O que é um planejamento estratégico? Entenda o conceito e como fazer

O que é um planejamento estratégico

O planejamento é uma atividade constante na rotina dos gestores de negócios. Alguns planos são mais pontuais, como o que está por trás de um projeto de marketing ou do desenvolvimento de um novo produto. Outros são mais amplos e abrangem a organização inteira, como é o caso do planejamento estratégico. 


O que é um planejamento estratégico?  

Planejamento estratégico é um documento que estabelece a estratégia a ser adotada para que a organização possa atingir seus objetivos gerais.  

Em outras palavras, ele determina diretrizes e ações necessárias para que a empresa possa sair de sua posição atual e chegar à posição desejada a curto, médio e longo prazo, concretizando suas principais metas a cada passo do caminho. 

É importante diferenciar o planejamento estratégico do plano de negócios. Embora eles tenham características em comum, são aplicados em fases diferentes. 

O plano de negócios é usado para auxiliar a concretizar a ideia de negócio, avaliando sua viabilidade e formalizando a maneira como ele será organizado. Enquanto isso, o planejamento estratégico é um documento de uso diário para a gestão do negócio que já está de portas abertas. 


Por que fazer um planejamento estratégico? 

Fazer um planejamento estratégico requer tempo e, especialmente, reflexão. Mesmo assim, a elaboração desse documento vale a pena, pois traz importantes vantagens para o negócio. Veja os principais motivos para se dedicar a essa tarefa. 


Dá a todos uma visão clara da empresa 

O planejamento estratégico não fica apenas nas mãos do gestor; ele chega a todos que fazem parte da organização. Ao ter contato com esse documento, os colaboradores entendem melhor a identidade da empresa, os seus objetivos e a perspectiva que ela adota para concretizá-los. 

Como resultado, existe um alinhamento mais forte entre profissionais e empresa. A tendência é que os colaboradores trabalhem de maneira mais coesa entre si, e também direcionem seus esforços para apoiar o avanço da estratégia do negócio. 


Transforma as estratégias em ações concretas 

Muitas vezes, o empreendedor acredita que um planejamento estratégico não é necessário, pois ele já tem uma noção da sua estratégia para o negócio.  

No entanto, é no plano que essa estratégia é traduzida em ações concretas. Essas ações, então, permitem atingir os objetivos gerais da organização, saindo da posição atual da empresa e chegando à posição desejada. 

Ainda existe quem aponte que, mesmo sem o planejamento estratégico, é possível atingir os objetivos e levar a empresa à posição desejada.  

Embora seja mesmo possível, o planejamento serve como um mapa, que torna os esforços do gestor e de sua equipe de colaboradores mais direcionados e assertivos. Assim, ele aumenta a eficiência e reduz o tempo necessário para alcançar as metas de crescimento do seu negócio. 


Integra toda a organização 

Você já viu que um dos benefícios do planejamento estratégico é garantir que todos os colaboradores entendam melhor a organização da qual eles fazem parte. Porém, em uma situação ideal, os seus colaboradores não vão apenas ter acesso ao plano; eles vão participar da sua elaboração. 

Como resultado, o processo de planejamento estratégico é uma oportunidade valiosa de integração entre todos os membros da organização. Ele abre portas para que esses profissionais expressem sua própria perspectiva sobre a melhor forma de concretizar os objetivos da empresa. 

Vale a pena lembrar que essa troca de ideias, além de aumentar o engajamento da equipe, é muito benéfica para a inovação dentro da empresa. Estratégias inovadoras podem surgir da combinação de perspectivas de profissionais com experiências, formações e histórias pessoais diversas.  


Oferece vantagem competitiva 

As empresas que contam com um planejamento estratégico têm uma vantagem em relação aos seus concorrentes que não se dedicaram a esta tarefa.  

Como já dissemos, o planejamento estratégico é como um mapa. Portanto, você pode entender melhor essa dinâmica pensando na seguinte metáfora: a empresa que tem planejamento estratégico é como um barco que navega seguindo um mapa. Ele tem maiores chances de chegar ao seu destino rapidamente.  

Enquanto isso, a empresa que não tem esse planejamento é como um barco sem mapa, que pode acabar dando voltas em círculos. Ela depende muito mais da intuição e da sorte para conseguir atingir os objetivos. O nível de controle do gestor sobre os resultados é consideravelmente menor. Esse barco também corre maior risco de tomar a direção errada e acabar afundando. 


Conclusão 

O planejamento estratégico não é uma tarefa pontual, ele acompanha a evolução da organização; ele também pode – e deve – ser revisto ao longo do tempo, para incorporar mudanças na perspectiva do gestor e de sua equipe, nos objetivos do negócio e até mesmo na dinâmica do mercado. 

Além disso, como você descobriu neste artigo, o planejamento estratégico pode ser inovador, graças à intervenção de todos os membros da organização em seu desenvolvimento. 

Quer encontrar outras formas de incentivar a inovação em sua empresa? Fale com um de nossos especialistas no assunto e conheça o AEVO Innovate

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *