Turnover: como a diversidade pode reduzir a rotatividade de colaboradores

turnover

A alta taxa de turnover é um problema que pode afetar muitas empresas. As causas para ele são inúmeras, mas quase sempre trata-se de problemas na gestão de pessoas, como clima organizacional ruim ou falta de identificação com a cultura da empresa. 

Reduzir esse índice é um dos maiores desafios do setor de recursos humanos. Contudo, as empresas já estão começando a perceber que apostar em quesitos como diversidade pode ajudar a diminuir esse problema.  

Veja a seguir mais sobre turnover e qual a relação entre ele e a diversidade nas empresas.  


O que é turnover?   

Turnover é um termo inglês utilizado na área de recursos humanos para representar a taxa de rotatividade de colaboradores dentro de uma empresa.   

Esse índice leva em consideração as admissões e demissões que aconteceram na  organização em um determinado período de tempo. 


Qual a importância desse indicador para a organização?

Toda empresa possui uma taxa de turnover e, dependendo deste número, ele pode estar em um nível saudável.  

O problema, no entanto,  é quando esse índice apresenta um número muito alto. Afinal,  indica falha na gestão de pessoas, clima organizacional ruim, falhas no processo de recrutamento e seleção e até mesmo dificuldades de retenção de talentos na empresa.  

Uma alta taxa de turnover também pode gerar um impacto financeiro, já que a demissão de um funcionário envolve custos, assim como os novos processos de admissão e treinamento de funcionários.  

Por isso, é importante que o RH da sua empresa acompanhe esse índice e crie estratégias para diminuir ou prevenir esse problema. Veja mais a seguir.  


Como o RH pode ajudar a reduzir o turnover?   

Mais importante do que saber o índice de turnover na empresa é descobrir quais as causas do problema. Busque entender o que faz com que a empresa não consiga reter os seus talentos ou não consiga encontrar os talentos que tenham o perfil da organização. 

Depois de saber as causas, fica mais fácil de agir. Nessa etapa, o RH precisa promover algumas mudanças, e as principais que podemos destacar são:

 

  • Melhoria no processo de recrutamento e seleção; 
  • Investimento nos colaboradores  e plano de carreira; 
  • Ferramentas de RH 
  • Fortalecimento da cultura organizacional
  • Investir na diversidade


Melhoria no processo de recrutamento e seleção 

O primeiro de todos é a melhora no processo de recrutamento e seleção. Isso, pois é necessário encontrar pessoas semelhantes a cultura da empresa para que elas se adaptem e se sintam bem naquele ambiente. 


Investimento nos colaboradores e Plano de carreira 

Antigamente, muitas empresas tinham a mentalidade de que investir nos colaboradores era um erro. E ainda usavam como argumento que todo esse investimento apenas serviria como uma preparação para que eles buscassem novas oportunidades e atuassem  em outras empresas.  

Contudo, o tempo mostrou que, na verdade, acontece o contrário. Quando a empresa investe nos colaboradores, eles se sentem gratos e satisfeitos e podem aplicar o que aprenderam em suas tarefas e contribuir para o sucesso da organização, através do intraempreendedorismo. 

Assim como um bom plano de carreira pode fazer com que os colaboradores permaneçam na organização, pois sabem que estão construindo algo naquele lugar, o que acaba os motivando a dar o seu melhor.  

 

Ferramentas de RH 

Investir em ferramentas modernas também ajuda na retenção de talentos de uma empresa. Apostar na tecnologia faz com que o seu negócio passe a imagem de um ambiente  inovador, principalmente quando se trata de sistemas de RH. 

Aqui, podemos citar um controle de ponto moderno, em que os colaboradores fazem a marcação por meio de  aplicativo de ponto eletrônico. Além dele, também existem  plataformas em que os funcionários podem dar feedbacks sobre os seus trabalhos. Assim, contribuem  de forma positiva para a gestão de pessoas.  

 

Fortalecimento da cultura organizacional  

A sua empresa assume abertamente quais são os seus valores e sua cultura? Essa é uma informação que deve ser passada a todos os colaboradores e vivida no dia a dia da empresa.  

Quando colaboradores se sentem motivados e pertencentes a cultura organizacional, eles se engajam mais e podem permanecer mais tempo na organização.  

 

Investir na diversidade 

Todos esses tópicos contribuem para a diminuição do turnover, mas o principal que iremos destacar é a diversidade. A seguir, saiba como esse tópico pode ser aplicado para diminuir a rotatividade, acompanhe! 


Diversidade e turnover: qual a relação?  

A identificação do funcionário com a companhia é um importante fator de retenção de talentos. Em um ambiente onde não existe diversidade, fica difícil que colaboradores de diferentes culturas, idades e  etnias  se sintam bem-vindos na empresa.  

Em algum momento da sua vida, você já deve ter se encontrado em um lugar em que não conseguia se identificar ou se enturmar, e se na vida pessoal é difícil na vida profissional se torna um desafio ainda maior. 

Afinal, o nosso trabalho é um compromisso que devemos honrar diariamente. Todavia, aprender a conviver com o novo e com o diferente não é apenas uma capacidade que os profissionais devem ter. Isso deve ser estimulado pela própria organização.  

Por muito tempo o ambiente organizacional foi mantido dentro de padrões, mas, felizmente, esse cenário tem mudado, e diversas empresas já perceberam o quanto promover um ambiente mais diverso pode ajudar na retenção e atração de talentos.  

Essa é a relação entre a diversidade e turnover, um ambiente mais diverso de diferentes culturas promove colaboração, aprendizado, identificação dos colaboradores com a companhia e, por fim, mais satisfação em pertencer àquele ambiente.  


Como a diversidade pode impactar na rotatividade de funcionários?  

Como falamos acima, um ambiente mais diverso estimula a satisfação dos colaboradores com a empresa, além de fazer com que eles se engajem mais com a cultura organizacional.  

E não para por aí, um ambiente de diversidade também pode fazer aumentar a produtividade e a criatividade dos colaboradores.  

Juntando todos esses fatores, a diversidade acaba fazendo com que a empresa aumente a retenção de talentos e que os funcionários permaneçam por mais tempo na organização e com isso, a empresa consegue diminuir sua taxa de turnover. 


Por que uma empresa deve investir em diversidade cultural?  

Além de ajudar na retenção de talentos, a diversidade cultural contribui para um ambiente mais saudável, inovador criativo e colaborativo.  

Pessoas com diferentes culturas podem trocar informações, experiências e aprendizados. Apostando na diversidade, a sua empresa só tem a ganhar em competitividade, retenção de talentos, lucratividade, produtividade e motivação.  


Conclusão  

Chegou o momento de sua organização se reinventar e apostar nos novos modelos de gestão de pessoas. 

Medidas como promover mais diversidade ajuda na gestão de recursos humanos, além de fazer com que sua empresa alcance outros níveis. 

Neste conteúdo você entendeu qual a relação entre o turnover e diversidade e como essa prática pode ajudar na retenção de talentos na sua empresa.   

 

Este conteúdo foi produzido em parceria com o time da PontoTel 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *