Reskilling e Upskilling: entenda o que são esses conceitos

reskilling-e-upskilling

O mercado de trabalho está repleto de oportunidades para profissionais que aperfeiçoam o seu conhecimento de maneira permanente, bem como para aqueles que se preocupam em estar em constante aprendizado para aprender novas habilidades.

Isso ocorre porque ser especialista e também multifuncional são perfis cada vez mais procurados pelas empresas, que precisam estar em constante atualização e inovação para se manterem competitivas no mercado.

Para ambas as situações, existem dois conceitos importantes: reskilling e upskilling. Se você quer entender o que significam, qual a sua importância no meio corporativo e como aplicar na sua empresa, continue com a leitura deste artigo e confira os tópicos a seguir.


O que é Reskilling e Upskilling?

Reskilling significa requalificação em inglês e upskilling pode ser traduzido como aprimoramento. Embora distintos, ambos os conceitos andam juntos, principalmente, quando o assunto é qualificação profissional e posicionamento no mercado de trabalho.

Isso acontece porque reskilling é quando o profissional se empenha em desenvolver novas habilidades com o objetivo de se requalificar para buscar uma melhor oportunidade para a sua carreira.

A empresa também pode desejar que os seus colaboradores passem por uma requalificação para que consigam atender novas demandas. Com isso, eles são mais bem aproveitados, sem que haja a necessidade de contratar outros profissionais.

Independente da situação, com o reskilling é possível desenvolver novas competências e ampliar os conhecimentos, de modo que o colaborador se torne mais completo em seus atributos, o que pode ajudar imensamente a sua carreira.

Já a expressão upskilling refere-se ao processo de aprimoramento de um conhecimento que o profissional já possui. Dessa forma, ele pode se transformar em um especialista na sua área de atuação.

Assim como ocorre com o reskilling, aprender mais sobre um determinado tópico ou assunto é uma maneira de valorização profissional benéfica tanto para o colaborador quanto para a empresa.

Enquanto o profissional passa a ser mais valioso para a empresa e pode ser mais bem remunerado, a organização ganha um colaborador expert em um tema, o que pode oferecer um diferencial competitivo para se posicionar frente a concorrência.


Porque reskilling e upskilling são tão importantes?

O comportamento de compra do consumidor costuma sofrer mudanças a medida em que surgem novos produtos e serviços, que atendem de modo mais eficiente as suas necessidades.

Isso significa que existem empresas que possuem uma grande parte de responsabilidade na maneira como as pessoas realizam as suas atividades pessoais e profissionais.

Os demais negócios, por outro lado, devem se adaptar para não perderem clientes e se manterem competitivos de mercado. Eles podem fazer igual aos pioneiros ou continuar inovando, como agentes da inovação, para então ganharem destaque.

A questão é que para manter uma empresa funcionando com o passar dos anos e pelas inovações que surgem é essencial contar com colaboradores da mesma forma empenhados a acompanharem as mudanças que o mercado exige.

Nesse cenário, tanto o conceito reskilling quanto upskilling são extremamente importantes.

Afinal, ao ter uma equipe que aprenda novas habilidades ou mesmo aprimora os conhecimentos que já possui, a organização consegue acompanhar as tendências e, por consequência, garantir a satisfação e a fidelidade dos clientes.

Empresas que apostam no reskilling e no upskilling estão aptas ainda a conquistar novos consumidores com seus produtos e serviço, uma vez que eles se adaptam à nova realidade e que atendem as suas necessidades de modo mais assertivo e inovador.


Como aplicar o reskilling e upskilling na sua empresa?

Para aplicar o reskilling e upskilling na sua empresa é preciso que exista uma cultura organizacional com foco no aprendizado contínuo dos colaboradores e até dos gestores ou que ela seja instaurada.

Isso ocorre porque ambos os conceitos apenas funcionam e oferecem os resultados esperados quando fazem parte de um entendimento maior da importância de todos os profissionais terem oportunidade de estudarem de forma permanente.

A partir de então, é possível identificar como cada membro da equipe pode evoluir dentro da empresa, seja adquirindo novos conhecimentos seja aprofundando-se naquilo que já domina.

Quem passa pelo reskilling pode desenvolver competências necessárias para o cargo que ocupa ou mesmo para atender uma nova demanda, mudando de cargo ou recebendo outras atribuições.

Enquanto isso, os profissionais que passam pelo upskilling podem ser promovidos para liderarem equipes ou abraçarem mais responsabilidade e funções.

De todo o modo, é importante que nesse processo o colaborador também seja melhor valorizado com o recebimento de salários mais altos ou um maior número de benefícios.

Para descobrir como aplicar ambos os conceitos com sucesso, os gestores podem trabalhar em conjunto com o setor de RH, a fim de identificar as demandas e as oportunidades internas, bem como os talentos em potencial.

É necessário ainda considerar os objetivos individuais de cada profissional dentro da empresa e os da sua carreira. Assim, eles podem ser direcionados de modo que se sintam mais satisfeitos e desejem permanecer na organização.

Por fim, deve-se escolher estratégias e métodos para colocar em prática o reskilling e o upskilling. É fundamental que estejam alinhados os objetivos da empresa e se adaptem ao perfil dos colaboradores.


Como atualizar as competências dos colaboradores para manter a empresa competitiva?

A partir do momento que são identificados os colaboradores mais adequados a aprimorarem os seus conhecimentos e quais membros da equipe estão aptos a serem requalificados, é preciso buscar as melhores estratégias.

O desenvolvimento de habilidades e a obtenção de novos conhecimentos pode ocorrer de inúmeras formas, como palestras, treinamentos, cursos, workshops e outros formatos. Hoje em dia, os cursos online são bastante atrativos.

Isso acontece porque permitem que o profissional se dedique aos estudos no momento do seu dia em que está mais propício a absorver o conteúdo. Conforme o perfil do colaborador, é importante que a capacitação seja flexível.

Ou seja, que ele possa escolher quando estudar e por quanto tempo, sendo que os cursos online oferecem essa vantagem.

O AEVO Boost é a nossa plataforma que pode contribuir em muito com a aplicação do reskilling e do upskilling na sua empresa. A ferramenta funciona como um canal de cursos inovadores, com foco na educação corporativa e no desenvolvimento profissional.

É perfeito tanto aos colaboradores que desejam aprender tudo a respeito de inovação corporativa, quanto para aqueles que já conhecem o assunto e querem se aprimorar.

Os cursos abordam temas como gestão da inovação, design thinking, metodologias ágeis e programa de ideias, entre outros. Os próprios gestores podem aperfeiçoar os seus conhecimentos com base na experiência de outras empresas.

Além de certificado ao final do curso, os alunos têm acesso a materiais de altíssima qualidade e exclusivo. As capacitações podem ser acessadas através de diferentes dispositivos, facilitando o aprendizado.

aevo-boost-inovacao-corporativa

Conclusão

Reskilling e upskilling são conceitos que devem fazer parte do dia a dia de empresas que desejam se manter firmes no seu mercado de atuação, mesmo com o aumento da concorrência, crises financeiras e econômicas e demais cenários.

Além dos cursos de inovação, a sua empresa também pode contar com o AEVO Innovate, nosso software de Gestão da Inovação, ideal para médias e grandes empresas que querem implementar um programa de ideias e promover uma cultura de inovação na organização.

Nossa ferramenta oferece inúmeras funcionalidades para promover um ambiente de trabalho colaborativo e inovador. Solicite uma demonstração e se surpreenda com todas as vantagens que existem para você alcançar os seus objetivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *