Trabalho em equipe: como colaborar na empresa?

“É melhor ter uma pessoa trabalhando com você do que três pessoas trabalhando para você”, já dizia o ex-presidente dos Estados Unidos da América, Dwight D. Eisenhower. Levando em consideração que as pessoas, geralmente, passam mais tempo no trabalho do que em suas casas, é primordial que o clima organizacional seja tranquilo e motivador – assim, as chances de sucesso são muito mais claras. E, engajar e incentivar o trabalho em equipe é uma das funções de quem está na liderança da linha de frente do departamento.

Leia também: Effectuation: Lógica que desafia o empreendedorismo tradicional

No entanto, em algumas empresas, muito se fala sobre trabalho em equipe, mas pouco se pratica essa ação. De acordo com uma pesquisa realizada pela Deloitte, empresa de consultoria, apenas 38% das grandes organizações têm políticas efetivas focadas na formação de times visando o trabalho em equipe.

A falta de motivação, engajamento, alinhamento e de bom relacionamento interpessoal entre os colaboradores de uma equipe pode desencadear uma série de fatores que estão diretamente associados aos números e indicadores de produtividade, bem como à alta taxa de turnover, o que contribui para prejudicar o andamento dos negócios.

De fato, uma empresa é feita por pessoas e são elas que garantem a existência, a inovação e o crescimento da organização. Por isso, em um mercado competitivo e cada vez mais exigente como o atual, a gestão de capital humano é determinante para que as empresas atinjam o sucesso.

Sendo assim, aquelas que valorizam seus colaboradores são estrategicamente mais fortes no mercado e possuem uma grande vantagem competitiva, já que o trabalho em equipe é tão poderoso e, ao mesmo tempo, tão raro.

Que tal saber mais sobre o assunto? E conhecer exemplos para inspirá-lo a incentivar a colaboração no trabalho em equipe de sua empresa?

Continue lendo para saber mais sobre:

  • Cases de sucesso
  • Dicas para colaborar assertivamente no trabalho em equipe

Parece interessante? Então, confira tudo isso a seguir!


Trabalho em equipe: cases de sucesso

Conheça agora algumas boas práticas implementadas em empresas com diferentes perfis.

1. Google

Quando falamos de modelo de negócio e trabalho em equipe, a primeira empresa que vem comumente à mente é a Google. A transparência e a integridade são o carro-chefe da cultura organizacional, o que, de certa forma, favorece o empoderamento dos colaboradores.

Nesta empresa, a liberdade e a criatividade falam mais alto. Por isso, os colaboradores têm parte do seu tempo livre para desenvolver atividades diferentes das convencionais, indo além de suas limitações de agenda, horários e obrigações. Dessa forma, os profissionais se sentem valorizados e o engajamento acontece de forma espontânea.


2. Algar Telecom

Nada de “manda quem pode, obedece quem tem juízo”: na Algar a ideia é “gente servindo gente”. Os funcionários são chamados de associados, porque dá sentido ao pensamento do fundador da organização, que acredita que um colaborador só entrega o seu melhor quando se sente parte do negócio, pensando como dono.

Lá, os líderes e gestores transformam a ideia de liderança autoritária em liderança educadora. Nesse cenário, o trabalho em equipe é estimulado, assim os associados garantem mais autonomia, engajamento, desenvolvimento profissional e pessoal.


3. John Lewis

A conexão perfeita entre empresas e parceiros, como são chamados os seus colaboradores. Além da nomenclatura, os parceiros sentem que há uma responsabilidade compartilhada em relação aos resultados organizacionais. A empresa se preocupa em envolvê-los em decisões e soluções, capacitando-os a criarem a melhor experiência para o cliente.


4. Virgin

Ouvir os colaboradores, suas opiniões, motivações, sugestões e até reclamações é parte da cultura do Virgin Group. Os colaboradores que são ouvidos sentem-se importantes e valorizados e desejam retribuir, fazendo o seu melhor. Essa prática também incentiva debates saudáveis e, consequentemente, se traduz em inovação contínua.


Como colaborar com o trabalho em equipe?

1. Contribuir abertamente para as reuniões

Antes de convocar uma reunião, responda algumas questões como: qual é o objetivo do encontro? Por que as pessoas precisam estar juntas em uma sala? O que estou tentando fazer? Depois disso, desenvolva uma pauta e convide participantes, não espectadores para a reunião. Após apresentar as ideias, deixe um espaço para discussões e já defina os primeiros passos a serem executados.


2. Escutar as pessoas

A Google testou e comprovou que ouvir o seu time é meio caminho andado para o sucesso. Em busca de encontrar a equipe perfeita, depois de muito estudo, foi descoberto que, nos melhores times, os membros mostram sensibilidade e, o mais importante, as pessoas escutam respeitosamente umas às outras.

Envolver os colaboradores nas decisões, conversas e respeitar as emoções alheias gera segurança psicológica, e esse é o fator mais importante na construção de uma equipe de sucesso.


3. Juntar as pessoas

Como diria Steve Jobs, “a tecnologia sozinha não é suficiente” e, por isso, é preciso juntar as pessoas. A interação e a troca de experiência entre funcionários precisam acontecer também fora da internet.

Nesse caso, a dica é promover encontros, cafés, etc., além de planejar um espaço de convivência para que os profissionais realmente se conectem, mas pessoalmente.


4. Talentos individuais e esforços coletivos

O trabalho em equipe é a junção de esforços coletivos e talentos individuais. É preciso que todos estejam cientes do seu papel e de sua contribuição no projeto a ser realizado para atingir-se o objetivo esperado.


5. Um time é melhor do que uma pessoa

Você já ouviu a máxima que afirma que “nenhum de nós é tão bom quanto todos nós juntos”? Ela resume de modo abrangente o potencial da colaboração nas equipes. Por mais expertise que uma pessoa tenha, um grupo pode realizar muito mais atividades, criar mais soluções –  e tudo isso em menos tempo. Confiar nas pessoas, respeitá-las e deixar o ego de lado faz com que possamos enxergar melhor e chegar mais longe.


6. Conhecer a estrutura e suas etapas

Quando o trabalho em equipe flui bem, os membros sabem o que fazer e o que os outros integrantes estão fazendo. Assim, na ausência de alguém, outros conseguirão tocar o projeto, evitando que o trabalho se torne improdutivo. Essa prática de compartilhar informações e responsabilidades faz com que cada um possa dar o melhor de si e, também, ajudar os outros.

Como diria Ayrton Senna, “Eu sou parte de uma equipe. Então, quando venço, não sou eu apenas quem vence. De certa forma termino o trabalho de um grupo enorme de pessoas!”. Assim, na hora de executar as tarefas no dia a dia, pense nisso e lembre-se de que a união realmente faz a força.

E na sua empresa, como a colaboração se dá no trabalho em equipe? Conhece outro case ou boa prática para compartilhar? Deixe sua mensagem nos comentários.

Posts Relacionados
A cultura do empreendedorismo é benéfica não apenas para aqueles que querem começar o próprio negócio.
Você certamente já viu uma caixa de sugestões, já usou, ou já aplicou em sua
Não é muito difícil entender o que é endomarketing: trata-se de utilizar técnicas e ferramentas

Deixe uma resposta