O que é hub de inovação? Entenda o conceito e suas características

o que é hub de inovação

Quando você precisa comprar uma roupa, provavelmente vai ao shopping – um espaço físico que reúne várias lojas e onde você provavelmente vai encontrar uma opção ideal de solução para sua necessidade. Agora, quando uma empresa ou um investidor precisa de uma inovação, aonde eles podem ir? Para responder a essa questão, precisamos falar sobre o que é hub de inovação. 

O hub de inovação funciona de maneira análoga ao shopping. Neste artigo, você vai entender melhor essa analogia e aprender tudo sobre hubs de inovação.  


O que é hub de inovação? 

Um hub de inovação é um espaço físico onde várias startups podem estabelecer suas operações. Dessa forma, elas contam com um local para desenvolver suas atividades.  

Porém, ainda mais importante do que isso, elas contam com uma vitrine, para que suas soluções inovadoras sejam vistas por empresas e investidores, e até mesmo por outras startups. Assim, elas contam com a oportunidade de formar parcerias estratégicas. 

Por isso, podemos dizer que um hub de inovação é como um shopping, onde empresas e investidores são como clientes que visitam em busca de uma resolução para sua necessidade (no caso, de inovação), enquanto as startups são os lojistas que expõem suas alternativas. 

Em outras palavras, ele é um espaço de construção de pontes e promoção de oportunidades de negócios. 


Como funciona um hub de inovação?  

Agora que você já sabe o que é hub de inovação, vamos entender como eles funcionam.  

De maneira resumida, eles dão certo graças a um ciclo virtuoso de efeito de rede. Se houver um número relevante de startups no hub, mais empresas e investidores serão atraídos. E, se mais empresas e investidores estiverem engajados com o hub, mais startups vão querer participar. 

Porém, apenas o número não é suficiente. É preciso manter um alto padrão de qualidade, o que depende do rigor na seleção das startups e no convite aos parceiros em potencial. 


Como é a estrutura de um hub? 

A estrutura de um hub de inovação depende de um espaço físico. No entanto, isso não significa que ele precisa ser criado como um projeto definitivo. 

Uma possibilidade é começar com um formato diferente, como uma “feira de inovação”. Desta forma, não é necessário ter um espaço físico permanente, o que reduz o investimento inicial.

Além disso, permite experimentar com o grupo de startups que farão parte do projeto, antes de partir para algo mais fixo. 

Outra alternativa para a estrutura de um hub de inovação é adotar um formato escalável, ou seja, capaz de crescer conforme o nível de interesse e o número de participantes aumente.  

Vale a pena, lembrar que esses hubs são representações da região onde são constituídos. Portanto, são marcados pelas mesmas características do ecossistema de inovação dessa região – sua cultura e valores, seu estilo, suas pessoas e lideranças. 


Vantagens dos hubs de inovação 

Para completar esse artigo sobre o que é hub de inovação, conheça algumas das principais vantagens que esses hubs oferecem a todos os seus participantes. 


Acesso a estrutura física adequada

Algumas startups, devido aos recursos limitados em seus estágios iniciais, não contam com um espaço com estrutura física adequada para estabelecer suas operações.

Um hub de inovação oferece esta estrutura física – o que, inclusive, pode colaborar para que as startups avancem com suas atividades de maneira mais eficiente e produtiva. 


Networking entre as startups 

O fato de várias startups compartilharem um ambiente comum de trabalho gera uma aproximação e cria oportunidades para networking entre elas.

Assim, pode ser realizada uma troca de experiências, conhecimentos e ideias muito ricas. Além da possibilidade de surgir oportunidades de parceria, combinando as soluções inovadoras de diferentes startups. 


Oportunidade para empresas e investidores 

As startups não são as únicas que se beneficiam; as empresas e investidores da região também encontram uma vantagem na criação de hubs. Esses espaços oferecem uma maneira prática de se posicionar no ecossistema de inovação e formar parcerias 

Outro ponto que merece destaque é que, como as startups passam por uma seleção para integrar o hub, também existe um nível maior de confiança nas relações estabelecidas dentro dele. 


Promover contato com especialistas e mentores 

Os contatos que são estabelecidos por meio do hub de inovação não se limitam a startups, empresas e investidores.

Esse espaço também torna possível que as startups encontrem especialistas e mentores, líderes nas áreas acadêmica e corporativa. Essas pessoas vão ajudá-las a avançar nos aspectos técnicos e estratégicos de seu negócio.  


Conclusão 

Um hub de inovação é um dos caminhos possíveis para aproximar os agentes interessados em inovação – startups com boas ideias, empresas em busca de soluções, investidores atrás de uma oportunidade financeira, universidades e até o Governo 

Os hubs estão em expansão no país e integrar um deles – ou criar um em sua região – pode trazer inúmeras vantagens. 

Quer aprender mais sobre os hubs de inovação, ou conhecer outros conceitos deste universo? Acompanhe o blog da AEVO! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *