Feedforward: o que é e como impulsionar seus colaboradores

feedforward-aevo

Para ter uma equipe na empresa em sintonia com as suas necessidades e que mais facilmente se adapte à cultura organizacional, é importante que os colaboradores sejam orientados de maneia adequada.

Para tanto, é possível fazer uso do conceito feedforward, que se trata de uma forma de trabalhar o potencial do profissional o quanto antes visando o futuro.

Se você quer saber mais sobre o que é e como impulsionar seus colaboradores continue com a leitura deste artigo e confira as informações nos tópicos a seguir.


O que é feedforward?

O termo feedforward pode ser traduzido como nutrir o futuro, avançar ou olhar adiante. Isso porque o conceito refere-se ao fato de orientar um profissional de acordo com as necessidades da empresa, visando o futuro.

Para tanto, os gestores devem fornecer os mecanismos adequados para que os colaboradores consigam maximizar potencialidades por meio do desenvolvimento das suas competências.

O processo começa com a análise do comportamento do profissional, o que pode ser feito assim que ele ingressar na empresa. Quanto mais cedo o feedforward for aplicado, mais rápidos são os resultados esperados.

Eles estão relacionados ao aprimoramento da equipe, principalmente, por meio do desenvolvimento das suas habilidades comportamentais, como a inteligência emocional, resiliência e liderança, entre outras.

Leia também: Soft Skills – Qual sua importância e por que desenvolvê-las?


Por que ele é importante na gestão de pessoas?

Empresas comprometidas em oferecer os melhores produtos, serviços e atendimento a seus clientes sabem a importância de investir na capacitação dos seus colaboradores. Isso garante que as tarefas sejam executadas com qualidade superior.

Nesse cenário, o feedforward conta com um papel de extrema relevância a medida que possibilita essa capacitação de forma permanente e, principalmente, com foco no futuro.

Afinal, as habilidades da equipe não são desenvolvidas de um dia para o outro. O processo leva tempo, pois o profissional deve receber o conhecimento e assimilá-lo, o acontece com o dia a dia no ambiente de trabalho.

Por isso, é preciso analisar e aperfeiçoar o que está sendo feito agora para que futuramente as suas funções sejam desempenhadas na máxima potência.

Além disso, cada colaborador merece uma atenção especial, a fim de serem observadas as suas peculiaridades e potenciais.

A partir disso, inicia-se o processo de aperfeiçoamento, sendo adequado que ocorra no seu tempo, sem pressa, mas com monitoramento, para que os resultados apareçam o quanto antes.


Como o feedforward funciona e quais são suas características?

Além de capacitar a sua equipe de maneira que contribua com o crescimento da sua empresa e com a cultura organizacional, o feedforward exige que se crie laços de confiança entre os gestores e colaboradores.

Da mesma forma, é importante que os profissionais possuam confiança na equipe como um todo.

Isso é necessário porque quando a empresa se propõe a desenvolver as habilidades de todos no médio e longo prazo, é preciso que haja uma relação saudável, transparente e empática.

Apenas dessa maneira os gestores conseguem capacitar a equipe com assertividade, já que ela se torna mais receptiva à orientação que receber.

Além disso, para tornar o processo ainda mais eficiente, é necessário que a empresa entenda os sonhos e objetivos dos seus profissionais. Assim, a orientação fornecida pode ir ao encontro do que o colaborador deseja para a sua carreira.

Essa atitude torna a equipe mais engajada e determinada a crescer junto com a organização, bem como mais receptiva ao aprendizado recebido. Para aplicar o conceito feedforward também é preciso conhecer as suas características.

Uma das mais importantes e já citada é o foco no futuro. O ensinamento passado à equipe visa o médio e o longo prazo, não sendo exigidos resultados de curto prazo.

Outro atributo é o autoconhecimento, que deve ser estimulado pelos gestores, visto que somente com ele o colaborador consegue identificar o que deseja para a sua carreira e assim contribuir com o processo de aprendizado.

O estímulo de talentos é mais uma característica do feedforward, pois ao ser aplicado é possível estimular o potencial criativo dos profissionais. Com isso, a empresa consegue identificar talentos que até então estavam ocultos.


Como aplicar o feedforward na sua empresa?

Diálogo é palavra-chave quando se fala em como aplicar o feedforward na sua empresa. Como já mencionado, a comunicação clara e transparente entre equipe e gestores é essencial para que o método funcione.

Isso ocorre porque no feedforward não prevale a vontade dos gestores, mas sim, deve ser uma combinação do que a empresa espera dos seus colaboradores e o que eles desejam para a sua carreira profissional.

Já a aplicação em si pode acontecer no dia a dia, seja através de atividades que o profissional deve realizar, seja através de conversas, orientações, ensinamentos e mesmo treinamentos.

Além disso, para aplicar o feedforward com sucesso, o gestor precisa identificar os pontos fracos do colaborador e como eles podem ser trabalhados para que se tornem aliados do processo de capacitação.

Nesse cenário, é fundamental ainda que os líderes sejam acessíveis e estejam preparados para fornecer instruções e mesmo conselhos sempre que forem solicitados. Eles também devem estar abertos a ouvirem o que a sua equipe tem a dizer.

Para tanto, é adequado que os espaços para que os colaboradores manifestem as suas opiniões, ideias, conhecimentos e experiências façam parte da cultura organizacional.


Feedback x Feedforward: qual a diferença?

O termo o feedforward pode ser confundido com feedback, que também se trata de um conceito importante e até mesmo parecido, já que o seu objetivo é o de contribuir com o crescimento profissional dos colaboradores.

No entanto, o feedback é uma opinião ou comentário tecido depois de uma ação ser realizada, enquanto o feedforward refere-se ao que a equipe deve fazer no futuro.

Além disso, o feedback é mais usado para evidenciar pontos positivos e negativos sobre a sua atuação no ambiente de trabalho, e costuma ser pontual e objetivo.Ele pode ainda se referir a um único tema, como elogiar o colaborador após um artigo bem escrito, ou dar uma crítica construtiva sobre uma apresentação realizada.

Embora o feedforward também consista em um trabalho de avaliação, ocorre ao longo do tempo, assim, pode ser dito que é mais completo e permanente. Pode ser explicado ainda como uma forma que o gestor tem de preparar o colaborador para o futuro na empresa e na sua carreira profissional.


Conclusão

O feedforward é um conceito que quando aplicado no ambiente corporativo pode contribuir imensamente com o crescimento da empresa. E isso ocorre porque ele busca aperfeiçoar a sua equipe, de modo que todos cresçam com a corporação.

Além disso, trata-se de identificar talentos, fornecer orientação e conhecimento permanentes e diálogo transparente, promovendo um maior engajamento da equipe, que se sente estimulada a dar o melhor de si no desempenho das suas funções.

Quando se consegue atingir esse patamar de satisfação dos colaboradores, eles podem fazer muito mais pelo seu negócio, oferecendo insights valiosos e ideias únicas, despertando e desenvolvendo o intraempreendedorismo.

Para promover um clima colaborativo e criativo na sua empresa, você deve começar a fomentar a cultura de inovação da organização, e para te auxiliar nessa jornada, o AEVO Innovate é a solução ideal.

Nosso software de Gestão da inovação oferece diversas funcionalidades e pode ajudar até mesmo na aplicação do feedforward no seu negócio.

Confira todas as vantagens que nossa ferramenta pode proporcionar a sua empresa hoje mesmo. Fale com um de nossos especialistas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *