HACKATHON

Tudo o que você precisa saber!

Isabelle Oliveira

Isabelle Oliveira

Publicado em 13/11/2020

Os Hackathons são eventos destinados ao desenvolvimento de soluções para um desafio específico, proposto pelo organizador, e um hackathon on-line é realizado dentro de uma plataforma virtual.

HACKATHON

CONFIRA:

  • O que é um Hackathon?
  • Origem do termo: hacker + marathon
  • Quem costuma participar?
  • Como um hackathon pode ajudar na inovação?
  • Benefícios de fazer um Hackathon
  • Como funciona um Hackathon on-line?
  • Vantagens de fazer um hackathon on-line
  • 5 passos para organizar um hackathon on-line
  • Impulsionando a inovação com a maratona de Hackathon
  • Empresas que geraram resultados com hackathons
  • Conclusão

 

Pense em um evento que reúne programadores, desenvolvedores, designers e outros profissionais ligados à tecnologia e inovação, em um tipo de jornada ou maratona com o objetivo de criar soluções para problemas desafiadores de uma empresa.  Bem, isso existe e tem um nome específico: Hackathon.

O QUE É UM HACKATHON?

Originalmente, Hackathon é uma competição entre programadores cuja finalidade é esboçar a ideia de algum software que vise a resolução de determinado problema.

Essas competições ainda acontecem – seja de forma online ou presencial – mas o conceito acabou se expandindo. Hoje, os hackathons estão cada vez mais presente nas empresas.

No meio corporativo o Hackathon não acontece necessariamente visando a construção de um software, mas, sim, em soluções de modo geral. 

Os participantes se juntam e tentam resolver determinado problema ou até mesmo começar a propor projetos a melhoria  de algum processo

Um Hackathon dentro de uma corporação nada mais é do que um evento que busca a troca de ideias para desenvolver novas tecnologias e inovações.

ORIGEM DO TERMO: HACKER + MARATHON

Com toda a certeza você já ouviu o termo “hacker”, não é mesmo? Normalmente ele aparece com uma conotação negativa, mas não é isso que ocorre nesse caso!

Hacker significa programar com certa expertise, já a segunda parte da palavra, composta por “marathon” significa “maratona” em inglês. Então, apenas pela origem das palavras já podemos ter uma ideia do conceito.

A ideia original ainda ocorre, e muito, mas a adesão geral dessa técnica tem agradado muito as grandes empresas, que buscam cada vez mais entender o que é Hackathon e como implementá-lo.

QUEM COSTUMA PARTICIPAR?

Sabendo o que é Hackathon, talvez você esteja se perguntando se ele funciona mesmo e se há nomes de relevância no mercado que acabam utilizando esse método de ideias.

O Hackathon normalmente é algo muito presente nas startups, que são modelos de negócios escaláveis e que procuram constantemente por inovações e tecnologias. Entretanto, empresas de qualquer setor podem implementar a técnica.

Grandes nomes como Uber, SEBRAE, Globo e até mesmo a NASA utilizam dessa metodologia para instigar seus funcionários a pensar em novas formas de negócios e processos.

Agora, as maratonas de programação propriamente ditas – que vale muito a pena acompanhar, normalmente são realizadas por programadores, desenvolvedores, engenheiros e estudantes da área.

Os eventos costumam ser realizados em universidades, pois é onde concentra-se o público alvo e também há as ferramentas necessárias para o evento.

No Brasil, grandes instituições de ensino, como USP (Universidade de São Paulo) e UNESP (Universidade Estadual de São Paulo), promovem edições do hackathon.

COMO UM HACKATHON PODE AJUDAR NA INOVAÇÃO?

Os Hackathons proporcionam ambientes férteis para o desenvolvimento da inovação, usados especialmente para a criação de soluções tecnológicas inovadoras e disruptivas em um curto espaço de tempo, no geral uma maratona compreende um período que pode durar de um dia a uma semana.

E diversas empresas interessadas em mudanças de paradigmas (e que geralmente utilizam dados abertos) fazem ou já fizeram Hackathons, no Brasil e no mundo. Empresas como Petrobras, Visa, Facebook, Deloitte, Motorolla, Telefônica/Vivo, entre outras grandes empresas já incorporaram às suas realidades essas maratonas de inovação. No Facebook, por exemplo, os eventos acontecem com frequência, a cada seis ou oito semanas, e costumam durar uma noite inteira. Foi de um desses Hackathons realizados no início da rede social que surgiram soluções como o botão Curtir. Atualmente, as maratonas são consideradas algo muito maior, e estão diretamente ligadas à cultura de inovação da empresa.

É interessante frisar que um Hackathon também pode ser extremamente útil tanto para integrar melhor as equipes de uma empresa, por exemplo, quanto para desenvolver o networking entre os participantes.

BENEFÍCIOS DE FAZER UM HACKATHON

Promover uma maratona de hackathon, além de solucionar grandes problemas, traz muitos benefícios para a empresa. Isso ocorre independendo se é um hackathon interno – realizado com os colaboradores – ou um hackathon aberto – com participantes externos à empresa, como startups e universitários.

Os benefícios dos desafios abertos são:

  • Fonte de aprendizado
  • Aceleração de ideias
  • Implementação de projetos
  • Reduz o investimento em Pesquisa e Desenvolvimento

Já nos desafios internos, vemos:

  • Melhora na relação da equipe
  • Estimula a cultura de melhoria contínua
  • Engaja os colaboradores

COMO FUNCIONA UM HACKATHON ON-LINE?

Organizar um evento com duração entre 24h a 48h envolve muitas questões logísticas, afinal é preciso reunir centenas de pessoas em um único espaço para chegar aos resultados desejados. Por isso, um hackathon on-line é uma ótima opção para empresas que desejam ter o maior número de participantes possível.

O Hackathon on-line ocorre da mesma maneira que um presencial, mas a interação é feita de forma remota. Os participantes são divididos em equipes e todos têm contato simultâneo através de chats e vídeo-chamadas.

VANTAGENS DE FAZER UM HACKATHON ON-LINE

Os hackathons podem durar até 48h e organizar e coordenar uma estrutura para centenas de pessoas por tanto tempo não é tão simples.

Organizar um evento de grande porte on-line tem muitas vantagens:

  • Mais participantes e mais diversidade

Sem a barreira geográfica, o seu desafio pode atrair pessoas de qualquer lugar do mundo. Além de ter mais possíveis soluções, terá mais diversidade de gênero, raça e idade.

  • Os times podem se concentrar nas suas ideias sem distrações

Virtualmente, as equipes podem discutir suas ideias sem todo o caos do evento presencial.

  • Ambiente de trabalho agradável

Os participantes têm todos os acessórios e dispositivos que precisam, além do conforto de estarem em casa.

5 PASSOS PARA ORGANIZAR UM HACKATHON ON-LINE

Vamos agora aos primeiros passos para você conseguir realizar um Hackathon on-line na sua empresa:

DETERMINE O OBJETIVO DO HACKATHON

O primeiro passo é estabelecer qual será o objetivo da maratona. Cada segmento de mercado possui as suas particularidades, bem como cada empresa, leve isso em consideração.

Coloque em pauta os problemas que a sua organização está enfrentando, depois disso defina para qual desses desafios a inovação pode solucionar. Lembre-se também de que esse problema deve ser algo desafiador, que tem grande impacto para a empresa.

DEFINA A PLATAFORMA

Hackathon on-line é eficiente, mas é preciso que todos os participantes tenham acesso à plataforma e que ela seja eficaz. Para um bom andamento do evento, defina alguns requisitos básicos, como:

Para os participantes:

  • Inscrição on-line
  • Formação dos times de forma simples
  • Envio dos projetos
  • Interação via chat e/ou videoconferências entre os membros dos times

Para o organizador:

  • Acessar os perfis dos participantes e os seus projetos
  • Possibilitar votação on-line
  • Interagir com os times e participantes

DEFINA A PREMIAÇÃO

É sempre interessante dar um prêmio para a equipe vencedora. Prêmios em dinheiro e dispositivos eletrônicos são premiações comuns. Pense também em entregar certificados para os participantes. Tudo isso funciona como uma motivação a mais para participar.

ESTABELEÇA UM REGULAMENTO

Tanto o Hackathon on-line quanto o presencial precisam de um regulamento e é muito importante que todos os participantes tenham acesso a ele durante todo o evento.

As regras devem conter informações como pré-requisitos das soluções a serem desenvolvidas, fontes e dados que os participantes podem acessar.

Também é interessante documentar as respostas para as perguntas mais frequentes (FAQ), assim os participantes têm as informações que precisam.

INVISTA NA DIVULGAÇÃO DO EVENTO

Divulgar o seu hackathon on-line é fundamental para que o maior número de participantes se inscreva. Utilize as redes sociais, comunique-se com universidades e startups, atraia os melhores profissionais para o seu evento.

IMPULSIONANDO A INOVAÇÃO COM A MARATONA DE HACKATHON

A Maratona de Hackathon tem como principal objetivo desenvolver ideias inovadoras que beneficiam não somente a empresa organizadora do evento, mas que podem transformar todo o mercado em que estão inseridas.

Tais eventos contribuem para moldar a cultura de inovação aberta da organização, mantendo-a em contato com startups e universidades que estão sempre desenvolvendo novidades.

Quanto mais as corporações investirem em tais métodos de inovação, mais à frente no mercado elas estarão.

Ferramentas são desenvolvidas a todo o momento para subsidiar essa transição, como o AEVO Innovate, um software de gestão da Inovação que direciona grandes empresas para essa cultura do século XXI.

EMPRESAS QUE GERARAM RESULTADOS COM HACKATHONS

Mesmo que a Maratona de Hackathon pareça ser algo novo, grandes empresas – principalmente multinacionais – promovem esses eventos já há algum tempo.

Confira alguns exemplos:

UBER HACK

O Uber Hack é um evento realizado pela Uber, que busca inovações na área de tráfego e transporte. Em um dos desafios, uma das equipes levantou o dado que 34% do engarrafamento das grandes cidades se deve pela busca de vaga.

Os motoristas andam mais devagar buscando um lugar para estacionar e isso gera um efeito cascata. Os participantes acabaram desenvolvendo o aplicativo VAGOO, que cruza informações de vagas pela cidade e motoristas.

DECATHLON

A Decathlon é uma grande loja de produtos esportivos e realizou uma Maratona de Hackathon para tentar diminuir a rotatividade de seus funcionários.

Depois do evento, os Recursos Humanos implementaram novas técnicas de processo seletivo que resultaram em 5% menos de demissões por funcionários que não se identificavam com a empresa.

TOTVS

A Totvs é uma empresa de tecnologia e realizou-se um evento de Hackathon para tentar chamar mais a atenção dos jovens. Os casos são realizados em universidades com o objetivo de escutar o que os estudantes desejam.

Segundo o vice-presidente do setor de Recursos Humanos, a busca por vaga aumentou aproximadamente 130% de um ano para o outro.

VISA

Em uma das maratonas da Visa, os participantes deveriam desenvolver soluções digitais para os consumidores usando as APIs da empresa como base. Em 24h a maratona resultou em três soluções ganhadoras, OnPay, Pay365 e BotPay.

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DO TRANSPORTE

A Maratona de Hackathon da CNT buscava soluções para armazenagem, processamento, dados de coleta, nível de consumo e muitos outros detalhes do dia a dia operacional.

A empresa relatou resultados muito promissores através da melhoria contínua dos processos.

NASA

A NASA criou o Nasa Space Apps Challenge em 2012 e este se tornou a maior Maratona de Hackathon do mundo. Envolve milhares de pessoas que buscam trazer maiores inovações e soluções para os desafios da companhia.

CONCLUSÃO

Os Hackathons pode desenvolver soluções com impactos tão positivos para as organizações. Com ações assim, você impulsiona a inovação na sua empresa e gera ótimos resultados.

Ler esse artigo é apenas o primeiro passo para revolucionar o fluxo de ideias e inovações da sua empresa, o próximo é definir a melhor estratégia tornar a sua organização mais inovadora. Se você quer saber como fazer isso, conheça a AEVO.

Confira também:

Desenvolvido por: