5 Exemplos de Inovação Radical: de League of Legends à Dog Hero

exemplos-de-inovação-radical

Os exemplos de inovação radical que mostraremos neste artigo vão te ajudar a entender de uma vez por todas como essa estratégia ajudou grandes empresas (que não começaram grandes) a atingirem um diferencial que contribuiu para que chegassem no patamar em que estão hoje. 

Para se destacar entre as milhares de marcas existentes no mercado, é necessário correr alguns riscos. Neste caso, o risco da inovação.

Neste artigo você verá exemplos de big players que construíram verdadeiros impérios digitais, desbravando novos mercados e assumindo grandes riscos – tudo em nome de apostas que, no fim, deram certo.  

 

Entenda a inovação radical

Existem milhares maneiras de modernizar processos para manter uma companhia atualizada e competitiva, e uma delas é a inovação radical.

Em resumo, inovação radical é quando uma empresa navega por um nicho de mercado que não está no seu core business. Ou seja, algo completamente novo para ela. Não é necessariamente um oceano azul, mas sim algo que representa um alto risco para a empresa.

Apesar disso, investir nela é essencial para manter a empresa competitiva por mais tempo e pode ser uma grande oportunidade de dominar um mercado em ascensão. 

 

Leia também: Tudo sobre Inovação Radical

 

Riot Games

Riot Games usou a Inovação Radical

Você já deve ter ouvido falar em um jogo chamado League of Legends, ou LOL. Por trás desse fenômeno mundial está a Riot Games, empresa de games fundada em 2006 que decidiu mudar um pouco os ares do seu negócio através da inovação radical 

Em 2014, a organização iniciou em um novo mercado, algo que ela não tinha nenhuma experiência: o mercado musical.

Nos últimos anos, a fim de divulgar os itens customizáveis de seus jogos, as famosas skins (skins ou peles são item customizáveis que atribuem visuais alternativos para personagens e podem ser adquiridos a parte pelos jogadores), a Riot começou a produzir vídeos com qualidades incríveis que fazem qualquer jogador querer comprar. 

E para divulgar as skins de quatro personagens do LOL, ela fez algo diferente. Com direito a videoclipe, perfil nas redes sociais, álbum na Spotify com selo verificado e apresentação ao vivo em hologramas, nasce o grupo de cantoras virtuais, K/DA. 

Parece surreal, não é mesmo? O legal é que o quarteto musical tem vozes de cantoras reais, mas não são elas que dão a cara girl band, mas sim as personagens do jogo.   

Isso poderia dar muito errado, pois não é qualquer empresa que tem tecnologia e conhecimento o suficiente para criar algo tão surpreendente a ponto de envolver seu público e conquistar um exército de fãs.

O grupo K/DA já tem quase 4 milhões de ouvintes na Spotify e seu primeiro clipe conta com mais de 315 milhões de visualizações. 

Que outra empresa de games fez isso? 

 

Rent the Runway

O que hoje é uma startup unicórnio, começou em 2009 com uma simples ideia entre duas amigas. Rent the Runway é uma startup de aluguel de roupas de grifes para mulheres que querem se vestir bem sem gastar muito.

O interessante dessa marca é que ao invés de pensar em um plano de negócios elaborado, fazer projeções ou uma pesquisa de mercado com uma empresa especializada, a Rent the Runway simplesmente foi para o mercado, apenas com uma ideia, sem preparo nenhum.

A questão era: Será que alguém aceitaria alugar uma roupa e devolver em bom estado? Atualmente sim, mas e em 2009?

Hoje podemos dizer que ela é uma organização de sucesso, já que atingiu a marca de 1 bilhão de dólares em valor de mercado.

Mas quem diria que uma pequena loja próxima a faculdade de Havard com meia dúzia de vestidos comprados se tornaria o que é hoje.

 

Picpay

Picpay e sua Inovação Radical

A fintech capixaba criada em 2012 mudou o modo de pagar amigos, estabelecimentos e boletos de muitos brasileiros. 

Apenas nos últimos anos a empresa teve um crescimento exponencial e chegou a fazer parcerias até com o Governo Federal para facilitar o recebimento de benefícios sociais em época de crise.  

Além disso, ela desenvolveu diversas parcerias com grandes marcas, permitindo que boletos, estacionamentos, cash em jogos e até mesmo crédito em aplicativos de terceiros fossem pagos pelo app.

Lidar com dinheiro pode ser delicado, principalmente no meio digital. Há muita insegurança por parte das pessoas em usar aplicativos para realizar operações financeiras, principalmente pela segurança dos dados individuais. 

Mas a forma como a empresa usou as mídias para divulgar seu produto transmitiu tanta segurança que em 2020 a organização atingiu a marca de +20 milhões de usuários.  

Por mais que hoje haja concorrentes no ramo de pagamentos online, o Picpay inovou ao disponibilizar tantas funcionalidades , principalmente pagar estabelecimentos através do celular. Fácil, simples e prático.

 

AirBnb 

Airbnb

Criada em 2008, o Airbnb é uma empresa que busca promover um impacto positivo na sociedade, facilitando o contato entre futuros hóspedes e anfitriões de uma forma muito mais simples e menos burocrática.  

Nela você não vai encontrar hotéis ou pousadas de luxo, pois seu diferencial é o fato de serem acomodações comunitárias. Com uma ideia mais disruptiva, a empresa utilizou da lógica de effectuation para desenvolver sua proposta e tem dado muito certo. 

Na plataforma do Airbnb, pelo celular ou computador, o usuário interessado pesquisa por locais para se hospedar em determinada cidade e encontra preços muito mais baratos, uma vez que esses locais são de pessoas comuns. Uma família pode alugar um quarto da casa para um casal que está na cidade apenas a passeio.

  • Buscando um lugar para ficar por uma semana? Tem.  
  • Precisou cancelar em cima da hora? Só abrir o aplicativo e resolver tudo por lá.  
  • Vai precisar estender a estádia? Basta acordar com o proprietário.  
  • Muito mais prático do que todos os trâmites de um hotel, não é mesmo? 

Existem diversos protocolos de segurança tanto para quem quer divulgar seu espaço, tanto para o usuário que precisa de um lugar para se hospedar.

A facilidade de fazer isso usando apenas o celular tornou a plataforma um sucesso, e apesar de hoje existirem concorrentes, quando o Airbnb foi criado com certeza haviam muitos riscos, afinal quem acreditaria que poderia se hospedar na casa de um estranho através de um aplicativo? 

Leia também: Inovação radical vs inovação disruptiva: qual a diferença?

 

DogHero 

Dog Hero utilizou a  Inovação Radical para crescer

A Dog hero é uma startup internacional que atua no Brasil, México e Argentina com o intuito de conectar tutores com pessoas apaixonadas por cães.

Inicialmente a plataforma disponibilizava apenas hospedagem e passeios, mas hoje conta com ‘’pet sitter’’ (visitas em sua casa), creche (apenas para passar o dia) e veterinários. 

Quando o usuário se cadastra na plataforma, ele pode se registrar como dono de um pet ou como cuidador. Para ser um prestador de serviços, o interessado passa por uma avaliação criteriosa e deve ser maior de idade.

No caso de creches e hospedagens, é necessário enviar fotos do local para que eles avaliem se é ou não um bom lugar para os cães e ter permanência própria. 

A função de veterinário ainda é novidade, mas funciona de forma parecida. O profissional pode se cadastrar para prestar serviços aos tutores de forma personalizada, indo direto na casa do animal para realizar o atendimento. Porém no momento essa opção está disponível apenas para cidade de São Paulo. 

É interessante observar como a empresa enxergou uma maneira de atender uma demanda dentre as pessoas que possuem animais em casa, mas nem sempre tem disponibilidade para cuidar deles, e inovou ao lançar um programa focado em suprir as necessidades desse grupo.  

 

CONCLUSÃO

inovação radical costuma estar por trás de uma grande ideia! Assim como o tamanho da aposta, o risco é alto – já que costuma estar atrelada a grandes investimentos em tecnologia.

O modelo de negócios das hospedagens podia não ser algo inovador quando a Airbnb lançou seu produto, mas certamente havia um risco do seu negócio não ganhar market-share frente ao mercado.

Para reduzir o risco da inovação e garantir que o seu negócio ganhe crescimento e market-share necessário para se tornar uma estrela como a Airbnb, é importante possuir um portfólio de inovações bem balanceado, dividindo o investimento em diversas apostas e validando-as incrementalmente.

Como diz o ditado, nunca mantenha todos seus ovos em uma única cesta, em outras palavras, pratique a ambidestria organizacional. 

Como disse Warren Bennis, em tradução livre ‘’ Inovação – ou qualquer ideia – por definição, não será aceita de primeira. Leva repetidas tentativas, demonstrações infinitas e monótonos ensaios, antes que a inovação seja aceita e internalizada por uma organização. Isso requer coragem e paciência.’’


Isso vale não só para as empresas como para o mercado. Lançar algo inovador é arriscado, mas pode trazer retornos incríveis.
 

E você, está pronto para inovar? 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *