O que é brainstorming, conceito e como começar

o-que-e-brainstoming

Apesar de ser um dos termos mais populares nos escritórios atuais, muitas pessoas ainda não conhecem uma explicação clara sobre o que é brainstorming, ou um método capaz de transformar o conceito em resultados positivos para o seu negócio.

Nesse artigo, além de esclarecer o que é brainstorming, você também verá quais os benefícios da prática, e terá acesso a um guia para ter reuniões produtivas de brainstorming na sua organização.


O que é brainstorming

Trabalhos em equipe, da escola ao ambiente corporativo, já costumam usar o brainstorming de forma quase natural; mas nem sempre ele é visto como um processo, e por isso acabamos não aproveitando todos os seus benefícios.

Podemos resumir o que é brainstorming ao traduzir o termo: uma tempestade de ideias. O foco da atividade está em gerar muitas ideias, mesmo que algumas delas pareçam ruins ou confusas num primeiro momento.

Pense numa reunião para resolver um problema qualquer. Um participante sugere o curso de ação, e é questionado. A mesma cena se repete duas ou três vezes e o ânimo da sala diminui, enquanto o silêncio cresce. Todos deixam a reunião sem ter chegado muito longe.

A premissa por trás do brainstorming é impedir que isso aconteça, permitindo o fluxo constante de sugestões, que só serão debatidas ou avaliadas num momento futuro.


Como surgiu o brainstorming?

A história do brainstorming aponta para o publicitário Alex Osborn, que tinha um grande interesse em estudar processos criativos.

Percebendo que as reuniões em sua agência muitas vezes limitavam a criatividade dos participantes, ele desenvolveu um conjunto de regras básicas para que os encontros pudessem favorecer o surgimento de ideias, método que veio a se tornar conhecido como brainstorming.


Vantagens do brainstorming

Mesmo sabendo o que é brainstorming, muitas organizações recuam na hora de implementá-lo, pois não reconhecem os ganhos que a atividade proporciona. Nesse caso, vale a pena conferir os principais benefícios da “tempestade de ideias”.


Agilidade na resolução de problemas

Conseguir soluções rápidas para questões simples ou complexas está na raíz do que é brainstorming. Ao invés de esperar até que uma pessoa encontre a resposta certa, o time se junta para oferecer dezenas de possibilidades em algumas horas, aumentando o tempo que pode ser investido na realização de testes ou no cuidado com os detalhes de um projeto, por exemplo.


Promove o relacionamento líder-equipe

Abrir espaço para que o grupo apresente suas ideias permite que o líder seja visto como uma figura acessível, ao mesmo tempo em que aumenta sua confiança nos colaboradores. É uma relação benéfica para ambos os lados.


Melhoria do clima organizacional

Decisões colaborativas aumentam a segurança percebida pelo time. As pessoas sabem o que está acontecendo, e embora a decisão final seja tomada pela liderança, elas entendem como se chegou até esse caminho, ao invés de estar apenas cumprindo ordens “no escuro”.


Evolução dos colaboradores

Eles terão que se esforçar para trazer ideias cada vez melhores, e apresentá-las de forma bem estruturada, estimulando o raciocínio lógico, a criatividade e a clareza na comunicação. Tais habilidades certamente beneficiarão outras áreas do seu trabalho. Além disso, quem contribui com sugestões que são implementadas sente-se mais confiante ao retornar para suas funções.


Estímulo à inovação

Assim como um Programa de Ideias, uma sessão de brainstorming permite que informações e perspectivas diversas sejam postas à mesa e avaliadas em condições de igualdade. Essa abertura viabiliza o surgimento de novas respostas – e novas questões – favorecendo a inovação em um ritmo que só pode ser alcançado com o envolvimento de todos na organização.


Quando e como usar o brainstorming?

Uma sessão de brainstorming pode ser realizada sempre que houver dúvida sobre qual o melhor curso de ação para lidar com determinado problema.

Ela pode ocorrer em um único time ou departamento, visando resolver obstáculos particulares, ou englobar setores diversos da empresa para solucionar questões transversais.


Antes da reunião

Embora a visão de algumas pessoas sobre o que é brainstorming aponte para uma reunião com pouca formalidade, onde todos chegam e falam até encontrar uma ideia genial, o preparo correto é fundamental para que seu potencial seja alcançado.

O nível de preparação irá depender da complexidade imposta pela questão a ser resolvida. Se o objetivo é desenvolver uma campanha de natal, por exemplo, um briefing com dados sobre o mercado e as metas a serem alcançadas pode ser o bastante.

Por outro lado, se o brainstorming visa desenvolver um novo produto central para a companhia, será preciso oferecer relatórios mais detalhados, permitindo que todos cheguem à reunião falando a mesma língua e economizando tempo em explicações.


Estrutura da Reunião

Se a maior parte dos colaboradores acabou de aprender o que é brainstorming e nunca participou de uma reunião, pode ocorrer um silêncio inicial até que todos se sintam confortáveis para expressar novas ideias.

É importante preparar o ambiente para evitar que isso aconteça, afinal todos estarão investindo alguns minutos ou horas que não podem ser desperdiçados.

Para começar, os grupos não devem ser muitos grandes – mais de 10 pessoas na sala podem gerar uma confusão. Se for necessário incluir um número maior de associados no processo, organize mais sessões, com as ideias escolhidas em cada uma indo para uma seleção final.


Registros

Para que a sessão seja produtiva, é fundamental ter um registro adequado de todas as ideias, num local visível para os participantes. Pode ser interessante chamar alguém de outro setor, que não participará ativamente do brainstorming, para cuidar dessa função.


Fluxo

Você não para uma tempestade, certo? A reunião de brainstorming deve fluir com o mínimo possível de interrupções – esse não é o lugar para debater ideias, apenas para trazê-las à tona.

Haverá espaço para analisar o potencial de cada uma no futuro, mas até lá, o líder, a pessoa responsável pelos registros e os membros da sessão devem permitir o fluxo livre de sugestões, sem muitos questionamentos.

Em alguns casos, uma ou duas pessoas mais extrovertidas podem “dominar” o brainstorming, enquanto os demais não falam. Tal comportamento deve ser evitado – afinal todos na sala foram convidados para contribuir.

Se o líder da reunião perceber que isso está acontecendo, pode sugerir uma “rodada” para que todos apresentem sugestões.


A quantidade é importante

Como já falamos anteriormente, apresentar muitas ideias é a razão para o brainstorming existir. É preciso alcançar um certo volume, mesmo que nem todas as sugestões estejam finalizadas.

Pode ser que alguém traga uma peça do quebra-cabeça, e outras pessoas sejam capazes de completá-lo, mas isso não será possível a menos que dezenas ou até centenas de ideias sejam expostas.


Seleção

Para concluir a sessão de brainstorming, é preciso julgar as propostas e selecionar quais serão levadas adiante.

Essa tarefa pode ser executada pelo líder ou por um grupo pequeno, sem a presença de todos os participantes, mas é interessante que eles possam explicar possíveis dúvidas sobre suas ideias, se houver tempo hábil.


Feedback

A única forma de manter os colaboradores engajados e ter bons processos de brainstorming no longo prazo é através do feedback.

Explicar as razões de certas propostas serem escolhidas garante que mesmo as pessoas com ideias rejeitadas possam continuar dando o seu melhor no futuro.


Conclusão

Quando o brainstorming é integrado à organização, é possível gerar milhares de ideias sobre os mais diversos aspectos do negócio, e uma ferramenta como o Software de Gestão AEVO Innovate oferece a solução ideal para lidar com tamanha carga de informações.

Ele permite que os colaboradores possam enviar ideias a qualquer momento, reduzindo a necessidade de reuniões, e ainda oferece espaços para que os líderes da companhia possam avaliar, selecionar e apresentar feedbacks para as propostas recebidas, transformando o brainstorming numa prática cotidiana e multiplicando a força dos seus benefícios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *