Edtechs: o que é, como elas influenciam a edução e exemplos

edtechs

Em um cenário de digitalização e transformações digitais, surge a oportunidade para inovação no setor de educação, com as edtechs.

Hoje, no Brasil, o mercado de edtechs segue em crescimento, com mais de 430 startups, com foco em São Paulo.


O que são edtechs?

As edtechs são startups dedicadas à criação de novas soluções educacionais, com foco em tecnologia na educação. Seu nome é uma junção entre os termos em inglês education (educação) e technology (tecnologia).

As edtechs como conhecemos só surgiram depois da popularização do Wi-Fi, smartphones e após a aparição das plataformas de e-learning.

No geral, as soluções das edtechs podem ser:

  • Softwares personalizados;
  • Plataformas online;
  • Ferramentas de gamificação;
  • Simuladores de realidade virtual (VR);

Dessa forma, as soluções de uma edtech são feitas para gerar mais engajamento dos alunos. Com isso, se encaixam no meio acadêmico, de educação corporativa e de educação a distância.


Por que as edtechs são tão importantes?

Para entender a importância das edtechs no Brasil, é necessário entender o contexto educacional no país. A educação brasileira tem números negativos: de acordo com o Anuário, 51,2% dos jovens de 19 anos de classe baixa haviam completado Ensino Médio em 2019.

Os maiores problemas que levam a isso são:

  • Dificuldades financeiras;
  • Distância entre o domicílio do aluno e a escola;
  • Dificuldades de aprendizado no ritmo normal.

Mas, porque as edtechs são uma solução?

Tais dificuldades criam uma oportunidade para melhorar o método de ensino, aumentar o acesso escolar e permitir maior praticidade. Apesar das dificuldades, os brasileiros possuem vontade de aprender e ambição na carreira.

E uma edtech se torna uma solução nesse meio, pois ela:

  • Torna a aprendizagem mais eficiente, permitindo metodologias mais adequadas para cada aluno;
  • Atende uma demanda por treinamento que uma sala de aula não pode atender;
  • Viabiliza novas tecnologias para aprendizagem, com as edtechs sempre prezando pela inovação tecnológica.

Além disso, não se restringe apenas ao meio acadêmico, também sendo uma solução para as dificuldades na educação corporativa!


Leia também: Tríplice hélice da Inovação: empresas, universidades e governo


Quais são os segmentos de atuação das edtechs?

A educação edtech pode atuar através de várias ferramentas: software, simuladores, gamificação, etc. Da mesma forma, também atua em vários segmentos.


Educação básica

Praticamente metade das edtechs brasileiras são focadas na área da educação básica, pois se trata do período com maior presença da população brasileira. É comum a parceria entre edtech e escola, conciliando processos tradicionais com a tecnologia.

E quais são as ferramentas mais comuns? Plataformas de ensino personalizada, sistemas de gestão e aplicativos para gamificação.


Educação técnica

A educação técnica relacionada com as edtechs abre espaço para produtores independentes de conteúdo técnico e desenvolvedores de plataformas. Como o foco é o desenvolvimento de uma habilidade, há maior flexibilidade para cursos online.

Com isso, é comum o uso de plataformas para cursos mais específicos, como de artesanato, fotografia, design e programação.


Educação superior

No Brasil, a aliança entre edtechs e educação superior é muito menor em relação à educação básica. Contudo, há muito espaço para melhoras, pois é comum que as universidades busquem a cultura de inovação para otimizar o ensino.

Uma solução inovadora feita por uma edtech pode possibilitar:

  • Melhor metodologia de ensino;
  • Maior flexibilidade de horários, essencial para uma época onde alunos tem que dividir seu tempo entre estudos e trabalho.
  • Flexibilização de horários
  • Ensino à distância

Educação corporativa

A educação muitas vezes forma um profissional que não atende ao que o mercado exige. Por isso, é mais vantajoso para as empresas ajudarem na formação de conhecimentos específicos do profissional e não contratar um novo, diminuindo o turnover.

As edtechs são aliadas das empresas, pois colaboram para a construção de um modelo de ensino na organização. Com isso, há um treinamento mais prático, flexível e sem interromper o funcionamento da empresa, capacitando os colaboradores e fomentando o employer branding.


Leia também: Inovação tecnológica: Tudo que você precisa saber!


7 edtechs brasileiras de sucesso

É possível encontrar bastante edtechs no Brasil. Alguns exemplos famosos são:


ClassApp

classapp

O ClassApp é um aplicativo que promove uma rede de comunicação sem burocracia entre instituições de ensino, pais e alunos. Com ele, é possível enviar mensagens para alunos de forma segura e em tempo real.

No app o professor pode ainda enviar fotos e vídeos, compartilhar documentos, agendar reuniões, receber pagamentos e solicitar assinaturas dos pais de forma digital.


Geekie

edtechs - geekie

Um bom exemplo de plataforma de ensino personalizável é a Geekie. Ela permite uma adaptação do aprendizado para os padrões de comportamento do aluno. O ensino é individualizado e possui simuladores de deveres de casa.

A plataforma também conta com consultoria pedagógica e bussiness inteligente, com o preparatório para o ENEM certificado pelo MEC.


Descomplica

Descomplica

Já a Descomplica é uma edtech com foco em cursos preparatórios para vestibulares e exames, em que são disponibilizadas vídeo-aulas de diversas matérias. Ela também possui cursos profissionalizantes e MBAs

A startup em 2021 fez seu IPO e entrou para a bolsa de valores.


Veduca

veduca

A Veduca é um espaço para cursos e aulas on-line e gratuitas de universidades reconhecidas internacionalmente, tudo em português. Ela possui cursos para hard skills e também soft skills, habilidades cada vez mais exigidas para ter sucesso na carreira profissional.


DOT Group

DOT

Já o Dot Group é uma startup com foco em capacitação corporativa e também no desenvolvimento de conteúdos digitais, por meio de trilhas de aprendizagem, desenvolvimento de líderes, treinamento, engajamento, soluções integradas como RH ágil, diagnóstico educacional, estudo de persona, medição e muito mais.


Hondana

edtechs - hondana

A Hondana é uma plataforma que disponibiliza uma base de conhecimento e técnicas de capacitação para empresas, com foco em treinamentos para o setor de vendas.

Ela possui um sistema de envio de dicas diárias, afim de manter o executivo sempre atualizado, estratégias de gamificação para o engajamento dos colaboradores e dashbords para visualização de insights de forma prática.


Alura

edtechs - alura

A Alura é a maior plataforma de cursos de tecnologia no Brasil, com mais de 1.220 cursos variados e com novos lançamentos toda semana. Lá você encontrar cursos de Marketing, programação, design, devops, inovação e gestão e outros.


As edtechs evoluem à medida que a tecnologia utilizada no Brasil se aprimora. Por isso, certas tendências já podem ser observadas na educação:


Conclusão

A busca por inovação é o que faz as edtechs desenvolverem novas soluções e serem tão presentes em diferentes níveis da educação.

E, para buscar a inovação constantemente, uma ótima solução é utilizar uma plataforma de Gestão da inovação, como o AEVO Innovate. Fale com um de nossos especialistas e conheça o maior software de Inovação da América Latina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *