Compliance na gestão de projetos

Toda empresa tem de lidar com processos de maneira eficaz e otimizada. Em um projeto, é necessário que o gerenciamento desses processos ocorra de melhor forma possível. Ou seja, é necessário seguir regras, garantindo uma execução bem feita, de acordo com as leis e os regulamentos. Isso é alcançado com uma gestão de projetos visando uma metodologia e estratégia focada em Compliance.

A seguir, saiba mais sobre a importância do Compliance na gestão de projetos e entenda como a aplicação de controles internos agiliza processos. Confira!

Sobre Compliance e o papel do gestor de projetos

É importante, primeiramente, definirmos brevemente o que é Compliance. Comply, em inglês, pode ser traduzido como “agir em sintonia com as regras” ou “cumprir com o que foi proposto”, o que já nos esclarece resumidamente o significado do termo.

Compliance é agir em conformidade com normas, controles internos e externos, além de todas as políticas e diretrizes estabelecidas para o seu tipo de negócio. Ela ajuda a assegurar que a organização cumpre todas as prescrições dos órgãos de regulamentação de seu setor de atuação em termos fiscais, contábeis, financeiros, trabalhistas, jurídicos, etc.

Assim, um bom processo de Compliance envolve um bom gerenciamento de projetos nas empresas. Inicialmente, era possível designar apenas um departamento para desempenhar essas tarefas.

No entanto, com a complexidade dos projetos e sua gestão financeira, o Compliance começa a ir além de suas normas e políticas. Hoje, é preciso conhecer mais. É preciso abordar processos inteiros.

O setor jurídico responsável pelo Compliance não está mais sozinho nessa empreitada. Para impulsionar e tornar processos mais eficientes, é possível contar com profissionais e metodologias de gestão de projetos eficazes. Coordenar e otimizar essas atividades torna-se algo possível quando o profissional responsável pelos controles internos domina e conhece o processo.

É preciso abordar o Compliance como algo que exige uma perspectiva e o conhecimento de todo o sistema. Somente dessa forma processos burocráticos deixam de ser estáticos e passam a ser monitoráveis e passíveis de melhorias contínuas.

A metodologia ideal para os processos e controles internos

A gestão de projetos deve ter um caráter mais estratégico e consultivo. O Compliance, nesse caso, ganha um contexto mais amplo, exigindo uma mudança de práticas em sua gestão e na liderança.

Os mecanismos de controles internos e sua aplicação geram possibilidades para que seu projeto seja gerenciado e executado de forma confiável. A orientação e liderança do Compliance na gestão de projetos garante maior confiabilidade aos processos de sua empresa.

Para que diretrizes de negócio e regulamentos estejam em conformidade com as leis e os regulamentos, é preciso uma metodologia eficaz. A metodologia ideal para sua gestão de projetos é aquela que torna os controles internos em instrumentos de melhoria organizacional.

Muitas vezes, as atividades de Compliance de uma empresa parecem andar na contramão dos processos. É preciso administrar os projetos para que o Compliance esteja alinhado com a missões e os objetivos estratégicos de sua companhia.

Quando sua empresa atua dentro das normas e regulamentações, seus objetivos ganham uma base mais concreta. Atividades da organização, como os projetos e seus respectivos processos, sofrem um acréscimo de qualidade.

Além disso, economiza-se recursos e fortalece-se a marca, fazendo com que a empresa economize e seja vista como uma marca séria no mercado.

Ao possuir uma metodologia, as possibilidades de controles internos passam a ser reconhecidas tanto pelos profissionais de Compliance quanto pelos gestores de projetos. Dessa forma, é possível antever os riscos envolvidos.

A gestão desses riscos é importante, pois o fluxo de informações acaba sendo responsável pela definição dos processos que a empresa deverá desempenhar.

As diferentes informações e sistemas em uma gestão de projetos devem ser claramente identificados, organizados e implementados. Assim, é possível definir os processos mais adequados para a necessidade e a margem de riscos de sua empresa.

Controles internos para o sistema de gestão de Compliance

O sistema de gestão de Compliance e controles internos é necessário para o funcionamento dos processos dos projetos da empresa. Órgãos reguladores – como a Receita Federal e o Banco Central – passam por um aperfeiçoamento de suas legislações anualmente. Mas, mesmo com essa otimização, a gestão de controles internos, riscos e Compliance pode variar de acordo com a complexidade dos processos de sua empresa.

Considerações finais

A gestão de projetos pode ser um eficiente meio de auxílio à implementação das iniciativas de Compliance nas empresas, uma vez que essa metodologia fornece os meios adequados e efetivos para realizar os controles internos dos projetos da organização.

O grande papel do Compliance na gestão de projetos é permitir uma boa gestão de controles internos e gerenciamento de riscos corporativos. Os processos rotineiros de Compliance, como as auditorias e o monitoramento da segurança e de fraudes, passam de mera responsabilidade analítica a uma liderança e ferramenta de otimização de processos. Assim, a análise dos desvios de suas metas direciona sua gestão para planos de ação e tomadas de decisão mais acertadas.

Você já conhecia a relação existente entre Compliance, Gerenciamento de Projetos e a aplicação de controles internos sobre os processos dos projetos? Ficou com alguma dúvida sobre o que essa metodologia? Deixe sua mensagem nos comentários!

Posts Relacionados
Se você acredita que o trabalho em equipe pode ser sinônimo de perda de tempo,
Consertar, modificar e criar produtos com as mãos, isso é ser um maker. A Cultura
Conheça mais sobre o design value thinking, framework que irá mudar o mindset da sua

Um comentário em “Compliance na gestão de projetos

  1. Eduardo tarazona

    Muito interessante o artigo. Em agosto de 2016, publiquei no LinkedIn um artigo similar https://www.linkedin.com/pulse/e-seus-projetos-estão-em-compliance-eduardo-gonçalves-tarazona-mba/, o qual também recomendo a leitura e, mais recentemente desenvolvi um curso intitulado Compliance na Gestão de Projetos, que ministro pela Massi Consultoria e Treinamento – http://www.massiconsultoria.com.br. É muito bom que profissionais de gestão de projetos busquem essa interação.

Deixe uma resposta