5 testes de perfil comportamental para usar em sua gestão

Os testes de perfil comportamental são ferramentas que fornecem insights sobre como os indivíduos se comportam em cenários diversos. Eles servem para identificar e classificar os tipos de personalidade e tendências de comportamento que as pessoas apresentam em determinadas situações.

Muito se fala sobre a importância de as empresas apostarem na heterogeneidade do seu público interno. Essa característica é especialmente essencial para que a organização funcione de modo mais eficiente, já que cada cargo exige um estilo diferente de profissional para ocupá-lo. 

O desafio de saber qual candidato tem aquele perfil requerido para a vaga em questão começa no recrutamento.

Talvez seja preciso que o recrutador entenda, por exemplo, se ele consegue reagir de maneira analítica em situações complexas.

Este não é o caso de perguntar diretamente ao candidato: a melhor forma de fazer isso é aplicando testes de perfil comportamental.

Eles serão capazes de responder, assertivamente, se determinada pessoa é realmente a melhor para ocupar uma posição.

Saiba o que são os testes de perfil comportamental e como podem ser aplicados em sua gestão neste artigo. Continue a leitura.

O que são testes de perfil comportamental

Os testes de perfil comportamental são ferramentas que fornecem insights sobre como os indivíduos se comportam em cenários diversos. Em outras palavras, eles servem para identificar e classificar os tipos de personalidade e tendências de comportamento que as pessoas apresentam em determinadas situações.

Pense da seguinte forma: Quando algum problema surge em um setor, o profissional reage tomando frente da situação ou funciona melhor seguindo ordens à risca?

Ambos os perfis citados podem ser indispensáveis para a empresa em um momento como esse. Isso significa que o RH deve se preocupar em selecionar colaboradores que cumpram cada papel e formem um time completo.

Dessa maneira, os testes de perfil comportamental ajudam os profissionais de RH em fases como o recrutamento e seleção, detectando colaboradores que carregam características compatíveis não só com a cultura da organização, mas também para agir de acordo com o cargo que será ocupado.

Ainda no ambiente corporativo, quando aplicado em funcionários que já compõem o quadro da empresa, esses testes servem para promover mudanças e adaptações ao perfil que a corporação vem adotando.

Há diversas metodologias que podem ser adotadas para fazer essas análises nos indivíduos, algumas têm um aprofundamento científico maior, conhecidas em várias áreas, outras são consolidadas no contexto corporativo, auxiliando diversas organizações.

E é papel da gestão de pessoas decidir quais são os melhores testes de perfil comportamental a serem aplicados naquele momento, com a consciência de que eles irão maximizar seu potencial estratégico, pois possibilitam a alocação de pessoas mais aptas em cada função segundo o que é exigido para desempenhá-las.

Como aplicar os testes e por quê?

Os testes de perfil comportamental são aplicados a partir de diferentes dinâmicas e mecanismos.

O time de RH pode escolher fazê-los de forma individual, com questionários e entrevistas, ou em grupo, fazendo a observação atenta do comportamento dos participantes.

Durante as análises, aspectos como tomada de decisão, postura sob pressão e atitudes de liderança costumam ser considerados e devidamente documentados.

Todo esse processo pode ser muito favorecido pelo uso da tecnologia, que automatiza boa parte do teste, garantindo, ao mesmo tempo, agilidade e precisão na análise dos candidatos.

Com os testes de perfil comportamental, seu negócio será formado por equipes mais completas, onde as qualidades de um colaborador compensam as limitações do outro, e vice-versa.

Esse equilíbrio constrói um ambiente de trabalho mais produtivo e, claro, imbatível em matéria de gerar bons resultados.

Orientação profissional

Os testes de perfil comportamental permitem que os participantes tenham uma melhor noção dos próprios padrões de comportamento.

Assim, eles funcionam como uma espécie de bússola que aponta os caminhos possíveis, facilitando decisões importantes em suas carreiras.

Promoções internas

Ao oferecer promoções internas é preciso avaliar não apenas os resultados atuais, como também a capacidade dos colaboradores em cumprir as novas atribuições.

Ao aplicar testes de perfil comportamental, o RH pode identificar se o profissional se adequa às habilidades específicas exigidas e o que precisa ser feito para prepará-lo melhor.

Processos seletivos

Nos processos de seleção de novos colaboradores, os testes ajudam o recrutador a avaliar a compatibilidade das hard e soft skills dos candidatos com o perfil da organização e com os requisitos da vaga.

Planejamento estratégico

O mapeamento do perfil de todos os colaboradores que compõem os times orienta a elaboração das estratégias de forma a encaixar as demandas nas possibilidades que a equipe oferece.

4 testes de perfil comportamental

1 – DISC

O teste DISC é uma metodologia que avalia os perfis comportamentais em quatro grupos:

  • Dominância ou proatividade é o domínio que a pessoa exerce nas situações, demonstrando autoconfiança;
  • Influência ou inspiração que a pessoa provoca nos colegas;
  • Estabilidade ou nível de cooperação e confiança que a pessoa transmite à equipe;
  • Conformidade ou respeito às regras e exigência com a precisão do próprio trabalho.

2 – Big Five

O método Big Five é uma das opções mais completas que você irá encontrar, trazendo uma análise de cinco pontos cruciais no ambiente corporativo que formam o perfil comportamental de colaboradores:

  • Necessidade de estabilidade;
  • Extroversão;
  • Originalidade;
  • Consolidação;
  • Acomodação.

3 – Grit Scale

O teste de Grit Scale é um teste que se concentra especificamente nas características emocionais dos candidatos, um fator de grande influência nas atividades corporativas.

Existem perfis emocionais que  são vistos como mais importantes para alcançar o sucesso no mundo dos negócios, como aqueles que tem perseverança, mas a verdade é que todos têm sua relevância, por exemplo:

  • Paixão;
  • Resiliência;
  • Motivação;
  • Determinação.

4 – STAR

STAR é um teste baseado em entrevista cujo objetivo é avaliar as reações dos entrevistados em uma situação real.

Com essa ferramenta, é possível conseguir ótimos insights sobre o comportamento dos candidatos em eventos passados na vida profissional.

A sigla vem de Situação, Tarefa, Ação e Resultado, onde:

  • Na Situação, o candidato fala sobre o contexto onde realizou a ação;
  • Na Tarefa, fala sobre qual foi  sua responsabilidade nessa situação;
  • Na Ação, comenta sobre o que de fato realizou para executar a tarefa;
  • No Resultado, o que obteve e o que aprendeu no fim das contas.

5 – Mindset de crescimento

A partir desse método, os recrutadores observam o quanto os candidatos estão comprometidos com seu desenvolvimento.

São consideradas as posturas e as crenças limitantes e positivas dos indivíduos, que os põem mais perto da mentalidade fixa (sou assim, e não posso mudar) ou da mentalidade de crescimento (estou assim e vou melhorar).

Conclusão

Realizar testes de perfil comportamental é uma tarefa que faz parte das ações de uma gestão estratégica. Esse modelo permite que a organização tenha um melhor aproveitamento das competências de seus colaboradores, utilizando todo seu potencial.

Estratégias como essa exigem uma dedicação contínua do time de gestão, que precisa planejar e acompanhar constantemente todos os processos.

Com isso, se faz necessário automatizar processos e implementar uma plataforma de gestão.

O AEVO é uma ferramenta para cumprir esse papel, oferecendo o maior software de gestão da inovação e estratégia da América Latina para sua equipe alavancar os resultados mais expressivos do seu negócio.

Fale com um de nossos especialistas e saiba o que mais a AEVO pode fazer pela sua empresa!

Livia Nonato

Livia Nonato

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), atua na área de marketing, content e SEO há quatro anos, tendo como principal foco a otimização para mecanismos de busca, gestão e crescimento dos canais de aquisição orgânico, performance e growth. Experiência e conhecimento em SEO para empresas B2B e produtos complexos. Atualmente, é analista de SEO na AEVO e aborda temáticas de inovação e tecnologia como redatora do blog AEVO.

Compartilhe o post

Facebook
LinkedIn
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Fique sempre atualizado com nossos conteúdos sobre o universo da Inovação.