Pitch: como criar uma apresentação de sucesso

pitch

Vender um produto ou serviço nem sempre é uma tarefa fácil, imagine então uma ideia. No entanto, é isso o que deve ser feito quando se busca investimento para montar um negócio, o que é bastante comum para as startups.

Nessa hora, é necessário desenvolver o chamado pitch, uma apresentação curta e eficiente para convencer de que a sua ideia vale a pena.

Para entender mais a respeito de como criar uma apresentação de sucesso, confira as informações deste artigo.


O que é pitch e qual sua importância?

Basicamente, pode-se dizer que o pitch é uma apresentação rápida de uma ideia de negócio ou mesmo de um produto ou serviço. Hoje, o termo se tornou comum para indicar a apresentação que o empreendedor deve fazer da startup para possíveis investidores.

Porém, também pode ser usado na hora de mostrar serviços e produtos para sócios, clientes e outros públicos. De todo o modo, o principal objetivo é convencer que a ideia apresentada tem potencial, para tanto, clareza, persuasão e boa oratória são essenciais.

Você deve ainda ser sucinto, já que se trata de um resumo daquilo que você deseja apresentar. Isso inclui o que é a sua ideia, produto ou serviço, quem são seus possíveis compradores e como a sua solução atende esse público.

Se o pitch acontecer em um evento, é possível que você tenha menos de cinco minutos, mas conforme a situação, esse tempo se estende até 20 minutos. Ou seja, o seu poder de síntese é fundamental, sem perder de vista o foco da apresentação.


Tipos de pitch

Pitch de elevador

O pitch de elevador se trata de uma apresentação bem curta, em torno de 30 segundos até um minuto, e possui esse nome justamente por acontecer em pouco tempo, assim como o trajeto de um elevador. Aqui, recomenda-se que o foco seja na proposta de valor da sua ideia.

Mesmo assim, nesse pequeno espaço de tempo você deve informar o nome da empresa, o que foi desenvolvido, qual é o público alvo, problema atendido e seu diferencial.

Se em até um minuto você conseguir captar a atenção e interesse de um possível investidor, você atingiu o objetivo do pitch de elevador.


Pitch deck

Consiste na apresentação de slides que sustentam o que é dito. Também deve ser sucinto, podendo se valer de recursos visuais para chamar a atenção do público.

Aqui, está uma chance de mostrar o seu diferencial, com uma apresentação profissional e criativa que fuja do padrão.


One-sentence pitch

É considerado o tipo de pitch mais desafiador, já que é o resumo do seu negócio em apenas um parágrafo, que pode ter de duas a três linhas.

Mesmo aqui é preciso fornecer todas as informações para garantir uma apresentação completa. Pode parecer desafiador, mas com a prática você irá conseguir desenvolver um pitch perfeito.


Como é a estrutura do pitch

A estrutura do pitch de sucesso, como já mencionado, deve conter as principais informações a respeito da sua ideia de negócio, produto ou serviço. De acordo com a situação, pode ser maior ou menor. De qualquer forma, é preciso apresentar as seguintes informações:

  • Oportunidade de negócio;
  • Mercado de atuação;
  • Solução oferecida;
  • Diferenciais;
  • Proposta de valor;

Se for optar por uma apresentação visual, use até cinco slides, para não ficar longo demais ou tedioso. No primeiro, explane a oportunidade de negócio, bem como o público alvo. No segundo e no terceiro, mostre a solução, explicando seu propósito e indicando seus diferenciais para a resolução do problema.

Posteriormente, mostre o produto ou serviço, com fotos do protótipo ou desenho do projeto, para que seja melhor compreendido. No quarto slide, destaque os diferenciais, pois são pontos fortes na hora dos investidores avaliarem novas ideias.

Assim, não deixe de falar sobre as vantagens competitivas do seu negócio. Por fim, no quinto slide explane o que você precisa. Para investidores, indique o valor necessário. Para clientes, explique como é a remuneração.


6 Dicas para montar um pitch perfeito

1 – Faça um planejamento

A primeira dica para o pitch é planejar o que vai ser dito e mostrado na apresentação. Isso ajuda a orientar o seu fluxo de ideias, para que sejam apesentados de forma ordenada, bem como tornar o conteúdo sucinto, claro e objetivo.


2 – Apresente dados sólidos

Mais uma dica importante é ter dados concretos, o que é essencial para dar credibilidade à explanação. Portanto, faça os cálculos e pesquise informações completas e reais para embasar o seu argumento de convencimento e persuasão. Isto é, mostre que a sua ideia é lucrativa.


3 – Domine o assunto

Dominar o assunto é outra recomendação para criar um pitch de sucesso, assim, você ganhaconfiança e mais chances de atingir os objetivos.

Além disso, consegue responder a todas as possíveis perguntas, o que também é fundamental para obter resultados.


4 – Tenha uma proposta de valor

Além de mostrar o lucro que o seu negócio proporciona, investidores se interessam pelo que a sua ideia representa. Em outras palavras, quais os seus benefícios, além da resolução do problema em si.

Um serviço que economiza energia elétrica, por exemplo, também é ecologicamente correto e essa é a sua proposta de valor.


5 – Defina seu modelo de negócios

O pitch deve apresentar com clareza o modelo de negócio, que se trata de como a sua ideia se sustenta. Então, deixe claro quem são os seus clientes, quanto é cobrado deles e a partir de quando o seu negócio começa a ter o retorno previsto.


6 – Inove na apresentação

Lembre-se que um pitch de sucesso, acima de tudo, deve ser inovador, assim, você já garante a atenção do público. Para tanto, procure fazer uma apresentação fora do padrão, inclusive, sem usar somente os slides. A maneira como você se comporta é crucial nessa hora.

Confira um exemplo de pitch criativo em que você pode se inspirar!


Conclusão

Agora que você já sabe como criar um pitch de sucesso, descobriu a sua importância, estrutura e conferiu todas as dicas para obter resultados positivos, chega a hora de colocar em prática nossas dicas para apresentar um pitch perfeito.

Mas, se você já possui um negócio e quer melhorar sua gestão, para ter seus projetos organizados de forma mais clara e objetiva, além de KPI’s mensuráveis, para no futuro captar investidores, que tal trabalhar com uma Plataforma de Gestão da Inovação? Conheça o AEVO Innovate.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *