PMBOK vs Agile: Descubra como unir as duas metodologias

PMBOK vs Agile: Descubra como unir as duas metodologias

Com certeza, você já passou por situações onde se perguntou: PMBOK vs Agile. Qual devo usar?

“O que devo fazer para salvar a minha empresa?” É a pergunta que todo empreendedor se faz todos os dias quando está em uma situação de crise. 

Correr atrás do prejuízo vira questão de necessidade quando existe o desejo de retomar o sucesso profissional. 

Para inovar a sua empresa e alcançar o seu objetivo não é necessário pensar em uma solução de outro mundo. Muitas vezes, os processos de inovação podem te ajudar neste sentido. Mesclar tradição com agilidade é o ideal e não precisa se tornar um grande bicho de sete cabeças. O empreendedor pega o que é essencial de cada metodologia e coloca na prática do dia-a-dia da empresa. 

Não se preocupe com a batalha PMBOK vs Agile. Afinal, é possível realizar consultas ao pmbok e coletar as estratégias da metodologia Agile. Assim,  o empreendedor terá muitos recursos em mão para garantir a ascensão de sua empresa com caráter conceituado. A partir disso, sua empresa terá um ambiente com mais teste em inovações incrementais e novas áreas para explorar.

Com a relação entre as metodologias Ágeis e o PMBOK, os níveis de adaptabilidade irão se expandir. Mas, sem fugir muito do que é sustentável para sua empresa. Por este motivo é importante fazer um planejamento antecipado. Mas, tenha em vista que se algo dê errado, essa pode ser apenas sua primeira tentativa.

Criada pelo Project Management Institute (PMI), o PMBOK é uma nova história da gestão e organização de projetos. O conjunto de conhecimentos de gerenciamento é um Script que integra conceitos na área de atuação e ferramentas adequadas para o projeto.

O PMBOK ganhou força ao longo do tempo, se tornando um guia de padrões de gerenciamento de projetos finitos. Ganhou tanta força que se tornou um recurso tradicional perante as empresas.

Já o Agile Practice Guide foi criado para dar uma nova linguagem à velhas abordagens. Indica de que maneira é possível encaixar novos recursos em projetos. A metodologia tem o foco de atender às necessidades gerais do profissional e de sua empresa.

Quer saber mais sobre PMBOK? Leia aqui.

 

PMBOK vs Agile?

Por que criar uma rivalidade entre os dois métodos? As duas metodologias são como peças de quebra cabeça. Elas se complementam devido a necessidade de cada projeto. Não é preciso usar somente um e descartar o outro.

O PMBOK e a agilidade se somam a fatores imensuráveis. Elas adquirem novas formas de se comunicar com os clientes, descomplicando os processos. Entrando no novo mundo da transformação digital, as metodologias de gestão são mais diretas. Os conteúdos são mais enxutos e o envolvimento com o público é maior. Quando se põe em comparação, os dois se diferenciam basicamente entre o atual e o antigo.

O antigo funciona como um script, com tudo posicionado. A estratégia tem o seu lugar, e o que deve ser feito para resolver certo problema. As ações serão mais previsíveis e tudo irá funcionar de forma hierárquica, sob comando de superiores. Tudo isso para que no final se ganhe a recompensa de um trabalho bem arquitetado.  

O atual é dinâmico, colaborativo e possui liderança dos que possuem contato mais direto com o público alvo. Geralmente, caracterizam-se por uma busca maior na interação e na garantia de qualidade. Com foco no cliente, possui grande capacidade de se adaptar a novas propostas, mas gera apreensão sob os resultados finais. Propostas são diferenciadas e engajamentos são mais fortes. 

Mas, de que forma podemos ter uma relação entre a flexibilidade e a formalidade? Vejamos alguns pontos:

É importante ressaltar que não se trata de uma competição. Não adianta aderir uma mudança em seu projeto se você não gosta do que já está pautado. Não é recomendável se arriscar quando se tem medo. A probabilidade de fazer algo dar certo quando não se acredita no bom resultado final é quase zero.

O que um tolera, para o outro se torna inviável. Para isso, articule suas  ideias da melhor maneira possível. Pense bem no que tem serventia para uso. Veja em quais aspectos deve-se utilizar a forma mais tradicional ou a forma mais ágil. O PMBOK é viável para projetos mais simples. Ele consiste em tutoriais que têm dado certo na prática e que garante o sucesso da tática, principalmente no quesito da tecnologia. Para assuntos mais complexos e que exigem um novo tom de argumentação seria ideal aplicar o SCRUM. Ele é o meio ideal para se encaixar a forma mais habilidosa, pois se trata de uma área de inovações e de grandes adaptações. 

Administre bem os processos. Saiba que para um ciclo existe o início, meio e fim. A execução de cada parte do processo mostra como você se planeja e como controla todas as situações. As metodologias ágeis e o PMBOK trazem excelentes respostas quando trabalhadas em conjunto. Se adequar ao novo sem perder a essência do tradicional é a nova jogada do momento e é bastante eficiente.

Qual é mais produtivo? Para saber mais, preparamos um guia.

 

Como ter uma abordagem híbrida

Uma abordagem híbrida se dá principalmente pela união das duas técnicas tidas como tema deste texto. É a forma de transitar pelos dois meios sem que haja uma percepção notória e que flua de maneira contínua. A técnica de PMBOK somada às metodologias ágeis trazem um aperfeiçoamento no resultado total, fazendo uso das melhores técnicas e práticas.

 

Passo 1: Refine seu trabalho, tenha um backlog!

Quando se lida com desenvolvimento de softwares, muito se ouve falar em backlog. Mas, o que é? Em uso, trata-se de um acúmulo de determinada tarefa. Trata-se de uma planilha onde se tem uma lista do que fazer, quando e de que maneira deve ser entregue.  Quem trabalha com Agile faz uso de backlog, que é uma forma de organizar suas tarefas pendentes.

 

Passo 2: Tenha em mente uma regra de completude

Defina uma regra com o que se há de mais completo e que tenha melhor qualidade. Escolha uma regra que se adeque ao tema e que você tenha maior facilidade de usar. Mas, isso não pode te trazer prejuízo ou descontentamento. Sua abordagem de forma híbrida pode demorar a acontecer se você não tem uma regra bem estabelecida.

 

Passo 3: Apure o percentual

Como se faz isso? Através da consulta ao seu backlog! Durante o desenvolvimento de seu trabalho, atualize a sua lista. Através de porcentagem, anote o quanto foi feito de sua tarefa. Depois disso, faça o cálculo da média dos itens. Some todos os itens e divida pela quantidade. Assim, você terá a apuração do percentual de seu trabalho.

 

Passo 4: Planeje-se

Faça previsões através de seu percentual e da data limite e veja se dará tempo. Se o quanto você produz em um único dia é suficiente, administre suas progressões e suas regressões. Busque a melhor forma de melhorá-las. Use suas planilhas a seu favor, compare o quanto você avançou desde seus feitos passados até os atuais. Veja se o seu ritmo permanece o mesmo, ou se melhorou e repasse sua forma de se programar. Assim, todos os que estão trabalhando com você podem entrar no mesmo ritmo e seguirem juntos.

 

Passo 5: Seja cuidadoso

Vez ou outra, algo em seu projeto não vai sair como planejado. Portanto, isso pode fazer com que seu trabalho não avance e seu prazo não seja tão preciso assim. Para isso, tente adiantar o máximo possível de seu desempenho em áreas que você possui mais domínio. Assim que acabar, reveja os pontos a serem refeitos.

 

faça do programa de inovação da sua organização uma máquina de ideias | solicite demonstração | AEVO Innovate

Posts Relacionados
O quanto você entende sobre o PMBoK? Um gestor que se preze deve saber como
Se você e sua equipe estão passando por demora nas entregas, dificuldades na consistência e
Sabemos que existem aqueles gestores que têm o Guia PMBOK como livro de cabeceira. E

Deixe uma resposta