualitativa. Ou seja, são descrições curtas e motivadoras daquilo que a empresa aspira alcançar.

A ideia do objetivo é ser um desafio para os times (mas aquele tipo de desafio capaz de envolver a todos).

É por isso que, na hora de descrever “onde a empresa quer chegar”, é preciso transmitir isso de uma forma que inspire e engaje.

Para serem alcançáveis de verdade, os objetivos também precisam ser realistas. Isso vai ajudar os colaboradores a manterem o foco e maximizar o tempo e os recursos disponíveis.

Exemplos de objetivos

  1. Melhorar a experiência online dos nossos clientes;
  2. Conquistar destaque no nosso segmento;
  3. Ter clientes mais satisfeitos com o produto.

Resultados-chave

Os resultados-chave (KR) são a parte quantitativa da estrutura OKR.

Cada OKR é composto por um conjunto de 2 a 5 Resultados-chave, que servirão para medir e guiar o progresso dos objetivos.

Os Resultados-chave são mensuráveis e limitados a um tempo determinado (ou seja, contam com prazo de começo e fim); assim, se eles são completados, fica mais fácil entender quando um objetivo foi alcançado com sucesso e quais iniciativas contribuíram para isso.

Exemplos de resultados-chave

  • Exemplo 1:

Objetivo: Fazer o negócio decolar no mercado

KR1: lançar um novo produto em até 60 dias;

KR2: aumentar o lucro em 20%.

  • Exemplo 2:

Objetivo: Fidelizar nossos clientes

KR1: reduzir o churn em 5% ao ano;

KR2: manter avaliação do atendimento acima de 8.5.

Essa estrutura acima é a mesma que a Google utiliza para implementar Objetivos e Resultados-chave – e sua empresa também pode adotá-la!

Inclusive, a própria Google desenvolveu uma ferramenta que utiliza o método.

Ciclos de análise de resultados-chave

Os ciclos de resultados em uma empresa podem acontecer no longo, médio ou curto prazo.

No caso dos resultados-chave, esses ciclos de análise, geralmente, são mais curtos, com um prazo delimitado que vai de um a seis meses, mas o mais comum é que sejam trimestrais.

O método OKR é simples e isso influência sua rápida cadência no fechamento e início de novos ciclos.

Os ciclos curtos acontecem em três fases:

  • Planejamento;
  • Monitoramento;
  • Análise e revisão dos resultados-chave.

Quando um ciclo curto termina, depois da análise dos resultados e dos aprendizados gerados, logo o planejamento do próximo ciclo se inicia.

Benefícios do uso de OKRs

Os Objetivos e Resultados-chave são uma ferramenta incrível para alcançar grandes resultados, porque proporcionam vantagens importantes, como:

Foco

O OKR oferece um direcionamento claro e inspirador, com métricas alcançáveis ao longo do tempo, portanto, o foco dos colaboradores se concentra no que realmente importa na hora de atingir seus KR (os resultados-chave).

Além disso, ao desmembrar os objetivos em “partes” menores, as metas se tornam acessíveis à execução do dia a dia dos profissionais, que saberão com clareza quando ocorrerá os ciclos de revisão e fechamento das metas

Alinhamento

Os OKRs fazem com que todos (alta liderança, gestores, líderes e demais colaboradores) estejam alinhados com a visão geral da empresa e como fazer para atingí-la.

Ao se conectarem com os propósitos da empresa, esforços individuais e coletivos caminham para um único fim e a estratégia tem resultados mais efetivos.

Flexibilidade

Por ser uma metodologia ágil com prazos mais curtos, o OKR permite ajustes mais rápidos e frequentes, facilitando a adaptação a mudanças inesperadas no negócio e fatores externos que podem impactar a empresa.

Essa flexibilidade favorece a inovação e também reduz a ocorrência de riscos e perdas.

Engajamento

Por estabelecer metas diretas e empolgantes, os OKRs estimulam todos os membros do time a se esforçarem para buscar os resultados desejados.

Esse método simplifica as ações e torna elas mais compreensíveis e interessantes, favorece o trabalho da liderança em promover engajamento.

Conclusão

Empresas orientadas ao crescimento e expansão do negócio precisam contar com um modelo de gestão de metas eficiente, como o de objetivos e resultados-chave, em sua estratégia corporativa.

Com o suporte de uma plataforma, a implementação e gestão é facilitada pela tecnologia. O módulo de estratégia e OKRs do AEVO foi criado, justamente, para sanar essa dor do mercado.

Nele, é possível gerenciar seus ciclos OKR com ainda mais agilidade, organização e praticidade. Além disso, o software também permite a integração com um modelo de iniciativas, que assegura que as ações e tarefas sejam implementadas com sucesso.

Conheça a plataforma e todas as funcionalidades desenvolvidas para alavancar seus resultados.

Livia Nonato

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), atua na área de marketing, content e SEO há quatro anos, tendo como principal foco a otimização para mecanismos de busca, gestão e crescimento dos canais de aquisição orgânico, performance e growth. Experiência e conhecimento em SEO para empresas B2B e produtos complexos. Atualmente, é analista de SEO na AEVO e aborda temáticas de inovação e tecnologia como redatora do blog AEVO.

Compartilhe o post

Facebook
LinkedIn
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sidebar versão 2 para o copy AEVO One-Stop Shop de Inovação

Assine nossa newsletter

Fique sempre atualizado com nossos conteúdos sobre o universo da Inovação.