Trabalho híbrido: será que sua empresa deve aderir?

trabalho-híbrido

O modelo de trabalho híbrido já existe há alguns anos, mas com a introdução do home office ele ganhou um novo espaço na conversa entre gestores e profissionais de RH.

Em julho, o Ipea registrou que 11% dos trabalhadores ativos do país estavam exercendo suas atividades de forma remota, mas o home office não funciona bem para todas as organizações.

Retornar ao escritório pode ser desafiador após tanto tempo em casa, e há quem seja mais produtivo trabalhando remotamente do que no regime presencial, mas há também os que preferem voltar as empresas e cumprirem a carga horária no escritório.

Agora, será que o trabalho híbrido é o ideal para todos os profissionais? E para sua empresa?


O que é trabalho híbrido?

Trabalho híbrido é o regime em que o colaborador trabalha em ambientes mistos, o que significa que pode exercer as suas funções tanto a partir de casa como da empresa.

Esse regime de trabalho se popularizou em 2020 devido a pandemia do Corona Vírus, onde organizações do mundo inteiro começaram a aderir o home office por necessidade.

Entretanto, nem todas as funções podem ser cumpridas de casa, muitas delas exigem a presença física do colaborador, como supermercados, farmácias, etc. Já outras, que precisam apenas de um notebook por exemplo, podem ser realizadas de qualquer lugar e para esses, o trabalho híbrido pode ser uma boa opção.

O trabalho híbrido é um regime em que os funcionários passam parte da semana na empresa e outra parte em casa ou em outro local de sua escolha. Esse modelo foi tão bem recebido pelas empresas, que um terço dos profissionais pensaria em mudar de emprego caso não pudesse manter o home office.


Como funciona o trabalho híbrido na prática

Trabalhar em regime híbrido significa alternar entre o trabalho em casa e nas instalações da empresa.

Por exemplo, o profissional pode trabalhar no escritório às terças e quintas-feiras e às segundas, quartas e sextas-feiras no escritório.

Cada empresa pode definir os dias de acordo com critérios definidos internamente.

Alguns desses critérios podem ser:

  • Produtividade: deixar o trabalhador ou equipe em casa nos dias tradicionalmente menos produtivos;
  • Custo: a empresa também pode optar pelo controle híbrido para reduzir custos, principalmente no fornecimento de energia;
  • Regime de transição: o regime híbrido pode servir como um amortecedor para que o retorno do escritório em casa para o trabalho presencial não tenha um impacto negativo no desempenho.

Vantagens e desvantagens do trabalho híbrido

O trabalho híbrido pode não ser a melhor opção para sua empresa, como pode ser revolucionário para melhorar o desempenho de toda equipe.

Vantagens

Produtividade

Trabalhando em casa, em um ambiente mais calmo e sem distrações dos colegas ao lado, a produtividade pode ser uma grande vantagem nesse modelo. Todavia o contrário também pode acontecer, com as tarefas de casa e a falta de uma rotina mais estabelecida, o trabalho em casa pode afetar a produtividade do profissional.


Flexibilidade de horários

Sem o desgaste com o deslocamento físico entre casa e trabalho, o colaborador pode ter horários mais flexíveis, o que pode ser benéfico a sua rotina e saúde mental. Iniciar a jornada de trabalho mais tarde ou terminar mais cedo se tornam possíveis com a economia de tempo gerada pela falta do deslocamento.


Felicidade e bem-estar dos colaboradores

Em um ambiente confortável, aconchegante e mais próximo dos familiares, o trabalho remoto pode trazer muitos benefícios para saúde mental do colaborador.


Redução de custos para empresa

Com os funcionários em casa, a organização pode reduzir as contas de água e energia das instalações, além dos custos com limpeza e manutenção de equipamentos.


Segurança

Em um cenário de pandemia, a segurança deve sempre estar em primeiro lugar. Com os trabalhadores em casa, os riscos de contaminação são reduzidos e a empresa pode proporcionar mais segurança ao colaborador e sua família.


Desvantagens

Falta de controle sobre carga horária

Empresas mais conservadores que prezam pelo cumprimento de carga horária, com controle de ponto e produtividade, ao adotarem um regime híbrido, podem ficar parcialmente sem esse controle.


Possibilidade de sobrecarga

Quando trabalhamos de casa, nossa rotina se torna um pouco diferente do usual, e pela facilidade em ligar o notebook para trabalhar, pode acontecer de alguns colaboradores trabalharem além de sua carga horária, gerando uma sobrecarga prejudicial.


Comunicação não assertiva

O trabalho remoto pode trazer alguns problemas em relação a comunicação da equipe. O que antes poderia ser resolvido de forma simples com uma pergunta ao colega do lado, no home office é preciso agendar uma reunião para falar de determinado assunto, e nem sempre há disponibilidade de agenda com os gestores.

Outro ponto é a interpretação das mensagens. Por escrito, deve-se ter muito cuidado na forma de falar, pois uma mensagem pode ser interpretada da forma errada e causar constrangimento ou até mesmo gerar conflitos entre colaboradores.


Introdução de novos colaboradores

Para equipes que já se conhecem, o trabalho remoto não é um grande problema, mas para os novos colaboradores, a falta do time presencial pode ser ruim para a socialização e conexão com a empresa.


Officeless x trabalho híbrido

Outro modelo de trabalho que vem ganhando notoriedade é o officeless. A ideia desenvolvida por dois brasileiros em 2008, promove o trabalho autônomo, onde o colaborador pode fazer sua carga horária da forma que preferir, não sendo obrigado a realiza-lá no horário padrão de 8h às 18h.

O officeless incentiva que as empresas não adotem escritórios fixos, e todas as equipes trabalhem de home office, diferente do trabalho híbrido, onde há uma alternância entre o modelo home office e presencial.

Assim como o teletrabalho, o movimento officeless pode não funcionar para todas as empresas ou profissionais, uma vez que a ausência de um escritório pode trazer problemas na produtividade e comunicação.


Comunicação e trabalho híbrido

Garantir que a comunicação seja transparente e que todos recebam as informações de que precisam quando estamos em um modelo remoto não é mais uma tarefa fácil, e por isso é necessário ter ainda mais cuidado.

Para que isso não se torne um problema, várias ferramentas podem ser utilizadas para ajudar na comunicação e mensurar a produtividade dos colaboradores.

  • Microsoft Teams: ferramenta ideal para reuniões e bate-papo. Nele, é possível criar grupos com os participantes ou mandar mensagens individuais.
  • Google Meet: permite o agendamento de reuniões de forma gratuit, basta ter uma conta Gmail.
  • Zoom: aplicativo para reuniões gratuitas de até 40 minutos
  • AEVO Innovate: com o módulo iniciativas, você pode montar um quadro Kanban e utilizar metodogias ágeis, como o Scrum, para mensurar a produtividade da equipe.

Muitas empresas procuram alternativas para criar momentos de socialização online para manter as ligações já estabelecidas no escritório e incluir novos funcionários que foram contratados no regime de teletrabalho. Uma boa opção é fazer um happy hour digital, através de chamada de vídeo com todos da empresa, onde os recém chegados podem se apresentar e criar conexões com os colegas.


Será que o trabalho híbrido é para minha empresa?

Se sua empresa tem uma cultura organizacional voltada a inovação e orientada a resultados, o trabalho híbrido pode ser uma ótima alternativa para seus colaboradores, pois ele une o melhor dos dois mundos.

Para saber se o trabalho híbrido é ideal para sua organização você pode testar com apenas algumas equipes. Ao invés de fazer uma mudança radical, seleciona apenas alguns departamentos como o de vendas ou administrativo para retornarem ao trabalho presencial de forma intercalada e veja os resultados.

A decisão de adotar o trabalho híbrido ou não deve ser horizontal, e todas as equipes devem ter a oportunidade de expressar sua opinião, uma vez que a permanência no home office ou a volta ao escritório pode trazer impactos negativos no desempenho dos profissionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *