Trilha do conhecimento: o que é e quais os benefícios

Adotar a trilha do conhecimento é um passo importante, que faz com que cada dia seja uma oportunidade para os colaboradores aprenderem algo novo, ampliando a força do capital humano por toda a organização.

A capacitação profissional é um tema valioso para negócios que esperam crescer de forma contínua, afinal todos os setores de uma estrutura organizacional estão sendo inundados pela inovação, e os seus competidores certamente irão explorar as novas oportunidades. Nesse cenário, a trilha de conhecimento é uma iniciativa importante.

Para acompanhar o ritmo, é preciso fortalecer uma cultura de aprendizado ativo, na qual as pessoas recebem estímulo para desenvolver novos talentos de modo consistente, e não apenas durante os treinamentos formais.

Adotar a trilha do conhecimento é um passo nessa direção, fazendo com que cada dia seja uma oportunidade para os colaboradores aprenderem algo novo, e ampliando a força do capital humano por toda a organização.

O que é uma trilha do conhecimento?

A trilha do conhecimento é um conjunto de informações e tarefas, organizadas numa sequência de etapas que permite desenvolver uma capacidade ou habilidade que o colaborador precisa ter.

Ela transforma o aprendizado com elementos da gamificação, já que existem níveis a serem alcançados e possíveis recompensas por cada um.

Elas podem usar recursos diversos, como inovações tecnológicas, plataformas externas ou atividades em grupo, e fazem com que o processo de desenvolvimento se torne algo mais cotidiano, sem depender apenas de cursos e treinamentos isolados.

Vale apontar que esses modelos podem ser adotados numa trilha do conhecimento, mas ela tem um caráter mais ativo do que os métodos tradicionais.

O colaborador não vai apenas ser apresentado ao conteúdo para assimilar, ele estará usando prática para entender o que funciona e o que precisa ser melhorado, com base em seus próprios resultados.

Uma empresa pode utilizar a trilha do conhecimento em diferentes escalas, seja para um colaborador, um setor/departamento ou para toda a organização.

Os primeiros casos tendem a ser mais focados nas habilidades operacionais, enquanto as trilhas mais amplas podem trazer questões como segurança no trabalho, fit cultural ou técnicas de comunicação, por exemplo.

Por que levar a trilha do conhecimento para sua empresa?

A velocidade com que os setores de um negócio estão se transformando é apenas o primeiro argumento a favor da trilha do conhecimento. Além desse movimento, também é preciso olhar para os comportamentos e mentalidades que cada vez mais profissionais tem demonstrado.

Numa pesquisa do LinkedIn com 10.500 pessoas que mudaram de emprego, por exemplo, 45% dos profissionais afirmaram estar preocupados com a falta de oportunidade para avançar na carreira, e o número cresce entre as gerações mais novas.

O desejo de crescer costuma vir acompanhado pela busca de mais autonomia sobre como fazer o que é pedido, algo que combina com o modelo ativo oferecido pela trilha do conhecimento.

As empresas que adotam esse método tem condições melhores para dialogar com o mercado de trabalho, e ainda conquista uma série de benefícios internos.

Principais vantagens da trilha

Desenvolvimento autônomo

Ainda que a empresa esteja por trás das ações ligadas ao desenvolvimento dos colaboradores, os próprios profissionais irão contribuir para construir suas trilhas do conhecimento, reduzindo a pressão que é posta sobre o RH nesse sentido.

O modelo também permite reduzir o micro-gerenciamento, transmitindo aos profissionais o que a empresa espera dele e quais princípios devem ser seguidos, e permitindo que ele encontre a melhor forma de alcançar esses resultados.

Acelera a inovação

A abertura às contribuições da equipe vai acelerar a inovação muito naturalmente, já que diferentes olhares estarão apresentando diferentes perspectivas.

Alguém que está na linha de frente executando tarefas no setor financeiro ou no marketing, por exemplo, pode conhecer habilidades e ferramentas que não estavam no radar dos gestores, e serão diferenciais para o seu trabalho.

Acelera o aprendizado

Como as pessoas tem alguma liberdade para escolher suas fontes de aprendizado, elas tendem a se comprometer mais, avançando numa velocidade superior à que é observada em treinamentos padronizados. Os profissionais também costumam buscar métodos de estudo mais eficientes para eles, ganhando ainda mais impulso.

Aumento da produtividade

O engajamento com a trilha do conhecimento também se reflete na hora de aplicar os novos conhecimentos, afinal os colaboradores estarão animados para testar suas descobertas e gerar resultados com elas.

Além disso, o sentimento de valorização e respeito gerado por essa metodologia leva as pessoas a se dedicarem ainda mais, refletindo na melhoria da sua atuação.

Cabe na rotina

Como o aprendizado se divide em vários passos, é possível encaixar as peças ao longo da rotina – uma aula hoje, uma apostila amanhã, uma tarefa no dia seguinte, e assim por diante. Os profissionais não terão que passar dias em seminários que podem ser desgastantes, nem se afastar das suas atividades cotidianas para dar atenção aos estudos.

Desenvolvimento específico

Muitas vezes o colaborador precisa desenvolver uma habilidade ou competência específica, e com a trilha do conhecimento ele pode focar nesse aspecto sem ter que absorver um curso inteiro para chegar ao ponto importante.

Isso economiza o tempo do profissional, e ainda permite que a empresa alcance seus resultados mais rapidamente. O foco no que realmente precisa ser estudado também cria um aprendizado mais flexível, adequando-se aos interesses, objetivos e até mesmo aos métodos com os quais cada pessoa tem mais facilidade para avançar.

Constrói vantagens competitivas

Ainda segundo a pesquisa do LinkedIn, citada mais acima, 82% dos profissionais e 62% dos diretores de RH acreditam que será preciso aprender novas habilidades pelo menos uma vez por ano para manter a vantagem competitiva num cenário de competição global.

Com a trilha do conhecimento, essa margem pode ser alcançada facilmente, criando uma equipe amplamente qualificada e capaz de explorar as oportunidades trazidas por esse mesmo cenário.

Conclusão

Implementar iniciativas como a trilha do conhecimento é um passo de grande importância para organizações que desejam potencializar seu capital humano, impulsionando a criatividade, o engajamento e a relação do negócio com os colaboradores.

Este processo tem ligações fortes com a inovação tecnológica, e ela também pode ser aproveitada para coordenar o desenvolvimento da sua equipe.

Numa plataforma de gestão como o AEVO Innovate, os profissionais podem sugerir novas fontes de aprendizado, e os responsáveis pela iniciativa podem construir projetos para acompanhar a evolução de cada pessoa – além de estruturar propostas inovadoras para aproveitar as novas habilidades e capacidades!

Solicite uma demonstração gratuita e descubra o que mais a AEVO pode fazer para impulsionar o seu negócio!

Deixar uma resposta

Assine nossa newsletter

Fique sempre atualizado com nossos conteúdos sobre o universo da Inovação.


    Eu li e concordo com a Política de Privacidade.