Gestão da qualidade: Entenda sua importância e porque aplicar

gestão-da-qualidade-2

A Gestão da Qualidade é um tema de enorme importância para empresas que desejam ganhar novas fatias do mercado e aumentar sua lucratividade.

O propósito do conceito é a redução no número de erros cometidos, através do gerenciamento de processos, permitindo que os produtos tenham melhor qualidade e sejam produzidos mais rapidamente, garantindo também a economia de recursos pelo caminho.


O que é Gestão da Qualidade e qual sua origem?

A Gestão de Qualidade é um conjunto de práticas através das quais uma organização pode garantir melhores processos e produtos finais, utilizando metodologias e ferramentas reconhecidas mundialmente.

Sua implementação está ligada à ideia de melhoria contínua, buscando aprimorar tanto os padrões utilizados no desenvolvimento dos produtos quanto nas diversas áreas que sustentam a companhia: comunicação, finanças, RH e assim por diante.

A primeira iniciativa para estabelecer um modelo em Gestão de Qualidade foi registrada nos anos 1920. O Controle Estatístico de Processo (CEP) orientou fornecedores do exército norte-americano durante a II Guerra Mundial, garantindo armamentos, veículos, uniformes e demais recursos em conformidade com os critérios pré-determinados.

No fim da guerra, o Japão entrou num longo processo de reconstrução, movimento que deu origem a modelos como o Kaizen. As duas escolas de pensamento passaram a dialogar por volta dos anos 80, com o avanço da globalização.

Foi também nessa época que a Gestão da Qualidade ganhou espaço no Brasil, impulsionando a inovação e competitividade da indústria nacional contra a chegada cada vez maior de produtos importados ao território nacional.


Os 8 princípios da Gestão da Qualidade

Existem vários modelos para implementar a Gestão da Qualidade na sua empresa, como o ciclo PDCA, a matriz SWOT e o Lean Manufacturing. Todos eles são caminhos para atingir estes oito fundamentos:


1. Foco na satisfação do cliente

Esse é o objetivo central na Gestão de Qualidade. O cliente deve ter suas expectativas atendidas e superadas, obtendo uma experiência agradável com os produtos e serviços da companhia.


2. Liderança proativa

Quem espera fica para trás. Os líderes, em todas as escalas, devem agir para facilitar o caminho dos colaboradores, permitindo que suas equipes possam dar o melhor de si a cada dia.


3. Gestão de processos

Transformar atividades em processos permite identificar, com exatidão, os elementos responsáveis pelo seu bom ou mau desempenho. A partir dessa visão, é possível garantir um resultado cada vez melhor.


4. Melhoria contínua

Processos são como as engrenagens e parafusos da máquina. O ajuste cuidadoso de cada um é o que permite o bom funcionamento da organização, e deve ser uma busca constante de todos os seus colaboradores.


5. Visão sistêmica

As barreiras entre os departamentos devem cair. Os líderes responsáveis pela Gestão de Qualidade também estarão encarregados de facilitar a comunicação na empresa e avaliar como cada colaborador e processo afeta o desempenho coletivo.


6. Decisões com base em fatos

Dados e análises concretas devem orientar as escolhas feitas na organização. A informação nem sempre está completa, é claro, mas isso só aumenta a importância de voltar as atenções para o que já se sabe.


7. Bom relacionamento com os parceiros

Fornecedores e outros aliados devem sentir o quanto é vantajoso fazer negócios com a sua empresa. Cultivar estes relacionamentos é um passo decisivo para obter sucesso duradouro.


8. Envolvimento geral

A Gestão da Qualidade precisa de um esforço coletivo para criar uma transformação permanente, e cada profissional deve estar comprometido com a visão da empresa. Aos líderes, cabe promover treinamentos e mentalidades adequados para envolver os demais colaboradores.


Benefícios da Gestão da Qualidade

Direcionar os olhares da companhia para uma atuação focada em Gestão da Qualidade possibilitará:

  • Criação de produtos cada vez melhores e mais desejados pelo mercado;
  • Redução de ineficiências e desperdício de recursos;
  • Decisões mais seguras e confiáveis, priorizando os dados ao invés das emoções;
  • Entregas consistentes, com variação mínima entre os produtos finais;
  • Ganho de produtividade, através de processos que podem ser repetidos e aprimorados;
  • Colaboradores motivados e diretamente envolvidos com o sucesso da organização.

Como ter uma Gestão da Qualidade efetiva na empresa?

O mapeamento dos processos é a primeira medida para implementar a Gestão de Qualidade. Ele permite compreender quais áreas precisam de maior atenção, e como cada uma afeta o desempenho das demais.

Você pode começar pelos processos diretamente ligados à satisfação do cliente (captação, desenvolvimento e entrega do produto, atendimento, etc) avançando para questões como a contratação, gestão financeira, processos de RH, e assim por diante.

Com uma visão detalhada sobre o funcionamento da organização, é hora de escolher as metodologias corretas para alcançar mudanças positivas. Você pode conferir os links abaixo para saber mais sobre alguns métodos aplicáveis à Gestão da Qualidade:

Estas metodologias devem orientar mudanças controladas, que permitem avaliar as consequências trazidas por cada variável modificada. Se várias mudanças forem implementadas de uma só vez, será difícil apontar qual delas originou os resultados percebidos.

Por fim, é crucial mensurar e otimizar estes resultados. Lembre-se que as decisões devem ser tomadas com base em fatos, e o primeiro passo é coletar o máximo de informações sobre como cada mudança está afetando o desempenho da organização.

A partir daí, é hora de investir mais no que está dando certo e promover mudanças onde os resultados não condizem com as expectativas.


Conclusão

Os oito princípios listados neste artigo, responsáveis por sustentar a Gestão da Qualidade, também estão alinhados com o AEVO Innovate, software que pode auxiliar a sua organização a adotar e ter sucesso com o modelo.

A plataforma disponibiliza uma gestão de projetos com informações centralizadas e compartilhadas pela equipe, ciclos de melhoria contínua, acompanhamento de indicadores para orientar as suas decisões, e uma série de outros recursos para transformar sua empresa num exemplo em Gestão da Qualidade.

Fale com um de nossos especialistas e solicite uma demonstração do maior software de Gestão de Inovação da América Latina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *